Chatbot: O que é? Por que Você Deveria estar Usando faz Tempo?

Chatbot é um “robô revolucionário” que conversa com visitantes, automatizando o primeiro contato. A principal vantagem é estimular a interatividade, que surte um impacto enorme na conversão.

 O que antigamente parecia ser coisa de filme de ficção científica, hoje em dia pode ser facilmente configurado até por um leigo em programação, através de ferramentas que tornam esse processo visual e intuitivo.

Pulando os obstáculos dos códigos, estas ferramentas tornam os chatbots acessíveis, trazendo o seu site para a contemporaneidade, acompanhando a evolução tecnológica.

A utilização de chatbots é uma tendência mundial que não pode ser ignorada. Empreendedores de todas as áreas têm aplicado recursos na robotização do primeiro atendimento.

Afinal,  uma vez configurados, os chatbots trabalham ininterruptamente capturando leads e resolvendo pequenas dúvidas, além de encaminhar os visitantes para um atendimento especializado.

São inúmeros os benefícios e aplicações de se ter um “robô conversador” trabalhando para você. Se você quer saber mais sobre os chatbots e entender como aplicar esses chats inteligentes nas suas páginas, continue a leitura deste artigo.

O que é um Chatbot?

O que é um Chatbot?
O que é um Chatbot?

Os Chatbots são softwares que conversam com os visitantes de um site. São programados e inseridos no código-fonte da página, assim como outros elementos, como botões, barra de pesquisa e pop-ups.

Você certamente já se deparou com uma notificação em algum canto da tela, convidando para iniciar uma conversa. Esses robôs são prestativos e entregam a urgência no atendimento, prestando um suporte imediato.

Basta clicar sobre o balão de mensagem para iniciar a conversa. Nesta caixa de diálogo você pode tirar dúvidas, fazer requerimentos simples, ser redirecionado para outro lugar, e até mesmo se tornar um lead ou fazer uma compra.

As possibilidades são infinitas, porém, há casos em que os chatbots terão que encaminhar o usuário para um atendente humano. Ainda sim, conseguem otimizar drasticamente o atendimento ao cliente.

Isso porque, uma vez programado, este robô irá trabalhar permanentemente, seja fazendo uma triagem das comunicações até operando tarefas objetivas, como registro de reclamação e inscrição em newsletter.

Mas e os Humanos?

Chatbot: Mas e os Humanos?
Mas e os Humanos?

Quando se fala sobre a robotização das funções, há sempre um receio envolta do trabalho humano e das máquinas. Desde a primeira Revolução Industrial, esta discussão está latente.

A verdade é que ninguém vai perder o emprego para nenhum robô. O que a automação nos proporciona é justamente reduzir esforços mecânicos, dando conforto para podermos fazer o que fazemos de melhor: pensar.

O pensamento complexo ainda é um atributo insubstituível, assim como a inteligência emocional e a criatividade. Apesar do avanço astronômico da Inteligência Artificial, os robôs estão muito longe de roubar nossos trabalhos.

Atividades repetitivas e programáveis, como é o caso dos caixas de supermercado e telefonistas de call centers, provavelmente não serão performadas por humanos num futuro próximo.

Segundo o relatório do Fórum Econômico Mundial, em 2018, uma média de 71% das atividades eram performadas por humanos e 29% por máquinas. Em 2022, a expectativa é que essa média mude para 58% por humanos e 42% por máquinas.

Entretanto, ao mesmo passo que “perdemos” algumas funções para os robôs, outros trabalhos surgem.  Ainda de acordo com o Fórum, a rápida evolução das máquinas e algoritmos pode criar 133 milhões de novos postos de trabalho, no lugar dos 75 milhões que serão perdidos para os robôs.

A instituição também ressalta a importância das empresas oferecerem oportunidades de reabilitação, possibilitando o trabalho remoto e construindo redes de segurança para proteger trabalhadores e comunidades em risco. 

Os Principais Tipos de Chatbot

Os Principais Tipos de Chatbot
Os Principais Tipos de Chatbot

Há chatbots de diferentes níveis de complexidade. Desde o “simples” caixa eletrônico que permite sacar dinheiro sem interferência humana até os assistentes pessoais que contam piadas e obedecem ordens.

No universo dos empreendimentos digitais, há dois principais tipos de chatbots:

  • os guiados por regras (pressupostos, respostas prontas) e;
  • guiados por Inteligência Artificial (aprendem continuamente).

A principal diferença é que enquanto os “chatbots de regras” são programados uma vez e rodam com essa configuração, enquanto os de Inteligência Artificial aprimoram a conversação com a experiência.

Por ser mais simples e acessível, os chatbots encontrados em sites, aplicativos e redes sociais são, no gera, os guiados por regras. Isto é, um conjunto de perguntas e respostas pré-determinadas.

Essa árvore de navegação deve ser criada com cuidado para que a conversa tenha sempre um destino lógico.

As ramificações podem se estender infinitamente, mas todas têm que ter uma finalização.

Chatbot para Sites e Páginas

Chatbot para Sites e Páginas
Chatbot para Sites e Páginas

A utilização de chatbots pode transformar radicalmente os seus números de visitantes, leads e clientes.

Isso porque é uma funcionalidade que reduz custos, diminui o desperdício de tráfego e aumenta a interatividade.

Ou seja, se o seu site ainda não tem um chatbot, pode-se dizer que está um pouco atrasado. Essa tendência que pode parecer tão futurista, na verdade já está bem consolidada no mundo da tecnologia.

Mas o que um chatbot pode fazer por você? Ou melhor o que ele pode fazer para otimizar o trabalho do seu atendimento? Como um robozinho pode fazer seus visitantes virarem leads e clientes?

A resposta é o “milagre” da automação. Se você sentar com sua equipe — que já está acostumada a atender o público —, e desenhar um fluxograma de uma conversa típica, irá perceber que a maioria das respostas podem ser programadas.

Algumas empresas até já têm “respostas prontas” para dúvidas frequentes ou situações-padrões. A lógica é parecida: é necessário mapear todas as possíveis perguntas, respostas e desdobramentos para elaborar um chatbot impecável.

Uma dica é pensar no começo, meio e fim de uma conversa comum. Geralmente iniciamos com algum cumprimento, depois perguntamos com quem estamos falando ou que tipo de ajuda o usuário precisa.

É recomendável priorizar por respostas com opções, para facilitar o trabalho robótico. Assim que esgotadas as possibilidades de interação, sempre deixe uma mensagem de despedida.

Vamos ver um Exemplo Prático?

Chatbot: Vamos ver um Exemplo Prático?
Vamos ver um Exemplo Prático?

Vamos supor que você tenha um e-commerce de cadernos personalizados…

No seu site, o visitante irá se deparar com a página inicial (também chamada de home do site), onde há destaques, categorias, menus, etc.

O usuário pode navegar por todo o site e explorar sozinho. Ou pode preferir ser atendido imediatamente por um chatbot.  Nesse caso, um ícone (estabelecido por você) irá piscar em algum canto da tela.

A seguir vamos mostrar como poderia ser o diálogo do chatbot. Nesse caso, adotamos uma linguagem mais informal porque pensamos em uma empresa mais moderna.

Mas é importante deixar claro que a linguagem precisa acompanhar o tom da marca.

A primeira mensagem a aparecer na caixa de diálogo é:

“E aí! Tudo certo? Valeu pela visita na nossa lojinha. Você precisa de alguma ajuda?”

As duas respostas possíveis para esta pergunta seriam “sim, preciso” e “não, tô de boa”.

Caso o usuário escolha “sim”, outras opções aparecerão, como:

  • “primeiramente nos diga seu e-mail para podermos conversar melhor”;
  • “gostaria de saber mais detalhes do produto”;
  • “quero saber mais sobre a entrega”;
  • “quero reclamar de um produto”;

Se o usuário optar por “quero saber mais sobre a entrega”, uma resposta aparecerá, como “Entregamos para todo o Brasil, digite seu CEP para consultar o frete para a sua região”.

Caso opte por “gostaria de saber mais detalhes do produto”, uma resposta possível seria “Os cadernos de alta qualidade são totalmente personalizáveis. Você escolhe qual o visual ele vai ter e faremos de acordo com o seu pedido”

No caso da opção “Não”, seria possível continuar com:

  • “que bom! Aqui está um cupom para você, passe seu e-mail para podermos te encaminhar”.
  • “muito bom conversar contigo! aproveite que está aqui e receba novidades no seu email toda semana”.

Estes são alguns exemplos de aplicação de um chatbot. É evidente que cada empresa terá mensagens, opções e complexidades diferentes.

Dicas Essenciais para Criar o seu Chatbot

Dicas Essenciais para Criar o seu Chatbot
Dicas Essenciais para Criar o seu Chatbot

Confira algumas dicas para criar o seu chatbot:

  • escreva mensagens com a mesma linguagem utilizada nas suas redes sociais e outros meios de comunicação
  • sempre peça pelo nome, e-mail ou telefone logo no começo, para captar o lead
  • tenha um profissional monitorando as interações e gerenciando os contatos
  • disponibilize ao menos um atendente humano para redirecionar casos mais complexos
  • seja educado, cordial e casual, lembre-se que deve parecer uma conversa “normal”

Como criar seu Chatbot para os Seus Sites e Páginas

Como criar seu Chatbot pela leadlovers
Como criar seu Chatbot pela leadlovers

Entendendo a necessidade de aplicar essa tecnologia, a leadlovers desenvolveu uma ferramenta que simplifica a produção e aplicação de chatbots no seu site, sem a necessidade de conhecimento em programação.

Sim, a leadlovers além de oferecer automação de e-mail marketing, construtor de páginas/sites e várias outras ferramentas, agora também tem chatbot.

É, as outras ferramentas disponíveis da internet fazem apenas a parte do chatbot. Com a leadlovers em uma única assinatura você tem direito a todas as funcionalidades da plataforma, incluindo o chatbot.

Demais, né?

A seguir iremos mostrar como você pode criar o seu chatbot de maneira bem simples dentro da leadlovers:

0 – A Lógica

Primeiramente é aconselhável mapear uma conversa típica que seus visitantes têm quando entram em contato através do Messenger, Whatsapp ou Direct.

Assim, com todo arsenal de perguntas frequentes e possíveis respostas, desenhe um fluxograma, pensando nas ramificações das possíveis interações. Então, basta aplicar o conteúdo na plataforma.

Abaixo iremos escrever um “passo a passo” por escrito. Porém, para facilitar ainda mais o seu entendimento temos um tutorial em vídeo para te ajudar nessa missão:

 

1 – Seção Ferramentas

Entre no sistema da leadlovers e clique na seção de ferramentas no canto superior direito, e então clique na opção Chatbot.

2 – Criar Chat

Você será redirecionado para uma página e irá clicar em “criar chat”, entrando na tela onde irá editar os balões de mensagens.

Um balão já estará lá com um “Olá! Tudo bem?”. Clicando nos três pontinhos é possível editar essa mensagem, deixando mais com a cara da sua marca. É possível usar negrito, itálico, hiperlink e tags.

3 – Novos Tipos de Balões

No canto superior direito, há um botão para adicionar novos tipos de balões: mensagem (texto, imagem, vídeo, pergunta e opção) e ação (adicionar ou remover leads, alunos e produtos).

Você irá criar os balões de acordo com o seu mapeamento da conversa. Depois, basta clicar nas conexões, os pontinhos vermelhos no centro inferior e superior de cada balão. Assim, você irá vincular uma caixa com a outra.

4 – Atenção aos detalhes

Como é um processo visual, é bem fácil construir uma conversa até mais complexa, que capture leads qualificados. Porém, atente-se para primeiro captar as informações para depois realizar ações.

5 – Salvar e Nomeie o Chat

Salve o chat, colocando um nome. Você será redirecionado para uma tela com a lista de chats que você tem.

É possível ativar e desativar o chat e visualizar outras informações. Também é possível atribuir configurações, como o nome do atendente, o avatar e em quais páginas irá aparecer.

6 – Opção Usar

Depois de salvo, clique nas opções (três pontinhos) na lista de chats e clique na opção “usar”. Você receberá um código, e é possível escolher o posicionamento do chat na página.

7 – Copiar o Código

Copie o código. Então, entre na aba “Páginas” da sua máquina da leadlovers, no construtor por blocos, clique em configurações, então em configurações avançadas e cole o script na área “body” e salve a edição.

8 – Pronto

Prontinho! Seu chatbot já estará funcionando. É possível testar diretamente da área de edição, ou, se preferir, acesse sua página e converse com o seu chatbot como se fosse um visitante.

Agora que você já sabe como criar e aplicar seu chatbot, não perca tempo e otimize a sua marca com um atendente virtual.

Conclusão

E aí, gostou de entender mais sobre chatbot?

Viu como é fácil criar um chatbot por meio da leadlovers?

Pois é, a tecnologia está aí e você pode se beneficiar com ela apenas com alguns cliques.

Se você ficou interessado, deixe um comentário abaixo… Vamos adorar responder todas as suas dúvidas.

 

 

 

 

Compartilhe o post:

Tags: , ,


0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Siga-nos: