Geração de leads: como gerar leads com o YouTube?

Aqui no blog, já falamos sobre a geração de leads com e-mail marketing, formulários, e redes sociais. Hoje, o foco será em uma das mídias sociais mais populares do mundo: o YouTube.

Geração de leads pelo Youtube
Geração de leads: como gerar leads com o YouTube?

O uso do vídeo como ferramenta de atração e captação de leads não é novidade e se tornará ainda mais intenso nos próximos anos. Para você ter uma ideia, o YouTube, atualmente, já possui mais de 1 bilhão de usuários e é o segundo site mais acessado do Brasil, segundo a Alexa. No futuro, mais precisamente em 2020, os vídeos serão consumidos por 82% do tráfego da internet, de acordo com a Cisco.

Como a perspectiva parece ser favorável, selecionamos 10 dicas certeiras que ajudarão você a gerar mais leads pelo YouTube. Acompanhe!

1. Comece pelo básico: ter um canal, uma oferta e uma landing page

Para pensar em geração de leads com o YouTube, é preciso ter um canal nessa rede social e um formulário para cadastros em seu site. Não adianta produzir bons vídeos sem uma forma de conseguir os contatos dos consumidores interessados em aprofundar o relacionamento com você.

Nessas horas, é bom produzir uma oferta de material rico que desperte o interesse dos espectadores, como e-books, pesquisas de mercado, webinars e cursos rápidos. Além disso, não se esqueça de criar uma landing page, pois elas serão necessárias para os visitantes preencherem seus dados e, com isso, obterem acesso ao conteúdo.

Use temas que interesssam o seu público para geração de leads
Pesquise por temas de interesse do seu público

2. Pesquise por temas de interesse do seu público

O segundo passo, ainda no planejamento, é procurar por assuntos ligados aos interesses da sua audiência. Se você tem uma persona para o seu negócio, esse processo pode ser mais simplificado. Afinal de contas, com informações mais detalhadas sobre o seu público, você pode descobrir seus problemas e objetivos.

Esses dois pontos facilitam a proposição de temas, já que a ideia é abordar conteúdos que falem das dores das personas. Assim, poderá chamar a atenção do público e gerar identificação.

Você também pode reaproveitar posts do seu blog para transformá-los em vídeo ou pesquisar pelos assuntos mais procurados no Google Trends.

3. Prepare sempre um roteiro

Um roteiro é sempre bom para ajudar na memorização e na fluidez das suas falas. Ele também é importante para delimitar o tamanho do seu vídeo — para isso, basta ensaiar falando seu texto e cronometrar o tempo da gravação.

Para facilitar sua vida e melhorar o texto, crie uma lista com tópicos e frases curtas e peça para colegas de trabalho lerem também. Eles podem descobrir algum erro de português que passou despercebido por você e trazer novas ideias para o vídeo.

Equipamentos para geração de leads
Consiga equipamentos de qualidade para as gravações

4. Consiga equipamentos de qualidade para as gravações

Antes de começar a gravar, junte os equipamentos necessários para produzir um vídeo de qualidade.

As câmeras podem ser de um smartphone mesmo, já que muitos modelos já filmam em HD; os tripés podem ajudar a manter a estabilidade nas imagens; os microfones mais indicados são os de lapela, pois captam menos ruídos externos; itens de iluminação podem ser necessários caso o ambiente de gravação projete luzes ou sombras excessivas; e, por fim, baixe um bom software de edição de vídeos (o Sony Vegas e o Adobe Premiere Pro são ótimos).

5. Incentive o público a se engajar com seu vídeo

Se você costuma ver vídeos no YouTube, já deve ter percebido algum apresentador (YouTuber) pedindo para o público dar um “like” (curtir), compartilhar, comentar e se inscrever no canal.

Tudo isso não é por acaso, pois a participação das pessoas é fundamental para gerar relevância para o vídeo. Para dar visibilidade, algoritmo do YouTube considera bastante o número de visualizações, curtidas, comentários, compartilhamentos e inscrições no canal.

Você não precisa necessariamente pedir a participação do público durante os vídeos, mas é bom em algumas ocasiões.

Quando o conteúdo transmitido é muito relevante e agrega um conhecimento valioso, é natural que as pessoas se engajem voluntariamente.

Limite de tempo para geração de leads
Limite o tempo do seu vídeo à profundidade do conteúdo

6. Limite o tempo do seu vídeo à profundidade do conteúdo

Muitos artigos e leituras sobre YouTube podem recomendar a produção de vídeos mais curtos, entre 2 e 3 minutos. De fato, edições menores fazem mais sucesso, mas isso depende bastante da profundidade do conteúdo.

Por exemplo, quando você vai dar dicas rápidas sobre uma determinada prática, como correr, pedalar ou identificar um problema no carro, os vídeos podem ter ali entre 1 e 4 minutos tranquilamente.

Agora, se for uma entrevista, um conceito que necessite de uma explicação mais detalhada ou uma demonstração de produto, é indicado que o vídeo seja mais longo. Pode durar 10, 20, 30 minutos. O importante é fazer o público absorver bem a mensagem e não deixar alguma informação vaga.

7. Aponte um link para o seu site ou blog

Você se lembra que, lá na primeira dica, falamos da necessidade de ofertar um material rico em uma landing page? Então, essa é uma das formas que você terá de levar os espectadores dos seus vídeos a essa página.

Esse link pode vir tanto na descrição do vídeo quanto nas anotações. Esse último item é adicionado assim que você faz o upload do material, ou seja, sobe a gravação para o YouTube.

As anotações podem aparecer em meio ao vídeo com um pequeno texto de Call-to-Action (“clique aqui para baixar o e-book”, “acesso o curso aqui”, etc.) para indicar o que o público pode fazer após o clique. Além de indicar sua landing page, você pode criar anotações que levem para outros vídeos do YouTube e do seu próprio canal.

Quando fazer um apontamento para o seu site ou landing page com as anotações no YouTube, não se esqueça de comprovar que você é o dono do domínio. O Google tem uma página de suporte que mostra como você deve fazer isso.

Geração de leads através de vídeos
Cuide do SEO dos seus vídeos

8. Cuide do SEO dos seus vídeos

O SEO também é imprescindível na geração de leads com o YouTube. As técnicas para os vídeos são um pouco específicas e servem para destacar seus filmes para o público que pesquisa tanto no YouTube quanto nos buscadores. Algumas boas práticas de SEO para vídeos nessa rede social são:

  • Insira as palavras-chave no nome do arquivo, no título e nas tags do vídeo;
  • Escreva uma descrição que defina e sintetize bem o conteúdo do vídeo para que as pessoas e os motores de busca entendam do que se trata o filme;
  • Não passe de 150 caracteres escritos no primeiro parágrafo, que é o limite que aparecerá no Google, por exemplo. O resto do espaço pode ser preenchido com outras informações importantes;

9. Promova seus vídeos em outros canais

Ter um vídeo caprichado no conteúdo e na produção é pouco. Você precisa, assim como em outros materiais, promovê-lo em outros canais. Não hesite em mandar para sua lista de e-mails, em colocar em seu blog e em compartilhar nas suas redes sociais.

Nesse último grupo, em vez de colocar o vídeo na íntegra, faça um convite para os seguidores, já que algumas plataformas, como o Facebook, limitam o alcance o de propagação desse tipo de publicação.

Geração de leads resultados
Monitore seus resultados e melhore seus vídeos

10. Monitore seus resultados e melhore seus vídeos

Por meio do YouTube Analytics, você pode mensurar as métricas mais relevantes das suas campanhas de vídeo. Dependendo da sua análise, os dados dos relatórios podem gerar novas ideias para otimizar a produção dos vídeos e a geração de leads. Entre esses indicadores estão:

  • Visualizações;
  • Tempo assistido;
  • Likes;
  • Comentários;
  • Compartilhamentos;
  • Taxa de cliques nos links.

Ao longo do texto, você pôde ver como iniciar um trabalho de geração de leads pelo YouTube. Dentre as orientações mais e menos explícitas, se tivéssemos que ressaltar uma para você ter mais atenção, seria em relação à relevância do conteúdo.

Quanto mais ricos forem o conhecimento e as informações passadas, mais tempo o público passará assistindo os seus vídeos. Isso fará com que seu canal tenha mais visibilidade; sua imagem, mais credibilidade e, consequentemente, sua campanha, mais resultados.

E aí, você curtiu nossas dicas e quer mostrar para mais pessoas como ter uma boa geração de leads com o YouTube? Então compartilhe esse post em suas redes sociais.

banner-e-book-EmpreendedorPowered by Rock Convert

Compartilhe o post:

Tags: , , , ,

banner-e-book-EmpreendedorPowered by Rock Convert

2 Comentários

  1. Ricardo says:

    Interessante.

  2. Vania says:

    Interessante.

Deixe o seu comentário!


Descubra o que é o leadlovers


Quero ficar atualizado sobre as melhores práticas e dicas do blog Automação de Vendas para melhorar o e-mail marketing. Se você não curtiu, basta cancelar. Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Siga-nos: