Como Vender Sem Estar Vendendo

Como vender sem estar vendendo

Quando eu era criança, lembro de estar em casa (brincando com meu Playmobil certamente), quando a campainha tocou.

Minha mãe atendeu e eu fiquei de olho.

Era um rapaz, com uma bolsa cheia de livros. Um vendedor de enciclopédias.

Nos anos 80 e início dos anos 90, esse tipo de atividade era bem comum, afinal não tínhamos o todo poderoso Google para encontrar as respostas da vida, do universo e tudo mais. 🙂

Enfim, o fato é que ele fez a oferta dele, com todos as artimanhas que os vendedores usam, mas a minha mãe disse não.

E o motivo do “não” era simples. Semanas antes, ela já tinha comprado uma enciclopédia, parecida com aquela, de um outro vendedor de porta.

Como vender sem estar vendendo

Mas o nosso amigo vendedor não aceitou a resposta e insistiu.

Neste momento, percebo que a minha mãe se irritou com a sua insistência. Ele passou a ser inconveniente. Chato e irritante.

Hoje não temos mais a figura do vendedor de porta em porta (pelo menos nas cidades grandes). Mas temos uma variante moderna disso: as insuportáveis ligações de telemarketing.

E o sentimento é o mesmo: Esses vendedores nos irritam, nos estressam, nos incomodam…

Os empreendedores digitais de hoje em dia são, em última análise, vendedores.

E a maioria deles são vendedores como os caras de porta em porta ou os famigerados colegas do telemarketing: são chatos!

E vendedor chato é evitado. É rejeitado.

Precisa trabalhar demais para ter um mínimo de resultados. Geralmente é um cara frustrado com o seu trabalho.

E o que eu quero compartilhar com você hoje é:

Se você é um empreendedor digital, saiba que você NÃO PRECISA SER ASSIM!

Você pode ser agradável às pessoas, ser admirado, se tornar uma referência a ser consultada sempre que precisam de alguma ajuda.

E o que você deve estar se perguntando é:

Como é possível, caro Rafael?

A resposta disso é conhecer o princípio do “vender sem estar vendendo”.

É essa a maneira como faço negócios, vendo meus produtos e ganho minhas comissões como afiliado e como infoprodutor.

Minutos antes de começar a escrever este artigo, tinha acabado de receber um e-mail do Hotmart me alertando de uma nova venda.

Sem eu ter disparado sequer um e-mail ontem ou hoje sobre o produto que eu vendi ou até mesmo ter feito campanha para uma oferta dele.

E esse fenômeno não é magia e nem tecnologia.

É humanidade.

É possível você vender sem estar vendendo quando você abandona a ideia de “empurrar” um produto goela abaixo da sua lista e passa a RECOMENDAR coisas pra essa lista.

Exatamente da mesma forma que você recomenda um médico de sua confiança para um amigo que esteja precisando tratar daquela especialidade dele.

Ou quando você recomenda um determinado modelo de carro para aquele seu parente que está pesquisando um novo carro pra comprar.

Ou quando você assiste um filme no cinema e sai falando pra todo mundo que o filme é incrível por A+B e que ele deveria assistir também porque vai gostar.

Você posta até no Facebook que eu sei 😀

Quando você faz essas coisas que eu citei acima, você se sente realizado por ter contribuído na tomada de decisão de uma pessoa que você considera.

E não ganha UM CENTAVO por isso!

Agora pense comigo:

Não seria uma boa ideia você fazer a mesma coisa, se sentir realizado em poder ajudar pessoas… e ainda GANHAR DINHEIRO COM ISSO??

Se respondeu sim, então bem vindo ao clube, pois eu também penso assim.

Pessoas que recomendam, são pessoas respeitadas, admiradas e com muita autoridade.

E o resultado disso são vendas realizadas com menos esforço. Sem perder amigos e leads da sua lista.

Porque todos eles gostam de você. Gostam das suas recomendações.

E se você quer ser um empreendedor admirado e ter uma lista de seguidores fieis ao seu negócio, então eu vou te dar um pequeno presente.

Eu vou liberar pra quem leu até aqui um template de e-mail de venda indireta, ou seja, um e-mail que vende pra você sem estar vendendo realmente.

Um modelo de e-mail que conta uma história e em seguida faz uma recomendação do seu produto para a sua audiência.

É um modelo pronto pra uso. Você só precisa copiar, colar, alterar com as suas informações (seu nome, seu produto, dores do seu avatar) e disparar pra sua lista. Simples assim.

Se ter esse template te interessa, então você poderá baixá-lo gratuitamente aqui.

Sim. Você NÃO PRECISA deixar seu e-mail para poder baixar o template.

Mas se gostou do princípio e gostaria de me seguir para conhecer mais disso que eu falei e aplico diariamente em meu negócio, você pode acessar meu site, com centenas de artigos de puro conteúdos aqui. Se o seu negócio é vídeos, também deixo meu canal no YouTube para você conhecer.

E se você gostou deste artigo ou ficou alguma dúvida, por favor deixe o seu comentário aqui embaixo.

Adoro ler o feedback dos meus leitores. E gosto de responder a cada um.

Espero que você faça bom proveito do meu presente. 😉

Rafael Cruz
Fundador do site Nerd Rico. Especialista em marketing de conteúdo e uso de storytelling em emails, artigos e vídeos para vender por inspiração e não por pressão.

 

Compartilhe o post:

Tags: , , , , , , ,


0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Descubra o que é o leadlovers


Quero ficar atualizado sobre as melhores práticas e dicas do blog Automação de Vendas para melhorar o e-mail marketing. Se você não curtiu, basta cancelar. Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Siga-nos: