O que são gatilhos mentais e como incluir na sua estratégia

Nos dias de hoje, ter gatilhos mentais pode ser o que faltava para a sua empresa alcançar novos patamares, conquistar mais leads e fidelizar mais clientes!

Afinal de contas, o nível de rigidez para tomar decisões de compras aumentou de maneira espontânea.

Por exemplo: a maioria dos clientes, antes de comprarem determinados produtos, como móveis, ou serviços, como divisórias para escritório, entre outros, analisam a empresa, a qualidade, o tempo de entrega, o atendimento, entre outros.

Ou seja, para os negócios, estar bem revestido com todos os fatores que impulsionam um potencial cliente a realizar uma compra é fundamental.

E um desses fatores são os gatilhos mentais, que por sua vez, despertam o desejo de necessidade e influenciam as pessoas a verem os benefícios que o produto ou o serviço oferecem.

Eles se tratam de uma estratégia de marketing que fazem toda a diferença no momento de compra.

Neste post, você verá tudo sobre os gatilhos mentais e como é possível incluir esse método em seu negócio! Vamos lá?

Entenda como usar gatilhos mentais

O que são gatilhos mentais?

De forma geral, os gatilhos mentais são técnicas que envolvem a estimulação do cérebro para fazer com que um comprador seja impulsionado a comprar um produto ou serviço.

De outra forma, muita das vezes o nosso cérebro prefere evitar o esgotamento de pensar em cada decisão do dia a dia e, algumas vezes, se deixa levar por impulsos automáticos.

Algumas ações são tão automáticas, como escovar os dentes ou comer, que não é necessário ter algum tipo de esforço mental para fazer.

E os gatilhos mentais focam exatamente nestes impulsos automáticos das pessoas, facilitando e contribuindo para as suas decisões.

Mas não se engane: os gatilhos mentais não são utilizados para obrigar leads a comprarem um determinado produto ou serviço, sem que os mesmos necessitam disto. Mas sim, eles são utilizados para que o comprador tenha uma visão mais clara dos seus benefícios.

Por exemplo: você já pensou em comprar 50 lotes de sacola tnt? Se isso não é de sua necessidade, nem os gatilhos mentais podem impulsioná-lo a realizar a compra.

Como incluir os gatilhos mentais em suas estratégias?

Para incluir os melhores gatilhos mentais em suas estratégia, é preciso focar no seu público e entender as necessidades e desejos dos consumidores.

Após isso, você pode colocar em prática os gatilhos em seus conteúdos, em artigos de redes sociais, em metas descriptions, anúncios pagos, ou em outros lugares que achar interessante para influenciar os leads. Veja abaixo alguns exemplos de gatilhos mais utilizados pelas empresas:

  • Gatilho de urgência: A ideia é fazer com que os leads pensem “eu preciso comprar esse produto ou serviço antes que acabe”.
  • Gatilho de autoridade: Se você vende produtos como câmaras frias, por meio da produção de conteúdos relevantes, é possível criar um ambiente de autoridade e ganhar visibilidade por parte do seu público.
  • Gatilho de reciprocidade: Nessa situação, o relacionamento recíproco e carismático é o que irá ser o fator-chave e fazer com que os leads comprem com sua empresa.
  • Gatilho da novidade/inovação: Por fim, qualquer inovação que seja desconhecida pelas pessoas pode provocar mais atenção e fazer com que elas se interessem pela sua empresa!

Agora que você já conhece tudo sobre os gatilhos mentais, você se identificou com algum deles?

O que está esperando para incluí-los em suas estratégias? Conta pra gente!

Esse artigo foi escrito por Rafaela Ricardo, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.

Soluções Industriais  é a maior plataforma b2b industrial para compradores do Brasil. O portal SOLUÇÕES INDUSTRIAIS tem por objetivo facilitar o contato entre as indústrias e os seus clientes em potencial, além de mantê-los atualizados com as inovações e as últimas notícias sobre o mercado industrial.


Compartilhe o post:

Tags: