Facebook Ads: Crie o seu primeiro anúncio

O Facebook se transformou em um verdadeiro gigante da comunicação no Brasil. Com mais de 75 milhões de usuários, o potencial de alcance da rede social é imenso, principalmente se você investir no canal de anúncios deles, o Facebook Ads. Muito mais diretos e próximos do público, os anúncios nas redes sociais abrem portas para o uso de diferentes mídias (imagem, texto, vídeos, links, apps, etc.) e podem gerar muito mais conversões com bem menos investimento que os meios de publicidade tradicionais. E, acredite, você não precisa ser nenhum expert em marketing digital para criar uma campanha de sucesso na plataforma de anúncios do Facebook, basta seguir as dicas a seguir.

Explore o Facebook Ads

Para começar, é necessário entrar na página de gerenciamento de anúncios e explorá-la. Se você nunca fez um anúncio antes, comece lendo o Guia de Anúncios oferecido pelo próprio Facebook. Nele, você saberá mais sobre os diferentes formatos de anúncios oferecidos pela rede, as formas de cobrança (CPM e CPC), pagamento das campanhas, etc.

Explore o Facebook Ads
Explore o Facebook Ads

Além disso, é importante dar uma olhada em alguns casos de sucesso de grandes e pequenas empresas para que você se inspire nas boas práticas delas. Pesquise também o que sua concorrência está fazendo nas redes sociais e qual a recepção do público.

Uma pesquisa de mercado identificando as falhas e acertos da concorrência pode ser um bom parâmetro para a sua marca, assim como um estudo mais aprofundado do seu público-alvo e do que ele espera da sua comunicação na rede. Os anúncios, assim como o conteúdo tradicional (chamado no Facebook de conteúdo orgânico ou posts orgânicos) precisam chamar a atenção das pessoas para funcionarem e trazerem conversões para o seu negócio.

Comece com anúncios simples

Depois que você estudou as possibilidades do Facebook Ads, é hora de planejar suas campanhas. Estabeleça os objetivos que você quer alcançar com os anúncios e reserve uma verba mensal para investir. No começo, não será necessário colocar muito dinheiro em suas campanhas. Ao contrário, é preferível começar com anúncios mais simples, para ir testando o que funciona melhor para o seu público-alvo.

Faça primeiro, então, um anúncio da página (para receber curtidas na fan page) ou de posts individuais (para incentivar curtidas, comentários e compartilhamentos). O valor investido em nele se enquadrará em uma dessas formas de pagamento:

  • Por impressão: por visualização do anúncio;
  • Por CPM: a cada mil impressões;
  • Por custo por ação: por ações específicas, como curtidas, cliques em sites, apps, etc.
shutterstock_125541191
Simplifique os seus anúncios

Para cada uma delas você pode limitar o valor mínimo e máximo, tanto por dia quanto pelo lifetime budget, ou seja, a duração completa da campanha. O valor mínimo para cada anúncio é de US$ 1, sem valor máximo preestabelecido. Comece com pouco e, se precisar, ajuste o valor ao longo da campanha, de acordo com os resultados entregues pelo próprio Facebook (não se preocupe, você terá acesso a uma série de números e gráficos sobre o andamento do anúncio).

Segmente seu público

Para impactar as pessoas certas no momento certo, a dica é segmentar o público dos seus anúncios. Vamos supor que você tem uma loja de chocolates no bairro da Savassi, em Belo Horizonte, por exemplo, e precisa criar uma campanha de dia dos namorados para aumentar suas vendas. Ao invés de patrocinar um post para todas as pessoas no Brasil inteiro, você pode focar nas pessoas de sua cidade e que estão com o status “em um relacionamento sério” no Facebook. Assim, você estará atraindo pessoas que de fato tem potencial para comprarem em sua loja durante a época de dia dos namorados.

A segmentação é tão ampla que inclui, dentre outros:

  • Gênero das pessoas;
  • Em que região vivem;
  • Que língua (s) fala (m);
  • Idade;
  • Estilo de vida (que tipo de páginas curte na rede social, como “música”, “filmes”, etc.);
  • Estado civil;
  • Nível educacional;
  • Área de estudos;
  • Onde trabalham.

Além desses dados, você consegue segmentar uma campanha para pessoas específicas (por meio de um mailing com endereços de e-mails, por exemplo), para quem visitou o site da sua empresa, para quem interagiu em um aplicativo ou jogo específico ou que já curtem sua página no Facebook. Ou seja, já deu pra perceber que as possibilidades são inúmeras, né? A dica então é analisar os nichos dentro do seu público-alvo e desenvolver conteúdo especificamente para eles.

Público segmentado
Público segmentado

Crie conteúdo relevante

Mesmo segmentando bem o público e definindo metas e estratégias para cada campanha, se a execução não for bem feita, você não atingirá os resultados esperados. Portanto, lembre-se também da necessidade de criar um conteúdo que seja relevante o suficiente para impactar seus clientes e potenciais clientes. Lembre-se da análise feita da comunicação da concorrência e procure se destacar.

Frases de impacto, fotos dos bastidores da sua empresa, depoimentos reais de outros clientes; tudo vale na hora de engajar as pessoas e trazê-las para perto da marca. O importante é alinhar essa comunicação à visão, missão e valores da sua empresa.

Um ponto importante também é que todo anúncio de imagem no Facebook só pode ter até 20% de texto na imagem. Ou seja, nem adianta tentar patrocinar um post com mais de 20% de texto na imagem que ele não será aprovado. Afinal, as pessoas querem conteúdo, e não textão.

Os vídeos, por exemplo, são a grande tendência no Facebook justamente por serem mais facilmente digeridos pelo público, com informações rápidas, que podem ser ouvidas ou assistidas. Lembrando que é essencial inserir legendas nos vídeos nas redes sociais para que eles possam ser consumidos mesmo sem o áudio.

Na dúvida, consulte sempre os termos de uso do Facebook. Eles ajudam não só a criar anúncios melhores como também a não escorregar em nenhuma conduta na fan page. Se precisar de ajuda, também vale a pena procurar consultoria ou prestação de serviços de agências de comunicação. Hoje em dia existem uma série de empresas especializadas nisso e que podem te auxiliar a aproveitar ao máximo o potencial do Facebook para a sua marca.

E você? Já fez anúncios no Facebook? Conta para a gente sua experiência nos comentários. Vamos adorar conhecer a história da sua empresa!

Compartilhe o post:


Saiba Como Automatizar Suas Vendas!

Aprenda a automatizar suas vendas e foque no que realmente importa.


Quero ficar atualizado sobre as melhores práticas e dicas do blog Automação de Vendas para melhorar o e-mail marketing. Se você não curtiu, basta cancelar. Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Siga-nos: