Conte uma história para um adulto

Você já reparou como as crianças se prendem e se envolvem quando contamos uma história à elas. E se eu te dissessem que é possível fazer o mesmo com os adultos, só que para outra finalidade? Existe uma maneira de envolver o seu consumidor com histórias que o levarão a se tornar um cliente. Este processo é conhecido como Storytelling. Descubra como criar uma para o seu público-alvo e, assim, aumentar o seu faturamento.

Um grande defeito que nós, seres humanos, temos é complicar as coisas e demorar a entender o óbvio. Por muitos anos, as empresas focaram em resultados objetivos e na frieza dos números, era muito comum apresentação em PowerPoint cheio de informações tediosas e um repertório com foco em planejamento e resultado.

A lógica é muito necessária no mundo dos negócios, isso é um fato, mas agora as empresas estão começando a entender que o universo corporativo vai muito além de números e estatísticas, este universo também consiste de pessoas e, consequentemente, essas pessoas vêm carregadas de histórias. Storytelling chegas às empresas prometendo revolucionar a forma de como se vende produtos, campanhas de marketing são criadas, culturas integradas e equipes são desenvolvidas.

Mas engana-se quem pensa que, simplesmente, contar uma história resolverá os seus problemas e será um sucesso de vendas garantido. Uma história não se sustenta sem um protagonista, não tem como seduzir um receptor sem bons personagens, então, neste contexto é muito importante o papel da liderança. Os líderes nas empresas são os principais protagonistas das histórias criadas e contadas. Sem liderança não há protagonismo e sem protagonismo, não há história.

Identifique o propósito da história. É como contar história para crianças, só que, neste caso, os adultos são os ouvintes. Qual é o objetivo? Entreter? Acalmar? Transmitir valores? Ensinar? O mesmo processo vale para a empresa. Qual é a função de determinada história? Lançar um novo produto? Colocar no mercado uma nova empresa ou unidade de negócio? Facilitar um processo de fusão entre duas empresas? Contornar uma crise? Promover alinhamento estratégico? A partir disso é que surgirá a possibilidade de criar e desenvolver histórias mais ou menos envolventes.

Por mais que pareça simples o ato de “contar uma história”, se tratando de Storytelling corporativo esse processo é mais complicado, pois apenas imaginação e criatividade não são suficientes. É preciso mais. Na arte, o quê diferencia o excepcional do ordinário são a técnica e o método do artista colocado a serviço da criação.

Então não perca tempo, entenda como o seu produto/serviço se encaixa em uma Storytelling e comece a envolver o seu público-alvo, uma história bem contada é garantia de sucesso e repercussão. Espero ter ajudado com mais uma dica para você e seus negócios, abraços e até a próxima.

Fonte: Adnews

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Compartilhe o post:

Tags: , , ,

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Descubra o que é o leadlovers


Quero ficar atualizado sobre as melhores práticas e dicas do blog Automação de Vendas para melhorar o e-mail marketing. Se você não curtiu, basta cancelar. Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Siga-nos: