Cinco filmes de Marketing que você precisa assistir

Ser criativo é um dos pilares necessários no currículo de um profissional de publicidade ou do marketing, ter boas ideias está sempre atrelado ao fato de ser inovador ou utilizar os recursos existentes de forma única e disruptiva.

No universo da comunicação é comum buscar novos olhares e inspiração nas mais diversas artes. 

Publicitários, jornalistas e, até mesmo, os profissionais de marketing, se apropriam de linguagens de outras áreas para criar falas e mensagens inspiradoras.

Se o ditado diz que a vida imita a arte, quando falamos de comunicação pode-se dizer que as duas andam juntas e se abraçam quando necessário.

Afinal, tudo nesse mundo é referência, e o profissional que as não possui acaba restrito e pode não ficar ultrapassado quanto aos seus concorrentes de mercado ou até mesmo perder oportunidades profissionais para sua carreira.

Para que você continue antenado, se divirta e ainda tire muitos aprendizados, separamos cinco filmes com conteúdos de marketing para você assistir, seja sozinho ou em companhia.

Assistir a um filme pode ser transformador, lhe mostrar uma visão ainda desconhecida ou, ainda, lhe trazer muita inspiração para transformar ficção em trabalho na vida real.

Confira os cinco filmes de Marketing que você precisa assistir

Pode trazer a pipoca que os filmes já vão começar!

1 – The Social Network (A Rede Social)

Este é um clássico que todo estudante de comunicação dos anos 2010 assistiu em algum momento da sua graduação.

O filme, que é baseado na obra de não ficção The Accidental Billionaires, de Ben Mezrich, mostra como o então estudante de Harvard, Mark Zuckerberg, junto de outros personagens, deram origem a rede social que revolucionou o mercado de marketing e vem criando até hoje novos adeptos.

Você provavelmente já se pegou imaginando em criar um aplicativo ou rede social para vender por milhões mais tarde, não é mesmo?!

 No filme é possível ver um pouco das ideias e insights que levaram Mark e seus companheiros a fama e riqueza.

Vale a pena descobrir a maneira como tudo começou!

2 – The Joneses (Amor Por Contrato)

Qual a responsabilidade que comunicadores e profissionais de marketing têm sobre a influência que causam em seu público?

Essa é uma das questões que podem ser levantadas pela comédia Amor Por Contrato, que retrata uma típica família perfeita, mas eles têm um único problema: a família não é real. 

Cada integrante não passa de um ator contratado por uma empresa para influenciar os vizinhos, causar desejo por seus bens e, por fim, vender muitos produtos iguais aos que possuem.

O filme é um exemplo de marketing de influência e pode ser muito útil na hora dos estudos teóricos.

3 – Moneyball (O homem que mudou o jogo)

Billy Beane, interpretado por Brad Pitt, tem um desafio: fazer um time ruim, o qual acabou de assumir como treinador, se transformar em um time de beisebol vencedor.

Sem dinheiro para fazer grandes contratações, o treinador é obrigado a tentar uma nova estratégia: contratar um especialista em estatísticas.

Assim, Beane investe o dinheiro do time em jogadores que mostravam um possível sucesso especificamente para o time. Além disso, ele reunia e analisava cada dado minuciosamente sobre os adversários.

Com essa estratégia, até então revolucionária para a época, o time consegue 20 vitórias no campeonato.

O filme consegue dar exemplos de como passar por mudanças na gestão de uma empresa, além de encorajar lideres a tomarem decisões e olhar para praticas que são simples e podem dar certo.

 4 – Jobs

Assim como o filme A Rede Social, este tem quase que um caráter obrigatório no currículo dos profissionais de marketing.

Todos sabem quem foi Steve Jobs, mas quem era o homem por trás da grande invenção dos Ipods?

Toda ideia precisa ser elaborada para ser vendida, certo? 

O filme mostra que o grande gênio não era o homem técnico por trás das criações, mas sim a pessoa inteligente capaz de transformar as ideias malucas em oportunidades comerciais.

5 – The Circle (O Circulo)

Uma empresa é responsável por reunir os dados dos clientes e relacioná-los com as informações do serviço de e-mail, as compras realizadas e alguns dados de suas vidas pessoais.

Parece familiar para você? O filme aborda dilemas morais em relação a privacidade do usuário.

Para nós, fica o questionamento do futuro da profissão e até onde devemos ir enquanto profissionais de marketing.

Agora é com você, pega a pipoca e se joga nessa maratona de filmes incríveis!

Compartilhe o post:

Tags: ,


0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Siga-nos: