Entenda a importância das métricas na sua estratégia de marketing digital!

A importância das métricas para as empresas vai muito além de analisar simplificadamente os resultados que campanhas de marketing digital apresentam. Elas colaboram para que processos de benchmarking, por exemplo, sejam executados da forma mais precisa possível.

Entenda a importância das métricas na sua estratégia de marketing digital!
Entenda a importância das métricas na sua estratégia de marketing digital!

Detalhando isso tudo: somente por meio de métricas é que podemos comparar o desempenho das práticas de uma empresa diante de suas concorrentes, saber o que seus produtos e serviços acrescentam — ou não — ao cliente, quando são colocados ao lado dos demais pertencentes à mesma categoria.

Como consequência, esse tipo de análise contribui para o aperfeiçoamento, redução de erros e de custos e atualização da empresa sobre as práticas relevantes para o segmento. Portanto, sabendo disso, torna-se imprescindível o estabelecimento das métricas nas estratégias de marketing digital, não acha?

Confira nosso artigo e conheça algumas métricas que podem se encaixar perfeitamente nessas estratégias, garantindo que elas sejam otimizadas ou adaptadas para as tendências do mercado on-line.

Links patrocinados (Adwords): coletando dados relevantes

Para estabelecer, calcular e analisar algumas métricas — que apresentaremos a seguir —  é recomendável entender alguns valores com que trabalhamos ao investirmos em Adwords (links patrocinados, Ads, etc.), seja em sites de busca ou redes sociais. São eles:

  • CPC Médio (custo médio por clique) — Esses custos são exibidos nos relatórios, porém podem ser calculados dividindo o valor total de investimento pelo número de cliques;
  • CPM (custo por impressão).

A importância desses dados se dá por conta das análises que exigem valores. Ou seja, quando se precisa saber o quanto foi investido financeiramente para chegar a determinado resultado.

Exemplos de métricas

Vamos reforçar o conceito de estabelecer métricas apresentando alguns exemplos de métricas relevantes que devem ser adotadas para toda e qualquer empresa atuante no mercado digital. Confira abaixo.

Custo por Lead (CPL)

Essa métrica está diretamente ligada à qualidade do conteúdo do website da empresa, pois é dela que provém os cadastros de leads — informação necessária para que seus custos sejam calculados. Portanto, para obter leads com melhor relação entre custo e benefício, é preciso garantir que os visitantes se deparem com um ótimo conteúdo.

Um dos meios para compreender isso em números inicia-se pelo valor total aplicado em uma campanha no Adwords. Supondo que 500 reais seja o valor total de investimento e, com 600 cliques, 300 leads foram gerados —  resultando em 2 cliques por conversão.

Sendo (2 x Custo por Clique) a fórmula para solucionar o “problema”, constataríamos que o custo de cada lead seria de 1,66.

Mensure suas métricas
Analise suas métricas

Leads por Venda (LPV)

Se no CPL (Custo por Lead) é a qualidade do conteúdo que influencia nos resultados, nessa métrica a qualidade que deve ser analisada é a dos próprios leads. Isso porque a empresa precisa saber quantos leads foram necessários gerar para cada venda, possibilitando detectar algo que esteja “emperrando” o processo de conversão.

O lado curioso disso é que pode valorizar um conteúdo que apresentou um desempenho abaixo dos demais, já que o mesmo pode ter sido responsável por atrair um maior número de leads convertidos em clientes.

Em suma, se a média de leads por venda é de 4, simplesmente definimos LPV = 4.

Custo por Venda

A partir das métricas mencionadas anteriormente, é que se encontra o custo por cada venda realizada.

Trabalharemos com a seguinte fórmula: CPV = CPL x LPV. Ou seja, com base nos exemplos anteriores, calculemos: 1,66 x 4 = 6,64.

Por fim, cada venda implicaria em R$ 6,64. Esse dado pode ser muito interessante para avaliar se a precificação do produto ou solução estão dentro da realidade da empresa e, principalmente, se as campanhas de marketing digital estão sendo viáveis ou não para o negócio — neste caso, repensar as estratégias de inbound marketing seria a solução cabível.

Retorno de investimento (ROI)

Diretamente ao ponto: ROI é uma métrica importantíssima para analisar quão lucrativo tem sido o investimento em marketing digital, podendo até mesmo ser considerada a métrica mais importante em um contexto geral.

Baseando-se na fórmula: (retorno de investimento – investimento inicial) / investimento inicial.

Exemplo: se uma empresa aplicou R$ 10 mil em campanhas de marketing digital e vendeu R$ 35 mil por meio delas, teremos:

ROI = (35.000 – 10.000) / 10.000 = 2,5.

Isto é, o ROI equivale a 2,5 vezes o valor do investimento inicial, ou seja, um ROI de 250%!

Tráfego do site

Estar a par do tráfego do site é algo que costuma ser feito independentemente de qualquer pretensão, afinal, tudo o que se publica gera alguma expectativa e, para saber se serão correspondidas, verificamos o tráfego.

Para aplicar essa métrica, tenha em mente que o fator determinante não é o número “bruto” de visitantes, mas sim o número de visitantes únicos, ou seja, aqueles visitantes que retornam à página durante o período avaliado. Entende-se como visitante único aquele representado por um determinado dispositivo — o que pode não ser exatamente preciso, porém, é inegavelmente relevante.

shutterstock_380471779
Não deixe seu cliente insatisfeito

Taxa de Rejeição

A taxa de rejeição (bounce rate) é aquela que contabiliza, percentualmente, o número de usuários que abandonaram a sua página sem ao menos adquirir certa experiência, ou seja, que não navegaram pelo site por conta de algum motivo.

Esses dados não podem ser vistos como negativos, afinal, mesmo que se tratem de rejeição, são eles que permitirão a você fazer as devidas alterações na página (ou em seu critério de conteúdo, padrão de qualidade, entre outros).

Custo por Aquisição de Cliente (CAC)

Por fim, temos o CAC, também conhecido como Custo por Aquisição de Cliente, que é uma métrica que consiste em trazer um resultado mais abrangente, que engloba todos os investimentos feitos pela empresa com vista em marketing — o que exige um acompanhamento contínuo.

Ao longo de um mês, por exemplo, a empresa faz um levantamento de quantos clientes foram conquistados. Partindo desse número, levanta-se, também, todos os custos envolvidos ao longo desse período.

Então, considerando o número de novos clientes e dividindo-o pelos custos gerais para aquisição, chega-se ao custo por aquisição de cliente.

Diga-nos o que achou da importância das métricas no marketing digital! Sua opinião é muito importante para nós, afinal, estamos aqui para munir sua empresa com as informações mais pertinentes. Não deixe de comentar!

 

Compartilhe o post:


0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Descubra o que é o leadlovers


Quero ficar atualizado sobre as melhores práticas e dicas do blog Automação de Vendas para melhorar o e-mail marketing. Se você não curtiu, basta cancelar. Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Siga-nos: