Como Fazer Um Webinar Incrível (e do Zero) em 7 passos

Como fazer um Webinar? Quais são os segredos para um Webinar de sucesso?

O que isso pode significar para a sua marca? Como produzir e realizar essa transmissão de forma eficiente e que traga resultados?

Essas perguntas têm se tornado populares. Principalmente agora, dentro do contexto de pandemia que estamos inseridos.

Nesses casos, a videoconferência é uma alternativa para engajar e conectar-se a sua audiência à distância.

Ao realizar esses eventos, sozinho ou com outros especialistas, você promove a imagem da sua marca.  O que melhora a percepção e o valor percebido do seu negócio.

Além, é claro, de ser um tipo de conteúdo para geração, qualificação de leads e fechamento de vendas.

Por que fazer um webinar?

Como fazer um webinar de sucesso: Por que fazer um webinar?
Por que fazer um webinar?

Os seminários presenciais promovidos por empresas não são novidade… Há muito tempo se sabe a relevância que palestras e eventos similares têm para comunicação.

A modalidade digital, entretanto, permite conectar remotamente qualquer pessoa com acesso à internet. E pessoas do mundo todo, abrindo um universo de possibilidades.

Apostar na abordagem de Inbound Marketing (ou Marketing de Conteúdo) é oferecer mais do que apenas produtos e serviços.

Isso é um diferencial determinante no concorrido cenário atual. Onde o público se encontra cada vez mais letrado e exigente.

Entre os principais benefícios que um Webinar podem gerar, temos:

  • Promove a imagem da empresa; 
  • Contribui socio-culturalmente para a comunidade;
  • Engaja e expande do público;
  • Aumento do número de leads;
  • Auxilia na construção da marca como referência no segmento.

É óbvio que nem tudo são flores…

A possibilidade de “flopar” existe. Sobretudo ao considerar o crescimento da oferta de conteúdos na internet.

Mas se isso acontecer, também não é motivo para pânico.  Uma das grandes vantagens do digital é a possibilidade de errar e aprender de forma mais rápida e barata. 

Embora muita gente pense que o webinar só pode ser realizado ao vivo, saiba que também pode ser gravado. Os chamados “webinar perpétuos”  acontecem exatamente assim.

Ainda assim, todo webinar sugere interatividade. No geral, há uma exposição de algum assunto e em seguida a abertura para as perguntas dos espectadores.

Resumindo: Pode ser uma excelente escolha para você. Quando realizado da maneira correta. Mas, quanto a isso, fique tranquilo. Estou aqui justamente para te ajudar nessa.

Onde fazer os webinars?

Como fazer um webinar de sucesso: Onde fazer os webinars?
Onde fazer os webinars?

A videoconferência pode ser editada para se tornar um material permanente posteriormente.

Para fazer o seu webinar você podem acontecer com diversas plataformas, como Youtube e Zoom. 

Porém, o ideal mesmo é que, com o tempo, você invista em uma ferramenta que tenha sido criada para esse fim.

Como exemplo, temos o 99webinar. Dentro dele, você encontra recursos não encontrados nas ferramenta anteriores e que fazem uma baita diferença no resultado.

Como captação de leads, moderação de comentários em tempo real, CTA de compra, integração com a leadlovers, etc…

Agora que já contextualizamos, vamos conferir os 7 passos para fazer um Webinar de sucesso?

Ou melhor ainda, queremos que você aprende aqui a criar um conteúdo que tenha relevância. Tanto para você como e para o público-alvo da sua empresa.

Como fazer um webinar de sucesso: Os 7 passos

Como fazer um webinar de sucesso: Os 7 passos
Como fazer um webinar de sucesso: Os 7 passos

Parece mais fácil fazer um webinário que um evento presencial. E realmente é. Contudo, isso não quer dizer que é algo para ser feito sem o mínimo de planejamento e organização.

É preciso, por exemplo, cautela, criatividade e dedicação para estruturar tudo.  Assim como qualquer outro evento. 

Pensando nisso, separei 7 dicas de como você pode criar o seu webinar do zero até o sucesso. É só continuar a leitura.

1 – Planeje com antecedência

Primeiramente, sobre o que será? Definir o tema pode ser o principal desafio. É preciso ser pertinente e original, com título claro e convidativo.

O objetivo principal também deve ser firmado. Sendo um bom guia para delimitar o conteúdo. Como decidir se será mais ou menos especializado.

Uma dica é começar elencando palavras e termos que tem a ver com o seu segmento.

A partir das temáticas mais gerais, é possível ir esmiuçando os assuntos. Tudo para chegar em algo mais específico.

Outra dica é usar as principais dúvidas da sua audiência para criar os temas.

Esse processo pode surgir de brainstorming em reuniões de planejamento.

Porém, se houver capital para investir, você pode ir ainda mais fundo: Investir em pesquisas de mercado, análises da concorrência, levantamentos de tendências, interpretação das métricas das páginas, etc.

Na realidade, há inúmeras formas de apontar os temas mais relevantes para o seu nicho. E é firmando-se nestes respaldos que devem ser feitas as decisões.

A etapa de preparação deve ser, no mínimo, de três semanas antes da data escolhida.

2 – Chame especialistas

É importante atrelar a sua marca a nomes de peso dentro do seu segmento.

As escolhas de palestrantes devem ser bem pensadas. Levando em consideração a relevância e notoriedade junto à especialidade no assunto.

Além de apenas títulos acadêmicos, considere também outros elementos. Como a experiência, a capacidade de oratória e a influência nas redes sociais.

Contudo, a troca precisa ser justa para ambas as partes. Então, não adianta ir atrás de uma personalidade famosa se você não a conhece e não tem nada em troca para oferecer.

Por isso, é necessário bom senso e empatia. Seja o parceiro que você gostaria de ter.

Considere uma remuneração generosa aos participantes. Uma vez que irá entregar um conteúdo exclusivo.

Caso não seja pago, ambos precisam analisar se a parceria faz sentido

Após decidir isso, entre em contato para verificar a disponibilidade e confirmar as parcerias.

Não se esqueça de que o preparo da palestra pode levar um tempo. Portanto, entregue um briefing robusto com suas expectativas bem delineadas o quanto antes.

O ideal é construir um roteiro para que o seminário online flua de forma leve e organizada.

Nele, deve constar data e hora, duração de cada etapa (apresentação, palestra, perguntas), entre outros detalhes cabíveis…

3 – Design, Texto e Planejamento 

 

Com os temas decididos e palestrantes confirmados, seu webinar já começa a ganhar corpo.

É preciso, agora, que os envolvidos trabalhem em conjunto para fazer tudo acontecer.

Alguns (ou vários) arquivos precisam ser desenvolvidos para o projeto. Sem contar que outros detalhes técnicos precisam ser pensados.

Tente criar uma linha do tempo do seu público pensando, por exemplo:

Como as pessoas ficarão sabendo do evento (onde divulgar)? Quanto tempo vou divulgar antes do dia do evento? Vou investir quanto de dinheiro nisso? Como as pessoas vão se cadastrar? O que vai acontecer após o cadastro? Quais e-mails ela receberá? Como será o pós-evento?

Um dos elementos principais é a landing page, já que no geral é por meio dela que acontece o cadastro.

Para tal, crie uma página persuasiva e simples. Além do formulário para a captura, coloque informações do evento, como data e hora, mini-perfis dos participantes e o CTA (Call to Action).

Se for investir em anúncios pagos, o que é recomendado, lembre-se de utilizar um Pixel do Facebook ou Google. Assim, você garante o necessário para um remarketing lá na frente.

As peças de divulgação devem estar em harmonia com a proposta de valor e nicho da empresa.

Devem ser bem diagramadas, bem redigidas. Com um calendário de publicações, as artes e textos prontos, comece a espalhar essa notícia.

O planejamento de posts e anúncios é essencial para o sucesso do seu webinar. Filtros e segmentações bem pensados o podem evitar fracassos.

Usufrua de todas as ferramentas disponíveis para atingir seu público-alvo.

4 – Divulgue

Para obter alcance e honrar os esforços envolvidos, é primordial a divulgação.

Para tanto, o planejamento de comunicação é indispensável.

Uma landing page chamativa e funcional já é um bom começo.

Também é inteligente distribuir em dias e horários diferentes as chamadas para o evento.

No geral, o processo de divulgação é de duas semanas ou mais.

É preciso especificar de forma pontiaguda todos os interesses e palavras-chaves possíveis.

Tanto pensando na o assunto a ser abordado, quanto para delimitar quem você quer que se cadastre.

Posts orgânicos em redes sociais podem ajudar. Já os investimentos em Face Ads e até Google Ads (se fizer sentido) podem potencializar.

Mas não se esqueça do bom e velho e-mail marketing. Além de propiciar um engajamento maior que as redes sociais, é muito mais barato que os anúncios, por exemplo.

Se você já tiver uma base de leads, por exemplo, o gasto com e-mail marketing pode ser próximo a zero. Já que o único investimento costuma ser a assinatura de uma plataforma de automação de marketing.

Enfim, não importa como, o importante é chegar em quem realmente importa: O seu público.

5 – Inscrição e Material Extra 

Lá no início, falamos sobre a importância da landing page. Agora, vou me aprofundar sobre o formulário de captura dessa sua página

Afinal, a página de captura, o formulário e o CTA constituem a porta de entrada para o visitante se cadastrar no webinar.

Mantenha o formulário simples e rápido (exemplo: nome e email). Se for pedir mais dados, deixei para depois. Quando for  aprofundar o relacionamento.

Uma forma de utilizar formulários pedindo mais dados é durante ou após o webinar você oferecer outro item. Como um material de apoio, por exemplo.

Mas não precisa complicar. Pode ser um e-book, um checklist e até o próprio roteiro (adaptado) do webinar. 

É claro que o conteúdo deve ser pensado em conjunto com os envolvidos. Pense que ao entregar o “presente” você mostra carinho a todos aqueles que chegaram até ali.

Não precisa ser nada complexo. Só é necessário ser um material de valor e que seja revisado antes de disponibilizar.

6 – Checagem Final 

Zelar pela qualidade é de muita importância para um evento digital. Por isso, garanta que no dia e horário marcado tudo esteja em seu lugar.

Uma boa ideia é disparar um e-mail de lembrete para os que se inscreveram. Nele, você pode usar uma contagem regressiva. 

Isso possibilita que gatilho mental da escassez seja utilizado.

Mas mais do que isso, cheque a estabilidade da conexão à internet de todos envolvidos no webinar.

Pense em cenários simples e limpos. Ou seja, cuidado com fundos que podem poluir visualmente e distrair o público.

Por fim, cheque a iluminação e os equipamentos como câmeras e microfones.

Se possível, faça uma checklist para ter certeza que tudo está em ordem par o webinar acontecer.

7- Colha Feedbacks

Antes, durante e depois do evento, esteja sempre aberto a comentários externos e internos.

Mais do que simplesmente colher feedbacks, é preciso que alguém lidere a mediação.

Estimule seus contatos a avaliar a experiência.

Vale utilizar formulários simples, com Google Forms ou Typeform.

Lembre-se de utilizar perguntas fechadas para ser mais fácil mensurar depois. Mas deixe ao menos uma pergunta aberta para sentir melhor o envolvimento das pessoas.

Os próprios números do evento podem ser utilizados.

A começar pelo período pré-vento: Como taxas de cliques nos anúncios do webinar, taxas de cliques dos e-mails, visualizações da página de captura, taxa de conversão da página.

E no dia do evento: Taxa de comparecimento entre quem se cadastrou, tempo de visualização, engajamento.

Tudo isso pode servir de munição para preparar eventos online cada vez melhores.

Com a caixa de diálogo aberta, aumentam suas possibilidades de melhorar. Retroalimentando sua equipe com as devolutivas das campanhas e eventos, sua empresa se mantém atualizada e em evolução.

Enfim, surpreenda

Como fazer um webinar de sucesso: Enfim, surpreenda
Enfim, surpreenda

Entregar mais do que apenas seu produto ou serviço é primordial em qualquer nicho.

Ao ofertar valor, conteúdo, conhecimento e entretenimento, as suas chances de se consolidar enquanto stakeholder aumentam.

Para se destacar, é importante constantemente conquistar seu público. E para conquistar é necessário se doar. Afinal, a reciprocidade ainda é a chave de qualquer relacionamento saudável.

Você pode fazer isso de centenas de formas. Uma delas foi apresentada aqui hoje: O webinar. Mas todo tipo de conteúdo é bem-vindo.

Até porque muito mais do que leads qualificados, esses materiais servem para trazer informações valiosas sobre o seu negócio sua audiência.

Não desperdice a sua chance de arrasar.

 

Compartilhe o post:

Tags: , , , , , , , , , , ,


0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Siga-nos: