CTA: Entenda de uma vez por todas o que é e como usar do jeito certo

CTA é um termo recorrente quando o assunto é Marketing Digital, afinal, é um elemento indispensável. Se você já clicou em algum botão na internet, então você já sabe o que é um CTA.

É a chave que destranca as portas digitais, levando o usuário de um ponto a outro. Portanto, pode ter inúmeras funções, captando e convertendo leads para o seu negócio.

O CTA, por estar presente em diversos lugares… Se a sua marca está presente digitalmente, então você já tem alguns CTAs. Talvez no site principal, no e-mail marketing, na página de vendas, na landing page

Mas a questão não é apenas saber o que é um CTA, mas sim como otimizá-lo, tirando um maior proveito deste recurso. Aqui você vai entender profundamente o que é um CTA, e como utilizá-lo ao seu favor.

CTA: Entenda de uma vez por todas o que é

CTA: O que é?

CTA: O que é?

O CTA é a sigla em inglês para Call to Action, que em português seria “chamada para ação“. Dentro do universo do Marketing Digital, é o termo utilizado para designar o botão a ser clicado em uma página na internet.

Na imagem a seguir, vemos uma página de captura e a seta azul indica o que é um CTA:

Mas por que simplesmente não chamá-lo de botão? Bem, por trás da terminologia “CTA” existe todo um conceito que justifica a atenção especial que este recurso merece.

Ao clicar em um botão, o usuário está tomando uma decisão, efetuando uma ação. Ao agir junto a sua marca, o vínculo do consumidor se fortifica, gerando pertencimento.

Essa e outras ideias do neuromarketing nos ajudam no processo de persuasão, aprimorando a capacidade de convencimento de todas as formas possíveis.

O que diferencia um botão dos outros, em um painel de avião ou helicóptero? A forma, a cor, o texto, o posicionamento? Perceba quantas informações guiam as decisões.

Esse é o poder de incitar o usuário a realizar uma ação. O tão almejado clique desempenha um papel central no vínculo do consumidor com a marca.

Portanto, pensar em CTA é ir muito além de botões escritos  “aceito”, “enviar” e “comprar”. É refletir sobre os gatilhos mentais que podem potencializar o volume de cliques.

CTA: Onde aparece?

CTA: Onde aparece?

Os CTAs estão distribuídos em quase todas as páginas na internet. Como são botões que realizam ações e redirecionam usuários, há uma vastidão de possibilidades.

Ao entrar em um site, geralmente aparece algum pop-up. Neste pop-up com certeza há um CTA. Geralmente para inscrever e-mail em newsletter ou permitir algum acesso.

Ao abrir um e-mail marketing, além dos hiperlinks pode haver um ou mais CTAs, redirecionando para uma oferta ou página de vendas.

Ao navegar pelas redes aparecerão anúncios, também com CTAs atraentes.

Nas landing pages, sites, páginas de vendas, propagandas… são inúmeras aplicações possíveis. Desde que haja um convite à ação, pode ser definido como CTA.

3 Motivos Para Usar CTAs

3 Motivos Para Usar CTAs

1 – É INEVITÁVEL

No Digital sempre haverá um CTA. E não é perseguição! É apenas uma leitura de que há escolhas em todos os lugares. Se você quiser captar e converter leads, vai precisar definir CTAs.

Já que é algo essencial, o mais inteligente a se fazer é utilizar estratégias para aprimorar este recurso. De tal modo a tirar proveito do ato de clicar.

Por ser tão básico, pode ser um tanto difícil pensar com criatividade, mas ainda sim há espaço para isso. Um dos segredos é embutir sentidos na mensagem, compactando significados.

Existem várias formas de usar um CTA, mas na verdade o mais importante é ser claro e objetivo. Assim, só quem realmente se interessar pelo que está sendo oferecido irá clicar.

2 – É DECISIVO

Por ser o momento de decisão, é no CTA que haverá uma última chance de persuasão. Não desmerecendo qualquer outro elemento, mas a informação semiótica aqui é a chave para arrematar os leads.

Seja para se inscrever, visitar um site ou efetuar uma compra, este é o convite para agir, a chamada para atuar. Portanto, merece um esforço dedicado para que cumpra sua função.

Antes do CTA há o convencimento. Título, texto, imagem, formulário… diversos fatores auxiliando na tomada de decisão do usuário.

Porém, todos os elementos trabalham juntos para culminar neste botão, que realiza ação de fato. Um CTA inusitado pode causar curiosidade, aumentando a taxa de cliques.

3 – É PERSUASIVO

Persuadir é convencer alguém a fazer algo, e o convencimento deve ser construído orquestrando diversos fatores. Isso não significa, porém, que o CTA não tenha um papel crucial na persuasão.

Mais de 90% dos visitantes que lêem o seu título, também irão ler o texto do seu CTA, de acordo com uma pesquisa do Delhi School of Internet Marketing. Portanto, não é aconselhável subestimar o seu poder.

Por estar em destaque, ele é essencial para guiar a leitura e finalizar sua narrativa. É uma “última chance” de aplicar uma mensagem de forma intencional, atiçando a vontade dos usuários a efetuar uma ação.

4 DICAS PARA CRIAR UM CTA QUE CONVERTA

4 Dicas Para Criar um CTA que converta

1 – Texto Instigante 

Todo botão tem que ter uma mensagem, mesmo que seja implícita. O que geralmente significa um botão vermelho? Emergência, perigo, socorro… Perceba como apenas a cor já exprime diversos significados.

Imagine então o peso que tem o texto, ou copy, a mensagem mais explícita. É recomendável, portanto, carinho na escolha das palavras ou expressões. Uma dica é pensar na ação que é executada ao ser clicado, e utilizar o verbo no infinitivo ou em primeira pessoa.

Por exemplo, um CTA que apareça no pop-up do site oferecendo uma newsletter, geralmente tem como texto “Inscrever e-mail”. E se, ao invés disso, fosse algo como “receber novidades” ou “eu quero!”?!

Um outro exemplo, em uma Página de Vendas, ao invés de “comprar” é possível colocar “investir em mim” ou “preciso muito disso”. Em um anúncio do tipo banner, trocar o “clique aqui para saber mais” por “entrar nesse universo” ou “conhecer soluções”.

Deu pra perceber que a escolha de palavras muda completamente a impressão dos usuários, né?! Depois de refletir sobre a ação envolvida no CTA, busque verbos fortes e objetos específicos, criando um botão mais “clicável”.

Falando nisso, temos um vídeo bem legal explicando como você deve fazer para criar uma página de captura de alta conversão:

2 – Posicionamento Inteligente 

Outro fator decisivo é o posicionamento do CTA. Como a leitura ocidental é da esquerda para a direita, de cima para baixo, geralmente o lugar do botão é no canto inferior direito.

Essa lógica leva em consideração o direcionamento do olhar. É compreensível que seja difícil inovar neste aspecto, uma vez que é o fluxo natural dos leitores.

Há chances, porém, de brincar com esse acordo coletivo, colocando o CTA em outro lugar da tela. Por ser um tanto ousado, pode não dar certo e diminuir sua taxa de cliques.

Por isso, é sempre interessante realizar Testes A/B com diferentes CTAs, analisando o que dá mais certo para cada página. De qualquer forma, optar pelo clássico canto inferior direito continua sendo uma escolha inteligente. 

Falando em fazer testes, confira também esse vídeo para descobrir 2 ferramentas incríveis para medir o desempenho das suas páginas:

3 – Contraste

O CTA deve sempre se destacar dos demais elementos da página. Seja pela cor, forma, transparência ou sombra, é necessário que esteja ressaltado de alguma forma.

A decisão dos aspectos visuais deste botão devem ser tomadas considerando a harmonia com os outros elementos. Por exemplo, sob um fundo cinza, a cor bege não teria muito impacto. Já com um fundo azul-marinho poderia funcionar bem.

Levando em consideração as cores de fundo, imagens e textos, busque as que estejam opostas no círculo cromático, isto é, que sejam complementares. Outra dica é considerar a psicologia das cores na hora de decidir.

Como é um assunto extremamente extenso e complexo, não há como dizer qual cor funcionará melhor para o seu negócio. A dica é pensar em seu público-alvo e levar em consideração a composição da página.

As cores mais utilizadas em CTAs são vermelho, verde e laranja, segundo um estudo da Chartboost. O vermelho pode ser associado com energia, força e urgência. O laranja pode comunicar felicidade, criatividade e entusiasmo. O verde expressa crescimento, frescor, segurança, e é geralmente associado a finanças e meio ambiente.

No vídeo a seguir, explicamos um pouco sobre a importância das cores na sua estratégia de Marketing:

4 – Botão Negativo

Além de projetar um CTA instigante para arrematar leads, uma outra estratégia é trabalhar com o botão que nega a oferta. Esta opção é disposta de forma mais ofuscada, reafirmando uma ideia de perda de oportunidade.

Esse formato consegue aumentar cliques pois insere a dor de dizer não à equação. Estudos do Journal of Marketing Research confirmam que as taxas de conversão mais do que dobraram por simplesmente dividir um CTA em duas opções.

Este é o paradigma da escolha forçada, que usa de um copy inverso para incitar o usuário a clicar no CTA positivo. Para isso, além da cor opaca e fonte menor, reforce o que o visitante irá perder ao negar sua oferta.

Por exemplo, em uma página de vendas de um curso, um CTA como “garantir a minha vaga” pode ser antagonizado com um “não, quero continuar leigo no assunto”

Como Fazer um CTA que converta? 

Como Fazer um CTA que converta?

Nesse artigo você aprendeu um pouco mais sobre o CTA e conferiu algumas dicas de como melhorar os seus. De uma forma resumida, para criar CTAs que convertam, você deve:

  • Manter a brevidade e clareza, sendo básico e objetivo, evitando vocabulários fantásticos.
  • Usar elementos de urgência e escassez, como contagem regressiva ou limite de vaga e estoque.
  • Destacar! Use contraste e espaçamento para ressaltar o botão.

Com este conteúdo em mente, realize testes e avalie quais os CTAs que melhor funcionam para as páginas do seu empreendimento. Não existe uma receita mágica, portanto, permita haver inovação.

Além do CTA, diversos outros fatores são relevantes para a captação e conversão de leads em clientes.

Explore o blog da leadlovers para conhecer mais conteúdos como este.

 

Diego Carmona :

O nosso blog utiliza cookies para ajudar a melhorar a sua experiência de utilização. Ao utilizar o blog, confirma que aceita a sua utilização.