Testes A/B: Como melhorar sua estratégia

A empresa que faz campanhas de e-mail marketing sem realizar Testes A/B está apenas assumindo saber o que o público quer e contando com a sorte. Esse excesso de confiança conduz ao erro justamente por não ouvir o mercado e, consequentemente, não satisfazer a necessidade do cliente.

Como melhorar sua estratégia de e-mail marketing com Testes A/B?
Como melhorar sua estratégia de e-mail marketing com Testes A/B?

Para ter sucesso com E-mail Marketing, os empreendedores digitais devem realizar testes para avaliar resultados e, a partir dai, descobrir erros e consertá-los rapidamente. Errar faz parte do processo, mas aprender com esse erro é crucial para ter a capacidade de transformá-los em soluções.

O que é Teste A/B em E-mail Marketing

Cada empresa tem um público-alvo próprio que se divide em personas com características peculiares em comum. Aplicar o Teste A/B significa saber de fato qual abordagem funciona melhor para esses clientes, aumentando as chances de venda.

Esse tipo de teste consiste em criar campanhas de e-mail marketing que tenham a mesma mensagem e sejam disparadas no mesmo espaço de tempo, mas que apresentem algumas diferenças que sejam desafiadoras aos olhos do internauta, como título e presença de call to action para divulgar um post do blog, por exemplo.

A ferramenta é excelente por oferecer feedback real e qualitativo direto do mercado, mensurado com precisão. Por serem observados através do comportamento do usuário e taxa de conversão, o resultado é muito mais confiável.

Vantagens do Teste A/B

O E-mail Marketing é uma das mais poderosas táticas de Marketing Digital para atrair e se relacionar com clientes, por isso que as vantagens e benefícios do Teste A/B são incríveis quando aplicadas da maneira certa.

São várias as informações que a sua empresa pode levantar sobre o comportamento do consumidor. Algumas delas são:

  • Qual o melhor dia ou dias para enviar o e-mail;
  • Qual o horário com maior taxa de abertura;
  • Se enviar e-mail no final de semana dá resultado;
  • Qual o título e tipo de assunto que chama mais atenção;
  • Qual cor é mais eficiente no Call to Action para download;
  • Se a conversão é maior em campanhas com foto, vídeo ou apenas texto;

No fim, a prática permite que a empresa sane suas próprias dúvidas sobre o que agrada ou não o consumidor e torne as campanhas mais efetivas.

Como criar e aplicar Teste A/B?

Fazer o teste por fazer não é suficiente. Antes de mais nada é preciso criar um planejamento bem definido, onde a empresa tenha objetivos claros sobre quais resultados deseja alcançar com o teste realizado.

Determinar o que será testado e o que fará uma campanha campeã, são atitudes indispensáveis para construção de um Teste A/B de sucesso. Confira a seguir quais passos dar:

Determine o que será testado

Uma mudança aparentemente pequena pode trazer um grande impacto nos resultados. As variáveis de uma campanha de E-mail Marketing são muitas e dependem apenas do que a empresa quer saber. Por exemplo:

Assunto

O assunto é a primeira impressão de um leitor de E-mail Marketing, por isso é tão importante criar um título perfeito que gere destaque para o seu conteúdo na caixa de entrada do consumidor. Você pode testar desde o tamanho da chamada até a inclusão do nome do usuário nela, ou testar títulos positivos contra negativos para expressar valor. Por exemplo:

  • Positivo: “Aumente a qualidade das campanhas de e-mail marketing tomando uma atitude simples”
  • Negativo: “Descubra o erro que as empresas comentem ao não fazer Testes A/B”

Layouts

Basicamente, a empresa tem três tipos de layout para comparar:

  • Aquele disponibilizado pela ferramenta de disparo;
  • O de HTML feito pelo designer da área de Marketing;
  • O sem formatação, mais básico entre os três;

Nessa categoria também está incluso o teste com cores, fundamentais em qualquer estrutura de design. Escolha diferentes contrastes de cores sem medo de ousar, como um fundo de site azul com botão de call to action em laranja, por exemplo.

Call to Action

O Call to Action é a chamada de ação que busca conversão por parte do cliente.

Se ao enviar um e-book por e-mail e o Call To Action não gerar conversões como deveria, é sinal de que você precisa melhorá-lo. Deixe chamadas subjetivas de lado e faça chamadas descritivas, como “Quero baixar meu e-book grátis”, por exemplo.

Questões como localização do botão, tamanho e cor também influenciam o Call To Action;

Imagens

As imagens nem sempre são necessárias em campanhas de E-mail Marketing, mas isso só um Teste A/B poderá te dar certeza. Faça campanhas:

  • Com e sem fotos;
  • Com uma e com várias fotos;
  • Com posicionamentos diferentes (cabeçalho ou rodapé);
  • De tamanho pequeno, médio ou grande;
  • Entre outros;

Vídeos

Assim como com as imagens, faça testes com vídeos em campanhas para aumentar a conversão.

  • Autoplay x clicar para dar play;
  • Duração do vídeo (curto x longo);
  • Falando pra câmera x apresentação em slide;
  • Posicionamento do vídeo (cabeçalho ou rodapé);
  • Link do Youtube x Link do Facebook;

Texto

As pessoas tem um déficit de atenção muito alto na internet, por isso que escrever apenas o necessário é regra básica. Acontece que, dependendo do assunto, um texto maior pode trazer mais conversões, então use diversos parágrafos, bullets points e faça destaques em negrito para não cansar leitor.

Se mesmo com um texto grande a conversão for boa… Parabéns, você criou algo de relevante!

Quando se trata do texto, a empresa também pode fazer testes com o tipo de fonte, cores, texturas, sombreamento, entre outros.

Ofertas e incentivos

Em testes com ofertas e incentivos a empresa descobre ao que o consumidor responde melhor:

  • Desconto;
  • Frete grátis;
  • Compre 1 e leve 2;
  • Brindes;
  • Entre outros;

Compartilhe o post:


0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Descubra o que é o leadlovers


Quero ficar atualizado sobre as melhores práticas e dicas do blog Automação de Vendas para melhorar o e-mail marketing. Se você não curtiu, basta cancelar. Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Siga-nos: