Como o Marketing de Conteúdo vai me ajudar a fidelizar clientes?

Aqui no blog, já falamos da importância de investir em marketing de conteúdo e de como ele pode atuar em diferentes etapas na jornada do cliente. Hoje, vamos abordar especificamente um desses estágios: a pós-compra — mais precisamente a fidelização de clientes.

A criação de fãs da sua marca, o aumento nas taxas de recompra e o crescimento do número de compradores vindos por indicação são resultados relevantes de uma estratégia que constrói antes e fortalece as relações com os clientes após comprarem em sua empresa.

No post de hoje, você conhecerá as características que fazem o marketing de conteúdo ser tão importante para a fidelização de clientes. Continue acompanhando!

Marketing de conteúdo com lealdade
Lealdade no início da jornada de compra

Lealdade no início da jornada de compra

O processo de encantamento e retenção dos consumidores começa muito antes de eles pensarem em comprar alguma oferta sua. O marketing de conteúdo é uma metodologia que visa ganhar o interesse e o engajamento do público já no início da sua jornada. É uma relação de confiança que cresce com o tempo até a decisão de compra. Por isso, se um cliente for trabalhado durante todo o funil de vendas pelo marketing de conteúdo, ele chegará, na pós-compra, mais propenso a ser fiel à sua marca.

Um consumidor que é ajudado por uma empresa durante todo o seu processo de compra a tomar uma decisão mais segura, a aprender mais sobre a oferta e a entender como seus problemas podem ser solucionados, tende a ter mais confiança na marca. Ela é vista como uma parceira, uma referência naquele assunto e, provavelmente, será a primeira escolha desse cliente quando ele precisar de um produto no mesmo segmento.

Crie e aproveite suas personas

As personas são representações semifictícias dos clientes ideais para a sua empresa. Resumidamente, são personagens mais detalhados que o conceito de público-alvo e contêm aspectos de uma pessoa comum, como problemas, objetivos, necessidades, interesses e hábitos de compra pessoais e profissionais. Você pode criá-las a partir de pesquisas com seus atuais clientes e leads e após análises com o cruzamento das respostas mais em comum entre os entrevistados.

É interessante aproveitar suas personas para desenvolver conteúdos que vão ao encontro do perfil e das preferências do seu público. Afinal, você só conseguirá passar credibilidade e estabelecer um vínculo de confiança se falar dos problemas que seus clientes passam, das soluções que eles precisam e das ofertas adquiridas.

Ao usar as personas como um direcionamento para o planejamento e produção de conteúdos, será mais simples gerar identificação com a sua base.

Marketing de conteúdo para interação com o cliente
Maior interação com os clientes

Maior interação com os clientes

O maior erro de quem quer ter e manter clientes fiéis é deixar de interagir com eles depois de comprarem. Não é porque a conquista foi difícil que, agora, a relação será mais tranquila e levada no “piloto automático”. Você precisa aproveitar que converteu compradores vindos de uma boa relação com a sua empresa nas fases anteriores para continuar gerando negócios de forma recorrente. O pilar essencial para isso é a continuação do diálogo com esse público.

A propósito, existem 3 meios que cumprem bem esse papel: o blog, o e-mail e as redes sociais.

Blog

O blog é o principal canal de aplicação do marketing de conteúdo. A maioria das publicações é voltada para o topo de funil, mas isso não impede que ela também não seja direcionada aos atuais clientes, já que muitos deles podem ser reinseridos no funil de vendas para condução à compra de uma outra oferta. Logo, você pode criar artigos abordando tanto os problemas dos leads quanto dos clientes — às vezes até em um mesmo post de interesse compartilhado.

É válido também produzir conteúdos voltados especificamente para um grupo de clientes que adquiriu uma oferta X. Uma audiência menor seria atingida, porém impactada de forma mais assertiva e eficiente.

E-mail

Para a fidelização, o e-mail se torna ainda mais útil do que o blog. Isso porque, provavelmente, todos os seus clientes já estariam cadastrados em sua lista, ou seja, você saberia exatamente para quem orientar suas campanhas de retenção de clientes.

O envio de newsletters com dicas sobre o produto comprado, o compartilhamento de conteúdos que eduquem mais os compradores sobre o seu mercado e o disparo de e-mails marketing com ofertas (incluindo promoções) de produtos similares podem funcionar bem.

Redes sociais

As mídias sociais podem não ter uma comunicação individual como no e-mail, mas é possível monitorar os perfis dos seus clientes, principalmente se pedir essa informação nas várias landing pages e formulários que eles podem ter preenchido. É bom ficar de olho nas menções da sua marca, nos comentários em suas publicações e interagir com eles nos posts, além de compartilhar os conteúdos segmentados do blog. Assim, você consegue coletar percepções e manter uma proximidade com o público.

Se fortaleça com o Marketing de Conteúdo
Fortalecimento do vínculo com a base

Fortalecimento do vínculo com a base

O marketing de conteúdo, nesse contexto de fidelização de clientes, trabalha com outros focos: o sucesso do cliente e a sua reeducação. O primeiro ponto tem a ver com ensinar o comprador a ter um melhor aproveitamento do produto ou serviço adquirido. O segundo com fazer o consumidor perceber a importância de comprar outras ou as mesmas ofertas que complementem a experiência da primeira aquisição, isto é, manter compras recorrentes ou renovações de contrato.

Os dois objetivos são atingíveis a partir de uma mesma premissa: o fortalecimento da relação com os seus clientes. É como um casamento em que você precisa, a todo momento, reforçar a confiança e demonstrar que faz de tudo para que a outra parte seja feliz. Para isso, uma das características fundamentais do marketing de conteúdos é o compartilhamento de informações relevantes.

Compartilhamento de conhecimento

A principal contribuição do marketing de conteúdo na pós-compra é levar conteúdos de boa qualidade e que façam os clientes terem uma experiência ainda mais completa com os seus produtos.

Por exemplo: o consumidor de uma Smart TV pode receber, por e-mail ou SMS, uma série de dicas sobre aplicativos, funções, cuidados e outros equipamentos que o ajudem a aproveitar melhor o seu equipamento. Uma pessoa que adquire um software de gestão empresarial pode ter acesso a webinars, e-books e infográficos com pesquisas atualizadas sobre o seu mercado, tutoriais sobre determinadas funcionalidades ou avisos sobre atualizações no sistema.

Compartilhe o conhecimento com o Marketing de Conteúdo
Compartilhamento de conhecimento

Para saber o que os clientes esperam de você no pós-compra, você pode coletar as opiniões deles em questionários enviados por e-mail. Além disso, é fundamental monitorar as reações dos compradores a cada e-mail enviado, texto ou vídeo publicado. Assim, você facilita a otimização das suas campanhas e da produção de conteúdos.

O marketing de conteúdo ajuda a fidelizar clientes pelos mesmos motivos que os levaram a comprar em sua empresa: boa relação, conteúdos relevantes, autoridade no assunto, etc. Isso mostra que o trabalho se inicia lá no começo da jornada, visando justamente ter oportunidades bem encaminhadas no futuro. A fórmula pouco se altera, sendo peculiar a sua nova segmentação (agora você sabe bem com quem se comunica) e os focos da estratégia (sucesso do cliente, compras recorrentes e indicações).

O mais interessante é notar que o marketing de conteúdo, por si só, já é uma estratégia mais econômica que o Outbound Marketing, já que se baseia muito no ganho de tráfego orgânico; além disso, manter uma base de clientes é mais barato do que investir para trazer novos. Assim, temos a junção de uma metodologia a um objetivo. Ambos podem gerar mais resultados do que outras formas e metas tradicionais de marketing.

Então, viu como o marketing de conteúdo contribui com a fidelização de clientes? Aproveite e conheça as melhores maneiras de otimizar seu empreendimento!

Compartilhe o post:

Tags: , , , ,


0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Descubra o que é o leadlovers


Quero ficar atualizado sobre as melhores práticas e dicas do blog Automação de Vendas para melhorar o e-mail marketing. Se você não curtiu, basta cancelar. Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Siga-nos: