Creator: Mais uma tentativa do Facebook para concorrer com o YouTube?

O Facebook parece estar mesmo motivado a migrar produtores de vídeos do YouTube para a maior a rede social do mundo. Há alguns meses o lançamento do aplicativo ‘Creator’ e do site ‘Facebook for Creators’ deixou isso ainda mais claro.

Quer entender melhor? Então, você está no lugar certo. 

Creator: Mais uma tentativa do Facebook de concorrer com o YouTube?
Creator: Mais uma tentativa do Facebook de concorrer com o YouTube?

O que é o Facebook Creator?

O que é o Facebook Creator?
O que é o Facebook Creator?

O Creator é um aplicativo oficial do Facebook lançado em novembro de 2017.  Na realidade, o app é uma atualização do ‘Facebook Mentions’, inclusive aparece na App Store com o mesmo nome do aplicativo antigo.

A primeira grande diferença que observamos é que apenas contas verificadas de pessoas públicas tinham acesso ao Mentions, já o Creator é aberto ao público. Basta ter um perfil no Facebook, nem uma página você precisa ter para utilizá-lo.

O objetivo do app é se tornar o local único para os criadores de conteúdo realizarem o seu trabalho mais facilmente. Com o seu lançamento, tudo dá a atender que o Facebook quer se tornar a ‘grande casa’ dos criadores de conteúdo, se consolidando como um concorrente de peso do então soberano YouTube.

Além de ter muitos recursos para a criação de vídeos e lives como intros e efeitos, é possível gerenciar todos os comentários e mensagens de suas páginas no Facebook e Instagram, bem como postar ao mesmo tempo em todas essas redes sociais e no Twitter. Sem contar as métricas detalhadas para saber o que está ou não dando certo.

De acordo com o gerente de produto do Facebook, Chris Hatfield:  

Nós estamos entusiasmados para ver os criadores usarem essas ferramentas para compartilhar vídeos, interagir com seus seguidores e expandir sua comunidade dentro do Facebook. É apenas o começo e estamos ansiosos para continuar trabalhando em conjunto com criadores para tornar a experiência no Facebook ainda melhor.”

O foco nesses primeiros meses está em reunir feedbacks dos usuários para melhorar ainda mais o aplicativo. Infelizmente, até o momento, o Creator encontra-se disponível para download somente no iOS, mas a informação é que logo estará presente também em dispositivos Android.

Em seu perfil no Facebook, a Vice Presidente de produto, Fidji Simo postou:

Para ajudar os criadores a crescer no Facebook, é importante que continuemos criando ferramentas para que eles sejam bem-sucedidos. E é por isso que estou realmente entusiasmado com duas novas atualizações lançando hoje para criadores.”

A outra atualização a que ela se refere é o ‘Facebook for Creators‘ que iremos explicar mais adiante.

Como é o Creator na prática?

Como é o Creator na prática?
Como é o Creator na prática?

Logo na apresentação do Creator na AppStore, vemos o destaque dados as seguintes funcionalidades:

  • Possibilidade de promover uma sessão de perguntas;
  • Canal principal de distribuição: publicação simultânea no Instagram (inclusive no Stories), Facebook e Twitter;
  • Criar molduras ou bordas para o vídeo;
  • Stickers para os espectadores brinquem durante a transmissão;
  • Estatísticas demográficas;

Como falamos antes, por centralizar várias ações em um só o lugar, o Creator promete trazer mais agilidade para os produtores de conteúdo se relacionarem com a sua audiência. Também conta com os emojis, reações diferenciadas e filtros para personalizar ainda mais os conteúdos.

Outro ponto bacana do Creator é oferecer ferramentas para os criadores deixarem suas transmissões ao vivo mais interessantes para o público. Observe a seguir a tela de boas-vindas do app:

Tela de boas-vindas do Creator
Tela de boas-vindas do Creator

O aplicativo é bem simples e acredito que esse seja mesmo o objetivo dele. Ao se cadastrar, você irá direto para a dashboard. Na parte inferior dela há ícones como ‘Home’, ‘Notificações’ ‘Publicar’, ‘Caixa de entrada’ (unindo comentários do Face e Insta) e, por fim, ‘Informações’, que traz os dados analíticos da página. Já na parte superior, você pode acessar a câmera do aplicativo.

Abaixo você pode visualizar isso melhor:

Home do Creator
Home do Creator

Vamos explorar mais detalhadamente essas opções?

1. Live Creative Kit

Com o Live Creative Kit os criadores de conteúdo têm acesso a algumas ferramentas para tornar as suas transmissões ao vivo ainda melhores para o público.

Como? Por meio de opções como molduras, personalização de reações e stickers. Mas o mais interessante, sem dúvida, é a possibilidade de adicionar aberturas e encerramentos às transmissões ao vivo. Isso permite que o criador deixe a live mais a sua cara e ainda faça chamadas para ação, convidando os espectadores para seguir nas redes sociais, por exemplo.

Enfim, o objetivo desse conjunto de recursos é deixar as lives interativas, divertidas e até mesmo com um toque mais profissional. Dependendo do seu nicho de atuação isso pode ser bem interessante. Não se esqueça de testar.

2. Camera e Stories

Se falamos de live, é óbvio que um dos recursos do Creator é a câmera. Com ela, assim como nas transmissões ao vivo, você pode inserir molduras, além de adicionar filtros e ter acesso ao Stories.

Não há muito o que se falar sobre essa parte da ferramenta. Mas considero que o grande diferencial é centralizar em um só lugar o uso da câmera em várias plataformas, postando de uma vez só.

3. Community Tab

A ‘Community Tab’ é como se fosse uma caixa de entrada que une comentários do Facebook e Instagram, além das mensagens do Messenger. Ou seja, mais uma vez o Creator facilita o trabalho da gestão das redes sociais, centralizando as ações e tornando mais rápida.

Nem precisamos falar o quanto isso é importante, né? Qualquer negócio que quer se destacar dentro das redes sociais precisa cuidar do relacionamento com as pessoas lá dentro, interagindo com os seguidores.

Quanto menos distante você estiver da sua audiência, melhor. E tudo que vem para ajudar nisso, é muito bem-vindo.

4. Insights

Por último e não menos importante, há ainda uma espécie de ‘Analytics’ dentro do Creator. Com essa aba, você pode ler e analisar várias métricas da sua página.

Isso além de propiciar que você conheça o seu público mais profundamente, mostra o que está gerando resultados por lá ou não.  

E o que seria o Facebook for Creators?

Visão da home do 'Facebook for creator'
Visão da home do ‘Facebook for creator’

Ao mesmo tempo em que criou o app, o Facebook também lançou um site, o ‘Facebook for Creators: Um espaço destinado para criadores de conteúdo aprenderem sobre produção de vídeos e outras ações para crescer dentro do Face.

Para fazer parte da plataforma, basta clicar aqui e se inscrever. Um dos pontos mais interessantes do Facebook for Creators, com certeza, é a união de várias histórias de sucesso inspiradoras de pessoas reais que usaram o Face para atingir seus objetivos.  

Dá só uma olhada que bacana o vídeo de apresentação do ‘Facebook for Creators’ divulgado na página oficial do Facebook:

Concorrência para o YouTube?

O nome do aplicativo fala por si só. De fato, o Creator foi desenvolvido para atrair os criadores de conteúdo, hoje concentrados no YouTube. A intenção de tirar a soberania da plataforma do Google está bem clara desde o anúncio do Facebook Watch em agosto de 2017.

Concorrência para o YouTube?
Concorrência para o YouTube?

Se no futuro, o Facebook representará um concorrente de peso para o YouTube nós não sabemos, mas por enquanto ainda não. E uma das razões mais convincentes para afirmar isso está na ausência de monetização nos vídeos da maior rede social do mundo.

Embora os youtubers ganhem muito mais com conteúdos patrocinados por marcas do que pela visualização e engajamento de seus vídeos, o YouTube até o momento não parece estar ameaçado pelo tio Mark. Nos resta aguardar os próximos capítulos.

O que achamos disso tudo?

Creator: O que achamos disso tudo?
O que achamos disso tudo?

Apesar de não ser nada extraordinário, a ideia de um aplicativo para centralizar várias ações de Social Media é uma boa pedida, principalmente para tornar o processo mais rápido e sem distrações como o Feed de Notícias.

Obviamente que ainda há algumas limitações, como a falta de monetização, mas como próprio gerente de produtos do Facebook afirmou esse é só um começo. Parece que muita coisa está por vir, vamos torcer para que sejam notícias boas para pessoas, influenciadores e marcas.  

Não é novidade para ninguém que os vídeos têm transformado nossas vidas, seja para entreter ou adquirir conhecimento. A cada nova notícia observamos a tendência do Facebook em fazer frente para o YouTube.

Até o momento a plataforma do Google continua sendo o local preferido das pessoas para assistir vídeos, isso é indiscutível. Mas vale lembrar que enquanto o YouTube tem 1,5 bilhão de usuários, o Facebook tem 2 bilhões. Ou seja, é uma ‘batalha’ de gigantes. Não falarei para quem é a minha torcida… Que vença o melhor.

YouTube e Facebook: Batalha de gigantes
YouTube e Facebook: Batalha de gigantes

Compartilhe o post:

Tags: , , , , , , , , ,

Saiba Como Automatizar Suas Vendas!

Aprenda a automatizar suas vendas e foque no que realmente importa.


Quero ficar atualizado sobre as melhores práticas e dicas do blog Automação de Vendas para melhorar o e-mail marketing. Se você não curtiu, basta cancelar. Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Siga-nos: