Conheça 7 mitos sobre Inbound Marketing que devem ser esquecidos

Alguns mitos do inbound marketing impedem que muitos empreendedores invistam de forma efetiva nessa estratégia. A falta de boas referências para o assunto leva muita gente a acreditar em informações equivocadas ou incompletas.

Conheça 7 mitos sobre Inbound Marketing que devem ser esquecidos
Conheça 7 mitos sobre Inbound Marketing que devem ser esquecidos

No entanto, se implementado corretamente, o inbound marketing pode ser um dos grandes aliados no crescimento de sua empresa. Além de contribuir para o aumento das vendas, essa estratégia faz com que seu negócio tenha presença online, melhore o relacionamento com os clientes e os transforme em divulgadores de seus produtos ou serviços.

Neste post, vamos apresentar 7 mitos e outras dicas relevantes para que você invista e tenha sucesso com ações de inbound marketing. Confira!

1. O e-mail não funciona mais para sua estratégia

Nós sabemos como o e-mail é uma ferramenta de comunicação antiga, mas isso não tira a sua importância para o inbound marketing. O e-mail marketing hoje é amplamente usado para incentivar vendas e reter clientes.

Ele é essencial para que você conquiste o seu lead (contato) e o conduza às outras etapas do funil de vendas. Mas para que sua estratégia de e-mail marketing dê certo, é muito importante manter a segmentação e a personalização de suas listas de contatos.

Entenda qual é o perfil de seus clientes, monte grupos de contatos de acordo com interesses e características em comum e envie e-mails com informações relevantes para cada um deles, no momento certo.

Nunca compre listas de e-mails, mas conquiste seus clientes por meio de redes sociais, materiais valiosos e landing pages (páginas de conversão). Vale até mesmo retomar contatos de clientes antigos, desde que os categorize.

2. Inbound marketing é ter um blog

O blog é sim uma das ações mais importantes do inbound marketing, mas não a única!

Fazer inbound marketing não significa apenas ter um canal de comunicação como esse, mas sim desenvolver uma série de estratégias que vão torná-lo relevante para sua persona. Sua persona é uma representação semifictícia de seu público-alvo

Antes de sair publicando conteúdos aleatórios no blog de sua empresa, é essencial fazer uma pesquisa com clientes atuais e de mercado, compreendendo quais são suas necessidades e interesses.

Baseado nisso, você deve planejar os conteúdos a serem produzidos, formatos, tipo de linguagem e otimização dos mecanismos de busca (SEO, do inglês, Search Engine Optimization). Estude quais são as estratégias de divulgação ideais, seja por meio de e-mail marketing, redes sociais, links patrocinados e etc.

Tudo isso é fazer inbound marketing, a partir de uma estratégia segmentada e alinhada com os objetivos de sua empresa e de acordo com o investimento disponível.

Inbound marketing é fazer propaganda sobre o meu negócio
Inbound marketing é fazer propaganda sobre o meu negócio

3. Inbound marketing é fazer propaganda sobre o meu negócio

No inbound marketing você não vai atrás de pessoas aleatórias que possam se tornar clientes fazendo propaganda sobre sua empresa, como no marketing tradicional. Pelo contrário, você atrai o seu público-alvo de forma inteligente e saudável.

Os consumidores querem informações e conteúdos que possam ser úteis para eles no dia a dia. Um dos princípios dessa estratégia é a produção de materiais que atendam aos interesses e necessidades de seus clientes.

É uma propaganda indireta, na qual potenciais clientes poderão se interessar por esses conteúdos e conhecer a sua empresa, tendo grandes chances de efetuar uma compra.

Eles devem vir até você, e não você até eles. Mas isso tudo só acontecerá se você entender quais são as dores, os problemas e as necessidades de seus leads e como sua empresa poderá ajudá-los.

4. Não é preciso investir na personalização

Esse é um dos quesitos de sucesso de estratégias de inbound marketing: a personalização. Um grande mito é dizer que não é preciso investir nisso, já que ela contribui para atração e para a retenção de clientes de forma indispensável.

É muito mais fácil a sua empresa se tornar confiável e relevante quando ela mostra que se importa com o cliente. Dessa forma, envia e-mails com o nome do lead e entrega conteúdos específicos para cada pessoa.

A partir disso, você tem uma abertura bem maior para aprofundar esse relacionamento e fechar uma venda, mostrando que conhece com quem está falando e que pode resolver seus problemas.

5. Ferramentas de automação não são necessárias

Engana-se quem acha que as ferramentas de automação de marketing não são necessárias, ou são exclusivas para o uso do e-mail. Elas são extremamente importantes para que você tenha sucesso em suas ações digitais.

Diante de tantas tarefas e prazos, essas ferramentas vão contribuir para a execução, personalização e análise de suas estratégias, otimizando tempo e investimento. Assim, seja para postagem nas redes sociais, criação de landing pages ou envio de e-mail marketing, por exemplo, elas são essenciais.

Além disso, com todo o processo automatizado, essas ferramentas disponibilizam uma série de dados para análise e performance de suas ações.

Posso executar o inbound marketing sozinho
Posso executar o inbound marketing sozinho

6. Posso executar o inbound marketing sozinho

Com tantas ferramentas disponíveis no mercado que complementam o inbound marketing, muitos empreendedores acreditam que podem executar estratégias isoladas ou até mesmo por meio de um único profissional.

Entretanto, o inbound marketing exige muito tempo e dedicação. Somente uma pessoa para coordenar todas as tarefas que envolvem a divulgação de sua empresa, como gerenciamento de redes sociais e leads, e-mail marketing e análise de resultados é insuficiente.

É necessária uma equipe capacitada para que suas ações sejam satisfatórias, e isso dependerá do porte de sua empresa e de seus objetivos.

Você pode contratar profissionais, freelancers ou até mesmo uma agência especializada. Mas, nunca tente executar o inbound marketing sozinho e sem a contribuição de um profissional do ramo, pois você perderá tempo e dinheiro.

7. Inbound marketing é SEO

Não confunda: inbound marketing não é SEO!. O que chamamos de otimização dos mecanismos de busca é uma das ações que estão dentro do inbound marketing que está relacionada à produção de conteúdo a partir de palavras-chave. Estas, por sua vez, são os termos relacionados à sua campanha de marketing e à sua empresa que podem ser pesquisados por seus clientes na internet.

A partir de materiais publicados com essas palavras-chave, você pode conquistar as primeiras posições nos resultados de busca orgânica (não paga), se tornando relevante e confiável no cenário digital.

Lembre-se de que é muito importante se informar sobre estratégias e ações digitais que podem fazer o seu negócio crescer por meio de fontes confiáveis e que são consideradas referências no assunto.

Por meio de um planejamento de marketing segmentado e bem planejado, você poderá otimizar seu investimento, conquistar mais vendas e se destacar da concorrência.

Compartilhe esse post nas redes sociais para que outros empreendedores saibam quais são os mitos do inbound marketing e como essa estratégia, quando bem implementada, pode beneficiar suas empresas.

Compartilhe o post:

Tags: , , , ,


0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Siga-nos: