Evite conteúdo duplicado com a Tag canonical

Tag Canonical é um daqueles assuntos que a maioria de nós nunca imaginou que precisaria entender.

Afinal, para quem quer empreender e descobriu recentemente que precisa ter um site ou blog, para divulgar seus serviços, todo dia é uma descoberta diferente.

Mas, se você chegou até aqui, é sinal de que está preparado para transformar as páginas de seu site em uma máquina de vendas.

Pode ficar tranquilo que vamos simplificar ao máximo para você a parte relativa ao conhecimento.

Você não precisa ser um mestre do SEO para vender mais.

No entanto, muito do seu esforço colocado na construção de seu site pode estar sendo ocultado pelo Google, devido a um mau posicionamento de suas páginas. 

E o pior é que você pode nem saber disso!

O uso correto da Tag Canonical vai ajudar você a resolver esse problema de uma vez por todas.

Embora esse seja um assunto muito mais técnico, qualquer pessoa pode aplicá-lo em seu site e páginas para ter resultados melhores.

E pelo mesmo motivo, muitos estão perdendo vendas em sites não otimizados.

Quer sair na frente? Vem comigo que ao longo do artigo eu te explico!

O problema de ter um conteúdo duplicado

A blue keyboard key with text copy / paste

Antes de entrarmos mais a fundo no assunto Canonical Tag, tem uma informação importante que eu gostaria de compartilhar com você.

Algumas pessoas não sabem, mas quando um site apresenta conteúdo duplicado, o seu ranqueamento no Google é fortemente prejudicado.

Isso acontece porque o Google, em busca de melhorar a experiência do usuário, tem mecanismos que impedem a exibição de páginas com conteúdos idênticos. 

Em algumas situações essa plataforma chega a ser penalizada por isso.

E isso é perfeitamente compreensível. Imagine só, fazer uma pesquisa e todos os resultados apresentarem a mesma informação, dez resultados na primeira página e com conteúdo idêntico, do mesmo site.

Você ficaria sem base para se informar e para tomar decisões importantes.

Por isso, o Google tem mecanismos e algoritmos que dificultam o ranqueamento de conteúdos idênticos.

Isso evita que os usuários tenham acesso ao mesmo conteúdo em fontes diferentes. Também é uma forma de favorecer conteúdos originais e evitar plágios. Legal, né?

Você tem conteúdo duplicado?

plagiarismo-conteudo-duplicado
plagiarismo-conteudo-duplicado

Mesmo que você ainda não saiba, a resposta para essa pergunta é SIM. Se você tem um site, você tem conteúdo duplicado na internet e nem sabe.

Embora não pareça, é muito comum uma empresa ter links duplicados para a mesma página.

Por exemplo, se o usuário acessa o link com www ou sem o www, estes já são dois links diferentes que vão para a mesma página. Isso pode ser considerado conteúdo duplicado.

Um problema ainda maior se apresenta quando uma empresa vende produtos similares, em que só uma característica do produto muda.

Imagine uma camisetaria online, que vende um mesmo modelo de camiseta em três cores diferentes. Cada página de produto terá três versões, mudando somente a imagem da camiseta, segundo a cor escolhida pelo cliente.

Os links referentes a cada uma das cores de camisetas terão um conteúdo quase 100% idêntico.

Isso faria com que as demais pesquisas fossem consideradas irrelevantes pelo Google, assim como todo o site, de modo geral. Desse modo, o SEO do site vai para a berlinda e ninguém percebe porque os acessos orgânicos são tão baixos.

É exatamente nesse ponto que a Tag Canonical entra, para resolver problemas similares e salvar o SEO dos sites bem intencionados. Continue lendo para saber mais.

O que é Tag Canonical?

o-que-e-tag-canonical
O que é Tag Canonical?

Canonical Tag, em poucas palavras, é um recurso que permite que um conteúdo duplicado em seu site seja redirecionado para uma página previamente escolhida.

Como leadlovers também é cultura, pesquisamos a origem do termo canônico, que remete a modelo e norma.

Na matemática, uma matriz canônica é uma forma de representar uma matriz semelhante a outra. 

Portanto, uma marcação canônica tem a função de informar aos buscadores qual a página padrão a que um link semelhante se refere em um site. Assim, o mecanismo não precisa considerá-lo uma duplicação, mas uma variação desta página.

Na prática, funciona como o Redirecionamento 301, mas com algumas vantagens.

Quando você faz um redirecionamento 301, todas as informações importantes são perdidas e o usuário só vê uma versão da página. O usuário é simplesmente levado ao outro endereço.

Já com a Tag Canonical isso não acontece. O objetivo é “salvar”o seu conteúdo duplicado da invisibilidade, mantendo as páginas com conteúdo duplicado ativas e ranqueadas. Portanto, só os motores de busca que verificam se as páginas são duplicadas e nesse caso, ocorre o redirecionamento.

Como aplicar a Tag canonical?

como-aplicar-a-tag-canonical
Como aplicar a Tag Canonical?

Na prática, para ter o resultado promovido pela Tag Canonical, é necessário adicionar uma identificação ao link da página. Aqui entra a parte mais técnica, mas não precisa se preocupar, porque a aplicação da tag é bem simples.

Em primeiro lugar, para aplicar a Tag Canonical, você precisa ter acesso ao <head> do seu site ou da página que deseja direcionar. É lá que entra o código adicional.

Esse código é composto de apenas duas palavras: “rel=”canonical”.

Essas duas palavrinhas mágicas, quando unidas pelo sinal de igual já fazem todo trabalho. Elas indicam ao motor do Google e demais buscadores qual página deve ser considerada. Assim, evita-se que os buscadores considerem o conteúdo como duplicado e o ignorem sumariamente.

Veja um exemplo mais prático:

Digamos que você é o Zé, dono de um site de venda de camisetas masculinas. E nesse caso, só o que muda nas camisetas é a cor (sim, o tamanho também muda, mas vamos simplificar aqui para tornar mais fácil o entendimento).

Para ter acesso à página de camisetas, o cliente pode digitar em seu navegador um link que ele já conheça, como o link abaixo:

  • www.camisetasdozeh.com.br/camiseta-branca

No entanto, navegando dentro do site de camisetas, ele pode fazer outras pesquisas e obter outros resultados para a mesma página, como esse:

  • www.camisetasdozeh.br/produtos?busca=camiseta+branca

Nesse caso, as duas páginas têm exatamente o mesmo conteúdo, a descrição de uma camiseta branca vendida na loja do Zé. Esse conteúdo precisa de uma Canonical Tag para que não se perca todo o trabalho feito para otimização do site.

O Zé, muito antenado em relação ao SEO de seu site, insere a Tag Canonical na página www.camisetasdozeh.com.br/produtos?busca=camiseta+branca apontando como URL padrão a página www.camisetasdozeh.com.br/camiseta-branca.

Como ficaria no site?

No site do Zé, a descrição da Tag canonical no campo head, seria a seguinte:

<head>

<title>Camisetas em Promoção</title>

<meta name=”description” content=”Uma descrição bacana e atrativa para as camisetas” />

<link rel=”canonical” href=”www.camisetasdozeh.com.br/camiseta-branca”/>

</head>

E pronto! O conteúdo das duas páginas poderia coexistir no site, sem, no entanto, gerar conflitos com os buscadores.

Bacana, não é mesmo?

Mas, se você não vende camisetas nem produtos similares, quais as vantagens da Tag Canonical para você?

Muitas! Eu separei algumas delas no próximo tópico.

Usos da Tag Canonical

Mesmo que você não venda produtos de cores e modelos diferentes em um e-commerce, seu site pode (e vai!) apresentar diversos conteúdos duplicados. Por mais que você se esforce, sempre vão existir algumas duplicidades, como por exemplo:

  • artigos em seu blog que falam do mesmo assunto e têm as mesmas palavras-chave;
  • páginas iniciais do seu site com e sem www, página home e inicial, etc;
  • links de campanhas com URL parametrizadas (o famoso utm)
  • links de afiliação de um mesmo produto;
  • páginas de vendas semelhantes de um mesmo produto, utilizadas como Teste AB
  • dentre outros.

Todos esses conteúdos podem ser considerados duplicados e seu site perder relevância no Google e demais buscadores. Por isso, aplicar a Tag Canonical e ter um sitemap ajuda a informar ao buscador qual o conteúdo relacionado.

Assim você não perde seu posicionamento orgânico, ao desenvolver uma estratégia de tráfego pago em seu site.

Como aplicar a Tag Canonical nos principais sites

Como você já deve ter percebido, você não precisa ser um programador ou expert para aplicar a Tag Canonical em suas páginas.

O primeiro passo é escolher qual será a sua página de referência, ou a página principal que será informada aos buscadores. No caso de uma venda de infoprodutos com diversas versões para teste AB, essa pode ser a página de vendas principal, ou a Landing Page, sem códigos adicionais.

Escolha qual a página vai usar como referência e aplique o código nas demais.

Tag Canonical no WordPress

A maneira mais fácil de aplicar a Tag Canonical em seu site em WordPress é com o uso de um já conhecido plugin.

O plugin Yoast SEO é um dos mais completos plugins para otimização de sites.

Além de possibilitar que artigos sejam melhor posicionados, com o emprego de palavras-chave, meta descriptions e a criação de sitemaps, ele ainda permite a criação de Canonical Tags.

Tag Canonical na leadlovers

Usuários da leadlovers também podem ter a Tag Canonical aplicada em suas páginas feitas em nosso construtor de sites. Isso porque tornamos o acesso ao header muito mais fácil e rápido.

Ao editar sua página, clicando em tag canonical você tem acesso às ferramentas de SEO da página.

Rolando a tela, você encontra o campo head, onde pode inserir os scripts como a Tag Canonical.

 

tag canonical
Tag canonical no wordpress

Depois é só clicar em Salvar e pronto!

Concluindo, espero que esse conteúdo melhore muito o SEO de suas páginas e você colha bons leads e bons frutos através de sua estratégia de marketing. 

Conte com a leadlovers para descomplicar o seu marketing e aumentar as suas vendas com automação de qualidade.

 

Powered by Rock Convert

Compartilhe o post:

Tags: , , , , ,

Powered by Rock Convert

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Descubra o que é o leadlovers


Quero ficar atualizado sobre as melhores práticas e dicas do blog Automação de Vendas para melhorar o e-mail marketing. Se você não curtiu, basta cancelar. Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Siga-nos: