E-mail marketing: 3 dicas essenciais para uma sequência lucrativa

Hoje, o público-alvo de cada empresa e seu nicho de mercado pode ser alcançado por diversas plataformas digitais, seja nas redes sociais ou pelo e-mail marketing. O problema é encontrar soluções que façam os clientes a confiarem no produto.

Dicas para envio de e-mail marketing
E-mail marketing: 3 dicas essenciais para uma sequência lucrativa

Está cada vez mais recorrente valorizar a lista de e-mail. A causa é simples: no momento em que se utiliza uma rede social para disseminar vendas e conseguir consumidores, a empresa fica à mercê da plataforma utilizada.

A partir do momento em que ela torna isso ilegal (o que pode acontecer) ou fatura em cima disso, o lucro da empresa diminui, já que o montante final tem de ser dividido com a plataforma devido ao seu uso e acesso.

Por isso se uma empresa tiver acesso a assinaturas de e-mails, pode ser extremamente valioso se souberem chamar a atenção e persuadir o consumidor a confiar na marca e tornar-se um cliente fiel.

A própria utilização de e-mail é um mecanismo que possibilita a troca de informação rapidamente. É uma estratégia de marketing.

Importância do e-mail marketing

O e-mail marketing promove a consolidação da marca e do produto, alcançando seguidores reais que literalmente apoiarão a empresa.

A eficácia de utilizar apenas o e-mail marketing como ponte entre o consumidor e vendedor é maior. Por quê? O motivo é a personalização e o direcionamento.

Com o e-mail marketing é possível encaminhar o segmento para um público seleto, que é tratado com exclusividade, com mensagens e ofertas de acordo com as preferências e compras que eles realizaram em seu site ou loja.

O e-mail marketing prolonga as relações já existentes com os clientes assíduos, nutrindo as preferências de compras deles, além de impulsionar as vendas, confiando nessa lista de contatos.

Confira dicas de e-mail marketing
Dicas essenciais de e-mail marketing

Dicas essenciais de e-mail marketing

Para que essa plataforma faça sucesso, angariando lucros para o nome da empresa e consequentemente status, é necessário que uma estratégia seja definida antes que seja enviado o e-mail. Pensar no público-alvo, no conteúdo e no que é esperado são algumas perguntas que terão de ser respondidas.

Procure ser consistente nas palavras e nas diferentes mídias de exposição, como propagandas, folhetos, e-mails. A landing page tem de ser pensada também para que o consumidor se sinta atraído para continuar a navegação.

  • Estrutura

Um dos itens mais difíceis de se tornarem padrão é o modo como se escreve e a precisão do assunto.

Pela rapidez com que as informações são trocadas atualmente, o cliente quer algo chamativo que o impulsione a clicar.

Então, primeiramente, procure não mesclar textos e imagens, já que hoje é comum o bloqueio desse tipo de mensagem.

Neste caso, o contato pode ficar desmotivado e desinteressado em clicar no botão ‘visualizar o e-mail com imagens’.

Venda o e-mail na linha de assunto. Esta é a primeira coisa que as pessoas veem, por isso é importante chamar atenção logo de início.

Faça-o curto e encontre um meio de destacá-lo em uma caixa de entrada lotada, oferecendo algo de valor e usando palavras de poder que incitam a curiosidade e a emoção.

Você precisa ter certeza de que seu e-mail é otimizado para dispositivos móveis. Desta forma, seus assinantes podem ler seu e-mail no caminho do trabalho ou durante o almoço.

O e-mail, além de denotar a importância desse consumidor, tem de deixar claro que é apenas um convite, dando a opção para sair da lista a qualquer momento.

Utilizando CTA no e-mail marketing
Utilize CTA no seu e-mail marketing
  • Call-to-action

A principal meta é o mecanismo de “call-to-action” isto é, convencer o leitor para o seu objetivo, que é vender, comprar ou divulgar novidades.

É interessante dividir essa lista de contatos conforme a preferência ou o nicho de cada consumidor. Assim, mensagens personalizadas e impactantes podem impulsionar os cliques e as vendas.

Saber escrever o e-mail marketing e utilizá-lo da melhor forma possível o torna uma ferramenta imprescindível para que os clientes sejam ativos em campanhas publicitárias, por exemplo, ou sejam os primeiros a serem notificados de promoções e descontos progressivos. Confiança e lealdade conquistadas.

Seus inscritos escolheram estar em sua lista de newsletter porque querem saber sobre seu negócio, produtos ou novidade. Convide-os para uma ação e saiba que a resposta é geralmente bastante positiva.

Aproveite e inclua botões das redes sociais. Ao permitir que seus assinantes compartilhem seu e-mail no Twitter e Facebook você pode capitalizar sobre novos negócios em potencial e inscrever novos assinantes.

  • Resultados

E por último, mas não menos importante, vamos abordar as medições de resultados. O fato do e-mail marketing ser mais ativo do que as redes sociais é a forma de controle para gerenciar os resultados obtidos com os envios de e-mails.

Assim, é possível saber a quantidade de cliques, quantas pessoas abriram e quais foram até a landing page da propaganda.

Análise os resultados dos envios de e-mail marketing
Análise os resultados dos envios de e-mail marketing

Monitorando esses aspectos pode-se mudar as estratégias de marketing para ampliar e melhorar os frutos da empresa no futuro.

Atentar-se para o que o cliente busca e personalizar as suas preferências com mensagens únicas, pode assim, alcançar mais consumidores, já que a marca mantém esse tipo de relacionamento, provocando o leitor a “falar bem” da empresa com amigos e familiares.

Maneiras de se comunicar há várias, mas poucas são eficientes. Outro motivo pelo qual o e-mail marketing é mais efetivo é a valorização do cliente, pois se sente importante e lembrado em diversas ocasiões.

As campanhas de e-mail marketing são elementos essenciais de qualquer estratégia. Eles se comunicam e criam relacionamentos com clientes potenciais, coletam dados importantes e ajudam a impulsionar o ROI de marketing.

Tão importante quanto essas campanhas são para os comerciantes, por outro lado muitos perdem o momento e continuam a ficar aquém do retorno da campanha.

Para criar, executar e manter eficazes campanhas de marketing por e-mail, você deve prestar muita atenção ao seu público-alvo, à mensagem e evitar a armadilha comum de simplesmente explodir mensagens autopromocionais.

Isso só leva os destinatários a clicarem muito mais no botão de exclusão do que abrir a mensagem.

Pois é, o e-mail marketing é uma ferramenta muito poderosa do inbound marketing, marketing de entrada, porque tem como objetivo atrair o público-alvo.

E você, o que acha do e-mail marketing?

Compartilhe o post:

Tags: , , , ,


0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Descubra o que é o leadlovers


Quero ficar atualizado sobre as melhores práticas e dicas do blog Automação de Vendas para melhorar o e-mail marketing. Se você não curtiu, basta cancelar. Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Siga-nos: