Como Criar Página de Vendas: 11 Erros que Você não Deve Cometer

Está cada vez mais fácil e comum comprar produtos e serviços online. Além dos produtos físicos, os produtos digitais também vêm ganhando destaque nisso. Para vender, geralmente utilizamos as chamadas “páginas de vendas”. Mas com isso há uma dúvida que não quer para muitos profissionais: “Como posso criar pagina de vendas realmente interessante para o meu público?”

Aprender isso traz benefícios tanto para o consumidor como para as empresas. Já que ao saber como fazer uma página de vendas da maneira certa, não só aumentamos o número de vendas porque a página está melhor e mais persuasiva… Nós também as direcionamos para que as pessoas certas cheguem até o nosso conteúdo. 

Apesar disso, muitos empreendedores ainda acham que página de vendas significa criar uma página com imagens e uma breve explicação de seus produtos.  Não é bem por aí.

Pelo contrário, ter uma página de vendas vai além de criar uma página e exibir o seu produto… Exige planejamento e muita atenção a alguns pontos que, muitas vezes, são negligenciados.

Além disso, muitas vezes mais importante do que saber “o que fazer” numa página de vendas é saber quais erros evitar no processo. O conteúdo de hoje foi feito pensando nisso.

Portanto, se você já tem uma página de vendas e quer ver seus resultados melhorarem ou ainda não criou uma, leia esse artigo até o final.  Nosso objetivo é explicar os principais erros que você pode estar cometendo na sua página de vendas sem saber e que podem estar comprometendo os resultados do seu produto.

Criar Página de vendas: 11 Erros que Você não Deve Cometer
Criar Página de vendas: 11 Erros que Você não Deve Cometer

Como Criar Página de vendas: 11 Erros que Você não Deve Cometer

1 – Layout pouco atraente

O primeiro erro que muitos empreendedores cometem é não se preocupar com o layout de sua página de vendas.

Ao acessar a sua página, a primeira impressão é a que vai definir se os visitantes vão continuar nela ou não. Lembre-se que cada um desses visitantes é um potencial cliente.

Ou seja, é importante que você invista em um design bacana na sua página de vendas. Que tenha identidade visual e que saiba destacar o seu produto.

Além disso, é preciso que seja agradável para o usuário. Há uma parte do design que cuida disso, trata-se do “UX Design”, que nada mais é do criar um design que se preocupe com a “experiência do usuário”.

Tudo bem se num primeiro momento você não pode (ou não quer) ir atrás de um designer para criar as suas páginas.  Mas é importante que você estude um pouco o básico e principalmente pense no usuário em cada detalhe.

Um exemplo simples: Quantos menos distrações, banners ou pop-ups tiver na sua página, melhor.

Aliás, quanto mais rápido o visitante conseguir navegar pela sua página de vendas, mais rápido irá chegar ao produto que deseja. Podendo fechar a compra de primeira com uma experiência positiva.

Tudo o que queremos, não é mesmo?

Se você usar a leadlovers, por exemplo, vai contar com o nosso Construtor de Páginas para construir páginas do zero, mesmo sem saber de programação ou ser expert em design. E também contar com mais de 250 “Modelos Prontos”, que nada mais são do que templates incríveis para você apenas editar e personalizar do seu jeito. Bem prático e rápido.

2 – Site não responsivo

Falando em design, há outro detalhe importante… Praticamente todos possuem um smartphone hoje, e navegam muito mais por ele do que por qualquer outro dispositivo.

Por isso, é importante que sua página de vendas seja adaptável para todos os tamanhos de tela, ou seja, ter um site responsivo.

Pode parecer bobagem, mas não é. Ter uma experiência de navegação ruim em uma página de vendas pode determinar o afastamento do consumidor do seu negócio, além da propaganda ruim que será feita.

Então, é essencial que você facilite a leitura do cliente em potencial em sua página de vendas, agilizando a busca e o tempo dele.

3- Imagens de produtos de baixa qualidade

Uma página de vendas online tem uma desvantagem em relação à loja física, que é a impossibilidade do consumidor ter o produto em suas mãos.

Porém, há como contornar este tipo de coisa, mas alguns empresários se esquecem, ou não querem investir, em fotos de qualidade dos produtos que vendem.

Uma foto de qualidade ajuda o consumidor a ver todos os detalhes de um produto, como cor, acabamento, design entre outros.

Portanto, é imprescindível que você invista em fotos de ótima qualidade para seus produtos, procurando mostrá-lo em todos os ângulos possíveis e, o mais importante, o contexto onde ele é usado.

Um produto com uma boa apresentação pode ser o diferencial da sua página de vendas e levar o consumidor a fechar a compra com maior segurança do que está comprando.

4- Falta de detalhamento dos produtos

Os produtos também precisam de uma descrição para fazer o cliente entender bem sua finalidade. Ter uma descrição ruim pode simplesmente matar a confiança do consumidor em finalizar a compra.

A descrição do seu produto precisa ser clara e conter todas as informações relevantes para o cliente, de modo a sanar a maioria das suas dúvidas.

Além de ajudar o consumidor, uma boa descrição é importante para que sua página de vendas seja indexada pelo Google, aparecendo nos resultados de pesquisas dos usuários.

Não esqueça de detalhar sua página de vendas

– Poucas opções de contato

Uma das coisas que trazem segurança para o cliente na hora que ele acessa sua página de vendas é ver que há formas de contatar a empresa.

Ter poucas opções de contato, ou deixá-las pouco visíveis passa uma imagem de que não será fácil falar com a sua empresa caso o cliente compre seu produto.

A segurança é um ponto muito visado pelos consumidores na hora que vão comprar alguma coisa e, se a sua página de vendas não passa essa sensação, as possibilidades de conversões de vendas diminuem muito.

Portanto, deixe todas as opções de contato que sua empresa tem disponíveis bem visíveis, e que estejam em pleno funcionamento. Uma dica é colocar os contatos em todas as páginas de seu site.

6 – Não ter um bom atendimento ao cliente

Esse ponto está diretamente ligado ao erro anterior porque de nada adianta você disponibilizar várias formas de contato com sua empresa, se você não tem uma equipe eficiente no atendimento ao consumidor.

Muitas pessoas não conseguem associar o atendimento ao cliente com o marketing, mas há uma relação muito importante entre esses dois setores.

As perguntas e dúvidas dos consumidores devem ser respondidas pelo seu pessoal de atendimento de acordo com os objetivos do marketing da marca.

E lembre-se de que um bom atendimento, seja para tirar dúvidas ou no pós-venda, pode potencializar a fidelização dos seus clientes além de aumentar a credibilidade da marca

7 – Não ter um filtro de busca eficiente

Quando um cliente acessa sua página de vendas já com uma ideia definida do que quer encontrar, ele logo vai buscar a ferramenta de pesquisa da sua página.

Se essa ferramenta não for boa, não oferecer uma ótima experiência para esse cliente, ele vai demorar muito para encontrar o que deseja e, muito provavelmente, irá desistir de navegar em seu site.

Lembre-se de que todos os seus produtos devem estar cadastrados de forma correta, sem erros de grafia, para que as buscas ocorram de forma eficiente.

8 – Ter poucas opções de pagamento

Você não vai querer que seu cliente desista, na última etapa da compra, por não ter a opção de pagamento que seja melhor para ele.

Disponibilize a maioria das opções de pagamento que existam no mercado, sempre pensando em oferecer alguma vantagem para o consumidor, como um desconto na compra por boleto, por exemplo.

Fazer uma pesquisa para saber quais são as formas de pagamento que seu público mais usa é uma forma de se antecipar e oferecer uma experiência positiva de compra.

Também é primordial que todo o processo de pagamento seja feito de forma rápida e objetiva, evitando que o cliente preencha um cadastro muito longo.

Certificar-se que não há falhas na sua página de vendas na parte de pagamentos é essencial para que o cliente tenha uma boa experiência de compra e ajuda na finalização da compra.

9 – Não focar na retenção dos seus clientes

Muitos empreendedores focam muito na conquista de novos clientes para aumentar sua lista de contatos, mas esquecem de manter a fidelização dos que já estão lá.

Quando você consegue ganhar um cliente sua preocupação deve ser transformá-lo em um consumidor para a vida toda, porque as probabilidades dele comprar novamente são grandes.

Além disso, já se sabe que custa mais caro adquirir um cliente novo do que reter um já existente, então entra a questão de custo para sua empresa, porque é um erro grande gastar todo o orçamento de marketing para adquirir novos consumidores.

Então, planeje bem a sua estratégia de marketing para conseguir atingir os dois públicos, porque os clientes atuais vão comprar mais frequentemente gerando mais renda para seu negócio.

10 – Não ter uma logística eficiente

Um erro grave que se comete quando vende pela internet é não dar importância para uma boa logística de entrega dos produtos vendidos.

O tempo de entrega do produto é um dos fatores que o cliente leva em consideração na hora de fechar a compra, e se o prazo for muito longo a desistência é quase certa.

É importante ter em mente que, manter um estoque de produtos que garanta o giro do negócio sem que afete o prazo das entregas, é essencial.

Se o seu produto chegar de forma rápida na casa do consumidor, isso trará satisfação, confiança e propaganda positiva por parte do cliente.

11 – Não dar voz ao cliente

Se você quer ter uma marca reconhecida e que seja bem avaliada pelos consumidores, precisa dar voz a eles.

Portanto, crie uma área onde os clientes possam dar sugestões, críticas e avaliações dos produtos. E responda todas elas.

Além disso…

Para te ajudar nesse assunto tão importante que é páginas de vendas, nós recomendamos que você leia o nosso artigo que se aprofunda mais nesse tema: Criação de Página de Vendas: Dicas para Criar Uma e Vender de verdade”.

Agora se você quer ir além e também aprender como criar uma landing page, leia o nosso conteúdo “Criação de Landing Page: Como Criar a Sua Primeira do Jeito Certo”.

Ah e se você identificou que está cometendo algum dos erros que mencionamos hoje, não desanime. Basta corrigir o mais rápido possível. Erros e mudanças no Marketing Digital são totalmente comuns e esperados.

Sua página de vendas precisa passar confiança ao consumidor, de modo que ele consiga acessar tudo de forma ágil. Independente do dispositivo utilizado, seja celular, tablet ou computador.

Resumindo tudo: Você deve fazer o possível para que a experiência de compra do usuário seja plena, desde o momento inicial até o Pós-Venda.

Para fechar com chave de ouro, a seguir você pode assistir um vídeo sobre criação de página dentro da leadlovers, é só dar o play e conferir:

Se você gostou de conhecer os erros que se pode cometer em uma página de vendas, comente aqui embaixo e compartilhe com quem você achar que se irá se interessar.

Compartilhe o post:

Tags: , ,


0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Siga-nos: