Social Media Week: Saiba o que aprendemos nesse evento incrível!

Você já considerou estar dentro de uma imersão do Marketing Digital e conversar com os maiores profissionais da área de Social Media do Brasil?

Pois foi exatamente isso que a nossa social media, Isabela, fez!

Ela embarcou em uma viagem para São Paulo capital, para participar do evento Social Media Week.
Um evento global, com duração de uma semana, que acontece simultaneamente em mais de 20 cidades ao redor do Mundo. 

O evento passa um apanhado grande de palestras e painéis sobre ações e tendências esperadas no âmbito das mídias sociais, por um preço acessível e com palestrantes dos mais diversos setores.

E a Isa, nossa social media, foi para o evento com o objetivo de descobrir um pouquinho do que as maiores empresas da área de varejo, tecnologia, empreendedorismo, entre outros, estão fazendo para se relacionar melhor com seus usuários e clientes nas suas redes sociais.
Nessa viagem ela conseguiu extrair muita informação e ideias legais para aplicarmos na
leadlovers e que achamos válido compartilhar com vocês!

Principais pontos do Social Media Week 

Lu da Magazine Luiza : A história da primeira influenciadora virtual do Brasil. 

Que case incrível é esse Brasil?! 

A Magalu, com certeza foi uma das palestras que mais fez sentido para o que estamos vivendo hoje.

Uma constante de inovação e novas tecnologias, quando apenas a conexão humana, é a responsável por dar sentido e direcionamento para ações e estratégias de marketing que fazemos.
E isso ficou claro a partir desse case, que no setor de varejo, trouxe toda uma narrativa humana e simples, que de fato, conectou com o Brasil todo.

O setor de varejo é um setor conhecido no Brasil por ser competitivo e fraco no sentido de inovação, e a Magazine Luiza mudou o sentido do jogo.

O que tiramos dessa palestra como um todo?

  • Contar histórias nas redes sociais gera conexão e engajamento 
    • O famoso e antigo Storytelling não saiu de moda, e continua sendo uma das maiores ferramentas para gerar conexão e envolver o público com marcas e corporações.
      As histórias são as que criam uma narrativa e deixam a mensagem que sua empresa quer passar mais compreensível.

  • É necessário ficar ligado aos fatos do momento para contar histórias que conectam
    • Percepção e timing! Dois fatores essenciais para entender a capacidade de uma história de abrir possibilidades e criar conexão, engajamento e compreensão por parte do público.
  • As histórias também devem falar sobre os erros. Já que eles ajudam no caminho do acerto. 
    • Supere o medo de ser vulnerável. Admitir erros e contar as coisas que não deram certo, deixam as histórias mais interessantes e mostram que somos humanos.
  • Use a emoção para conquistar seu público e escute o desejo dele 
    • Já que você está comunicando para pessoas, não esqueça que elas são movidas por emoções, sejam elas dores, desejos, alegrias… qualquer emoção que faça sentido ser demonstrada naquele momento, é interessante de ser exposta e trabalhada.
  • As influenciadoras virtuais estão ganhando o mundo, a Lu é a primeira do Brasil
    • A Lu do Magalu, foi a primeira influenciadora virtual do Brasil, isso significa que várias ainda irão surgir! Seria essa uma nova tendência?

Palestra: Social Media para B2B (Gustavo Franco – Head of Data Strategy na Crispin Porter+Bogusky)

A palestra do Gustavo foi de várias formas, muito inspiradora.

Ele possui uma experiência vasta no setor de publicidade e análise de dados e conseguiu transmitir vários insights durante a sua palestra.

  • Não fique só no linkedin
    • O Linkedin é sim uma plataforma incrível e perfeita para estratégias b2b, mas não se limite a ele.
      Outras plataformas como Facebook, Youtube, Instagram, Pinterest, Twitter, entre tantas outras, tem seus objetivos e formas de se comportar que abrem a possibilidade para as marcas se comunicarem de maneira diferente em cada uma delas.
  • Aplicar métricas do B2C para o B2B
    • Estratégias b2c e b2b, são por natureza diferentes, mas é importante não esquecer que do outro lado da tela, são sempre pessoas interagindo e decidindo.
      Então existem métricas que podem ser aplicadas e analisadas pelas duas lentes, cabe ao responsável entender e interpretar esse comportamento a favor dos objetivos da empresa.
  • Landing Pages específicas para clientes corporativos 
    • As landing pages são usadas para a captação de leads,  e a comunicação e comportamento no momento da decisão, para estratégias b2b e b2c acontecem de maneira diferente.
      Por isso é interessante pensar em possibilidades e comportamentos possíveis diferentes para esses dois nichos.
  • Valorizar a utilidade para as pessoas e não só o produto
    Seu produto tem que ser lindo e maravilhoso? Claro! Mas ele tem que ser acima de tudo, útil, funcional e ter sentido para quem vai usá-lo, caso contrário, pouco vai importar se ele é atraente ou não.

Seu produto além de visualmente agradável tem que ser útil!

  • Possuir uma linha editorial 
    • Manter uma coerência e temática para elaboração de conteúdos, e também preparar o usuário para receber algo de você, é essencial em qualquer estratégia de marketing e de comunicação.
      A partir do editorial você prepara o usuário para receber a informação que você achar relevante.
  • Focar em conteúdos de documentário e Infográficos para o Linkedin 
    • O nosso cérebro tem facilidade em absorver conteúdos visuais, por isso documentários e infográficos são ferramentas ótimas dentro do Linkedin, os dois são intuitivos, envolventes e comunicam de forma simples a mensagem desejada.
  • Vídeos com CTA
    • Parece óbvio, mas não somente para vídeo, mas sim para qualquer material que você disponibiliza online, o CTA é imprescindível. Ele serve para incentivar algum tipo de interação do usuário com a sua marca, caso contrário, ele passa pelo seu conteúdo sem realizar nenhuma ação.
      O problema é que você fica sem nenhum material ou informação para trabalhar em cima posteriormente.

PESQUISA QUALIBEST: INSIGHTS SOBRE A NOVA FASE DAS MÍDIAS SOCIAIS NO BRASIL

A Qualibest foi expor os dados coletados em uma pesquisa que fizeram ao redor do Brasil, com uma amostragem que envolvia todas as faixas etárias, gêneros e regiões do país.

Os dados coletados foram:

  • Redes Sociais mais usadas no Brasil 
    • Youtube – 93%
    • Facebook – 92%
    • Instagram – 83%
    • Pinterest – 27%
    • Twitter – 27%
    • Linkedin – 19%
    • Snapchat – 14%
    • Tinder – 7%
    • Tumblr – 4%

A partir dos diferentes dados disponibilizados, podemos assumir que as três redes sociais mais usadas no Brasil, Facebook, Youtube e Instagram representam uma grande oportunidade para aumentar a capilaridade e vendas das empresas .

Sendo que a média de uso dessas redes gira em torno de 3,5 horas diárias.

OS SEGREDOS DO INSTAGRAM (João Pedro Motta – Empreendedor, fundador da Curseria , Estudando.com)

Nós já citamos diversas vezes o Instagram como a plataforma do momento, e a palestra do João Motta, o programador prodígio, confirmou o que pensávamos, além de trazer vários insights sobre o uso do Insta nas nossas estratégias.

  • As interações por direct são priorizadas pelo Instagram – quem interage com você acaba recebendo seus posts com prioridade 
    • O Instagram, continua mostrando todas as postagens na linha do tempo, mas ele prioriza as pessoas com que você interage mais para o topo do feed, então a questão do engajamento com a marca e comunicação contínua são tão importantes.

      *E talvez você não saiba, mas nós temos, dentro da plataforma da leadlovers uma plataforma para você automatizar a sua comunicação dentro do direct do Instagram, ela funciona perfeitamente se você quer criar um diálogo saudável e contínuo com seus leads.
  • O facebook investiu muito no IGTV e por isso a entrega é bem maior que utilizando outros recursos 
  • Faça lives (ao vivo) em horários com pouca concorrência, isso prende a atenção da audiência que não tem opções para dispersar 
    • Essa dica é auto-explicativa. Quanto menos concorrência, mais chances dos seus usuários ficarem na sua live ao invés da de outras pessoas.
    • Mais engajamento e mais chances de seus usuários converterem para alguma coisa.
  • Responda directs e faça enquetes 
    • Para ter seguidores presentes, você precisa se fazer presente para eles certo? Então incentive o diálogo, responda as dúvidas que surgirem e seja feliz!
  • Faça testes!
    • Dãã!

E por fim, boas vendas!

Powered by Rock Convert

Compartilhe o post:

Tags: ,

Powered by Rock Convert

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Descubra o que é o leadlovers


Quero ficar atualizado sobre as melhores práticas e dicas do blog Automação de Vendas para melhorar o e-mail marketing. Se você não curtiu, basta cancelar. Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Siga-nos: