07 Tendências Para Redes Sociais em 2019

A gestão de redes sociais é um processo complexo. Já de cara você se depara com a pluralidade de mídias sociais, e decisões importantes sobre em qual a plataforma investir.

Afinal, não vale a pena se esforçar e criar presença em uma plataforma que seu público não usa, ou que está perdendo usuários.

redes-sociais-2019
Redes sociais 2019

Feita essa decisão, a gestão ainda passa por questões de geração de conteúdo, cronograma de postagens, publicidade paga, engajamento… enfim, os desafios são muitos.

Um desafio em particular é a imprevisibilidade das mídias sociais. É impossível prever com certeza o resultado de ações, propagandas, etc., divulgadas nas redes. E as próprias mídias em si mudam rapidamente, com bases de usuários que se multiplicam ou desaparecem em um piscar de olhos.

Apesar das mudanças rápidas, é possível identificar tendências para redes sociais. Parte da gestão efetiva é acompanhar o que está acontecendo, o que os usuários valorizam, o que esperam, e o que não os interessa.

Por isso, vamos conferir sete tendências importantes para as redes sociais em 2019.

1. Confiança

redes-sociais-2019-confiança
Confiança

Confiança vai ser a grande moeda de troca de 2019. Isso porque 2018 foi um ano bastante polêmico nesse aspecto; controvérsias como o escândalo da Cambridge Analytica do Facebook, e a deleção em massa de bots no Twitter danificaram a confiança dos usuários nas mídias sociais.

Questões como privacidade, segurança e transparência são cada vez mais relevantes para o público, que teme como as plataformas armazenam e utilizam seus dados pessoais.

E não se perdeu a confiança só nas plataformas em si, mas em outros usuários. Práticas como seguidores, likes e comentários falsos vêm sendo usados como modo de inflar artificialmente a popularidade de certos perfis. Alguns influencers chegaram a exibir parcerias falsas, para gerar credibilidade.

Graças a essa perda de confiança, o foco nas mídias sociais está passando de largo para profundo. Em vez de prezar por um grande alcance, o objetivo agora é criar uma relação mais próxima e transparente com o público.

2. Micro Influencers

redes-sociais-2019-influencers
Influencer nas redes sociais

Falando na troca do largo para o profundo. Influencers tem ganhado grande destaque em estratégias de marketing digital; entretanto, essa fama é uma faca de dois fios.

Por conta de sua crescente fama, influencers se tornam cada vez mais caros, e portanto inacessíveis para empresas de pequeno e médio porte.

Além disso, como foi dito, sua relação com o público pode estar danificada graças as questões recentes de confiança.

É aí que entram os micro influencers: influencers com um número bem mais limitado de seguidores, mas com uma conexão muito mais íntima com seu público.

Micro influencers costumam ser especialistas em assuntos nicho. Sua plateia é pequena porém, dedicada. Por terem conhecimento profundo de seus tópicos, a palavra desses influencers tem peso. Tanto essa tendência cresce que agora surgiram os nano influencers, ainda mais especializados.

3. Publicidade Paga

redes-sociais-publicidade
Anúncios pagos

Outra modalidade que cresce a passos largos são os ads em redes sociais, encabeçados pelo Facebook e Instagram.

Cada vez mais e mais negócios investem em publicidade nas mídias, reconhecendo que é impossível ignorar esse público.

Hoje em dia, a grande maioria dos consumidores está nas redes sociais. E essa publicidade não se trata apenas de engajamento; segundo uma pesquisa de Mary Meeker da Internet Trends, em 2018, 55% dos respondentes que descobriram um produto novo pela internet acabaram finalizando a compra.

Em consequência do investimento maior em ads, eles devem se tornar mais competitivos.

Um mercado mais saturado vai obrigar negócios a investirem tempo e recursos em propagandas de qualidade, que se destaquem dos competidores.

4. Stories

redes-sociais-2019-stories
Stories Instagram

Originárias do Snapchat, os stories se espalharam por todas as redes sociais. Os vídeos verticais e temporários aparecem com nomes diferentes, mas mantém o mesmo funcionamento e estão rapidamente se popularizando. Segundo algumas estimativas, crescem quinze vezes mais rápido do que o compartilhamento pelo feed!

Ou seja, stories logo podem se tornar a primeira escolha no compartilhamento com os amigos. Eles são fáceis de criar, divertidos, capturam a atenção e acima de tudo, são autênticos.

Voltamos a questão da confiança em 2019. Por serem curtas e espontâneas, stories passam a impressão de honestidade. São um modo excelente de se conectar com o público.

5. Engajamento

Em 2018, o Facebook atualizou seu algoritmo. Parte dessa mudança foi um foco maior em “interações significativas”; quer dizer, conteúdo que inspire conversas genuínas.

Em 2019, engajamento vai se tornar mais importante que nunca. Não é mais suficiente encorajar os seguidores a deixarem likes ou comentários vazios; as plataformas querem cortar essas práticas de engajamento barato. O investimento em conteúdo de qualidade, interessante e rico é essencial.

Outro aspecto importante? Interações pessoais.

Respostas a comentários, críticas, pedidos. É um processo laborioso, que entretanto tem resultados excelentes ao criar uma conexão com o público.

6. Mensagens

A comunicação em geral vai se tornar cada vez mais importante em 2019. Plataformas de mensagens, como o WhatsApp, estão superando mídias de postagem como o Facebook. Mensagens privadas são práticas para os usuários — e uma oportunidade excelente de engajamento.

Os próprios aplicativos já perceberam essa tendência. Pense, por exemplo, na introdução recente do WhatsApp Business. Diversos negócios já marcam presença em serviços de mensagens privadas.

Esse é um espaço ideal para alcançar as gerações mais novas. Isso porque se trata de uma localização central da qual o usuários podem interagir com diversos conteúdos totalmente personalizados.

7. Vídeos

Vídeos não vão ser a morte da palavra escrita, mas com certeza são parceiros e competidores de respeito. Sua popularidade já é sólida (e o YouTube está aí para provar isso), mas é importante ficar de olho nas novidades desse formato.

Livestreaming, ou vídeos ao vivo, se tornam cada vez mais comuns. Há muito tempo não são mais exclusivos da TV. Vídeos verticais também crescem cada vez mais em popularidade no Snapchat e Instagram — não falávamos mais cedo das stories? Vídeos curtos tem grande apelo aos usuários de mobile, enquanto que vídeos longos, com narrativas mais complexas, são envolventes.

Enfim, as possibilidades são muitas, e esse é um formato de mídia que só deve crescer.

Em resumo: 2019 é um ano de novidades, e a palavra chave parece ser “confiança”. Restaurar, conquistar e manter a confiança dos usuários é o desafio a ser enfrentado.

Conteúdo de qualidade é mais importante que nunca.

E em termos de formato? Vale a pena apostar no audiovisual.

 

Guestpost por Green Digital, agência de marketing digital full-service.

 

Powered by Rock Convert

Compartilhe o post:

Tags: , , , ,

Powered by Rock Convert

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Descubra o que é o leadlovers


Quero ficar atualizado sobre as melhores práticas e dicas do blog Automação de Vendas para melhorar o e-mail marketing. Se você não curtiu, basta cancelar. Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Siga-nos: