Aproveite mais a sua lista de clientes

Se você tem uma lista de clientes, esta é a postagem certa para você. Eu peguei algumas dicas do Conrado Adolpho, escritor, consultor e palestrante de marketing digital brasileiro. O cara é fera e sabe muito do assunto, então vamos lá.

 A maioria das empresas possuí um ativo muito valioso e nem fazem ideia disso: a lista de clientes. Apesar de ser algo meio óbvio, as pessoas falam que isso vale dinheiro, mas ninguém sabe a fórmula para transformar uma porção de e-mails e nomes em dinheiro.

Hoje em dia, o relacionamento que você mantém com o mercado é muito valorizado. Vai além do que vender para ele, então uma lista de clientes não adianta em nada se não houver um relacionamento em desenvolvimento. Muitas empresas optam por não fazer um “marketing de relacionamento” por considerarem algo “caro” e na impossibilidade de fazer o perfeito, não fazem nada.

Mas, vamos à formula…

Primeiramente separe a lista de seus clientes em uma planilha de Excel. Em cada coluna coloque um dado de cada cliente (cada cliente ocupará uma linha). As colunas serão classificadas como nome, e-mail, cidade, UF, telefone, endereço, produtos comprados, etc. A lista ficará enorme, mas para não complicar, de início só use algumas poucas colunas, 4 ou 5.

É importante você ter o nome e o e-mail dos seus clientes. Se você vende para várias cidades e regiões, ter o campo de cidade e estado preenchido também é importante. Depois disso você vai escolher uma das colunas para segmentar o mercado, ou seja, separar grupos afins. Se você vende roupas, separe as pessoas que compram as roupas femininas e quem compra roupas masculinas. Se você oferece serviços de advocacia trabalhistas, separe em empresas com mais de 300 funcionários e empresas com menos de 300 funcionários.

O próximo passo é cadastrar todos os e-mail em uma ferramenta de gerenciamento de mailing e envio de e-mails. O Adolpho recomenda a ferramenta Aweber, pois tem uma funcionalidade interessante, a de “autoresponder” ou “follow”. Com o autoresponder você pode fazer uma programação prévia de todos os e-mails que você vai enviar para o seu mailing list.

Os e-mails que você enviará serão segmentados. Se você separou o seu mailing em homens e mulheres de acordo com o produto que eles compraram, escreva uma sequência de 50 e-mails para homens e outra sequência de 50 e-mails para mulheres.

Os seus e-mails não devem ser promocionais e, sim, informativos. Devem ensinar ao cliente sobre aquilo que você vende para ele. Se você vende roupas, envie e-mails dando dicas sobre moda. Se você vende serviços de advocacia para causas trabalhistas, ensine a ele a como evitar causas trabalhistas. É exatamente isso, você ensinará o seu cliente a evitar aquilo que você vende. Assim ele confiará em você e, quando precisar, será de você que comprará o serviço.

O segredo desse e-mail é mostrar que você sabe o que está vendendo. Sabe tanto a ponto de ensinar para os outros como fazer. Isso gera credibilidade. Outro ponto interessante é que isso faz com que as pessoas queiram receber seus e-mails porque você está fornecendo conteúdo de valor, não promoções da sua empresa.

Uma vez que você programe uma sequência de e-mails, o ideal é que todo e-mail tenha um link para o seu blog. É importante ter um blog. Você vai iniciar o assunto no e-mail e, ao longo do e-mail – que deve ser curto e informal – você vai remetê-la para ler o restante do conteúdo no blog. Isso tem um motivo: quando o cliente entra no seu blog, ele vai ter contato com a sua marca. No blog terá banners promocionais (ou não) nas laterais, você colocará links no texto do post para produtos ou serviço que tenham a ver com a palavra-chave que tem o link.

Você submeterá o seu leitor a inputs de venda. Isso converterá algumas vendas de clientes que você já tem – o público mais fácil de comprar, uma vez que já conhecem a sua empresa. O relacionamento que você tem com a sua lista é fundamental para que você aumente sua receita sem ter que aumentar o seu custo de divulgação. Ou seja, faz com que você fique muito mais lucrativo.

E aí, curtiram a dica? Aguarde que vem mais por aí.

Fonte: iJumper

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Compartilhe o post:

Tags: , ,

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

2 Comentários

  1. valnide says:

    oi ana eu curti sim mais como fazer esta lista eu acho isto complicado eu nao sei fazer
    m e ajuda se a lista foi as pessoa que eu tenho adcionado no face entaao eu tenho uma lista e das boas
    me ajuda por favor

  2. Muito bom o post, bem explicativo e bem escrito. Ta de parabéns!

Deixe o seu comentário!


Descubra o que é o leadlovers


Quero ficar atualizado sobre as melhores práticas e dicas do blog Automação de Vendas para melhorar o e-mail marketing. Se você não curtiu, basta cancelar. Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Siga-nos: