O que é Marketing 4.0? O que mudou em relação ao 3.0? Entenda

Você sabe o que é Maketing 4.0? Pode até não saber, mas com certeza sente seus efeitos. Por exemplo, pense nas últimas compras que realizou nos últimos meses.

Certamente, a internet estava presente em várias delas, senão todas.

Provavelmente, você fez alguma compra em e-commerce, pesquisou informações no Google e comprou depois no shopping, curtiu uma página no Facebook que influenciou sua escolha no supermercado, ou leu uma avaliação na internet que ajudou a decidir por algum produto ou serviço.

O que é Marketing 4.0? O que mudou em relação ao 3.0? Compreenda tudo aqui
O que é Marketing 4.0? O que mudou em relação ao 3.0? Compreenda tudo aqui

Lembrou? Percebeu como o digital está influenciando nossas decisões de consumo?

E as empresas, como elas estão se preparando para lidar com os consumidores sempre conectados, bem informados e cada vez mais exigentes?

Como você pode se preparar para usar os conceitos do Marketing 4.0 no seu negócio para aumentar seus resultados? Se ainda não sabe como responder essas perguntas, leia o artigo, pois, é justamente sobre isso que falaremos.

Do Marketing 3.0 para o 4.0: o que mudou?

O que é Marketing 4.0? - Do Marketing 3.0 para o 4.0: o que mudou?
Do Marketing 3.0 para o 4.0: o que mudou?

O Marketing 3.0 foi uma evolução recente que ocorreu por conta do avanço tecnológico e popularização da internet. Sua principal característica foi a mudança de foco, tornando o consumidor o centro das atenções em uma  abordagem mais humanizada por parte das marcas.

Esse movimento contrastou, significativamente, com os conceitos utilizados  pelo marketing das décadas anteriores.

No Marketing 1.0, nascido com a Revolução Industrial, época da produção em massa e a padronização, o foco estava no produto. Toda a comunicação voltava-se para as características dos produtos e o porque os consumidores deveriam comprá-los.

Não existia preocupação com as necessidades ou desejos das pessoas. Também não existia concorrência, o que contribuía para que as empresas não investissem em diferenciação de marcas.

O segundo movimento, chamado Marketing 2.0, surgiu com a Era da Informação, com a popularização do rádio e televisão. Nessa época, os consumidores começaram a comparar preços e características dos produtos.  

Portanto, obter a preferência do consumidor era o objetivo. Nascia a concorrência, com as empresas competindo entre si e buscando diferenciar seus produtos.

Começaram a ser aplicados os famosos 4 P’s do Marketing: Preço, Praça, Produto e Promoção.

Somente na virada para o século XXI, chegamos ao Marketing 3.0.

As empresas tiveram que se adaptar a um novo consumidor, que pesquisa por soluções no Google, quer se conectar emocionalmente e interagir com as marcas.

Ele também apóia movimentos que contribuam para a melhoria da qualidade de vida, economizando recursos naturais e preservando o meio ambiente. Sustentabilidade, colaboração e soluções criativas passaram a fazer parte do dia a dia desse consumidor.

E as empresas estão buscando adaptar sua comunicação, produtos e serviços para contemplar esses anseios e expectativas.

Para alcançar esse objetivo, elas devem concentrar suas ações para posicionar seu produto na mente dos consumidores, de maneira única. Antes de vender, é necessário conquistar uma conexão emocional, mostrando às pessoas por que elas precisam de determinado produto ou serviço e como isso pode mudar suas vidas.

O Marketing 3.0 valoriza os relacionamentos, tanto da marca com o consumidor, quanto entre os próprios consumidores. As opiniões e reclamações das pessoas passaram a ter um valor nunca visto, onde depoimentos sobre bom ou mau atendimento são usados para decidir. 

As 3 mudanças que fizeram surgir o Marketing 4.0

Agora caminhamos para o marketing 4.0, onde a inserção de novas tecnologias e a utilização da internet no dia a dia estão moldando nossos comportamentos e afetando todos os setores da sociedade.

Essa nova fase mostra um aprofundamento das características do Marketing 3.0, tornando-se ainda mais centrado no cliente.

Nesse cenário, existem três mudanças importantes que marcam a migração para o Marketing 4.0:

1 – Google

O que é Marketing 4.0? - Google
Google

O Google se tornou a referência em mecanismo de buscas pela internet,  revolucionando a maneira como as pessoas procuram por informações, produtos e serviços.

Colocar um link para o site da empresa na primeira página de uma busca realizada pelo seu cliente pode ser a diferença entre ele comprar o seu produto ou ir para a concorrência.

No entanto, para conquistar esse posicionamento, a empresa deve entender, profundamente, o que os clientes buscam na internet, suas dores, problemas e dúvidas.

E, baseado nessas informações, investir em um site ou blog responsivo, com conteúdo de qualidade relacionado aos anseios das pessoas.

É esse trabalho que vai fazer com que a sua empresa se destaque dos concorrentes e consiga atrair mais atenção para os seus produtos e serviços.

2 – Redes Sociais

O que é Marketing 4.0? - Redes Sociais
Redes Sociais

Está cada vez mais difícil capturar a atenção das pessoas e mantê-la o tempo suficiente para convencê-la sobre algo. Conseguir estabelecer um diálogo e fidelizar a atenção das novas gerações é cada vez mais desafiador para as marcas e empresas. E esse desafio parece só aumentar a cada ano.

Televisão, rádio e TV a cabo já não atingem boa parte do público jovem e as marcas estão tendo de aprender rapidamente a construir novas formas de construir confiança em novos canais de comunicação.

Nesse cenário, as redes sociais se tornaram os novos canais de comunicação em massa, com viralizações de vídeos e surgimento dos influenciadores digitais, personalidades que influenciam comportamentos e impulsionam marcas, produtos e serviços.

Por estes motivos, todas as informações sobre o seu negócio devem estar claras, atualizadas em tempo real e objetivas, atraindo um consumidor que está sempre se distraindo com algo novo.

3 – Negócios Digitais

O que é Marketing 4.0? - Negócios Digitais
Negócios Digitais

A internet também possibilitou uma revolução no mercado de prestação de serviços, impulsionando o surgimento de aplicativos e empresas que oferecem desde hospedagem em casas de família, passando por caronas compartilhadas, até pesquisas em tempo real para qualquer coisa que você necessite.

É a era da prestação de serviços inovadores, compartilhados e colaborativos, criados por startups que estão revolucionando segmentos tradicionais de mercado. Amazon, Netflix, Uber, AirBNB e Spotify são alguns dos exemplos mais comuns.

Entenda o que é o Marketing 4.0

Entenda o que é o Marketing 4.0
Entenda o que é o Marketing 4.0

Assim como no Marketing 3.0, Philip Kotler também publicou um livro definindo este novo ciclo: Marketing 4.0: do Tradicional ao Digital. Escrito em parceria com Hermawan Kartajaya e Iwan Setiawan, o livro mostra como o Marketing 4.0 é consequência da revolução digital.

Segundo ele, as empresas continuarão a fazer marketing tradicional, centrado na TV e na mídia impressa, mas o marketing digital, representado pelas mídias sociais, mobile e internet, aumentará cada vez mais.

Para se manter no mercado, as empresas precisarão saber como misturar e conectar seu marketing tradicional com o marketing digital. E vencer o desafio de envolver um público cada vez mais sem tempo e impactado por inúmeros estímulos.

Esse comportamento dos consumidores os coloca em uma posição de advogados das marcas, tanto relatando experiências de hospedagem pelo Airbnb, quanto buscando referências digitais para escolher onde jantar numa cidade em que se está viajando.

O tradicional e o digital estão conectados.

Como aplicar o Marketing 4.0 no meu negócio?

Vamos ver como você pode aplicar os conceitos e ideias do Marketing 4.0 nos seus negócios, de modo a ganhar a atenção dos seus seguidores, transformando-os em clientes.

1 – Experiência multicanal

O que é Marketing 4.0? - Experiência multicanal
Experiência multicanal

As pessoas mantém perfis digitais em diferentes plataformas e buscam por soluções em todas elas. Por isso, sua empresa deve construir sua presença em diversos canais, contemplando tanto o tradicional quando o digital.

Os seus clientes devem conseguir encontrar seus produtos ou serviços de forma rápida e fácil, com conteúdos interessantes e explicativos. É a experiência multicanal ou omnichannel.

No entanto, esse movimento não deve ser aleatório, ou seja, não será produtivo construir presença online em todas as plataformas digitais. Descubra aquelas que o seu público prefere e invista nelas. Assim, você economiza tempo, energia e dinheiro.

Outro aspecto importante é a adequação da postura e do conteúdo da empresa às características de cada plataforma, tornando a comunicação mais eficiente e a experiência do cliente mais interessante.

2 – Encante as pessoas entregando sempre mais

O que é Marketing 4.0? - Encante as pessoas entregando sempre mais
Encante as pessoas entregando sempre mais

Investimento em um marketing 360 graus voltado para a experiência do usuário, onde todas as ferramentas disponíveis se integram para criar uma lembrança marcante para o consumidor através da experiência vivenciada, tornando o consumidor muito mais do que um cliente, mas um defensor da marca.

Para criar esse momento único é preciso ir além de um bom atendimento, um bom serviço ou produto, é preciso superar as expectativas e realmente envolver o consumidor em uma experiência superior que agregue significado para ele.

3 – Monitoramento de desempenho e resultados

O que é Marketing 4.0? - Monitoramento de desempenho e resultados
Monitoramento de desempenho e resultados

O comportamento digital dos consumidores permite que as empresas monitorem suas ações nas plataformas das redes sociais, coletando dados que podem ser usados para corrigir ou expandir as estratégias de marketing.

O Marketing 4.0 trouxe a necessidade das empresas acompanharem de perto os resultados das suas campanhas na internet, por meio de métricas que possam informar a eficiência dessas ações.

Termos como taxas de conversão, ROI (retorno do investimento), entre outros, devem ser aplicados aos meios digitais, gerando relatórios que você possa analisar em tempo real para obter resultados ainda melhores.

4 – Trabalhe com Personas

O que é Marketing 4.0? - Trabalhe com Personas
Trabalhe com Personas

O Marketing 4.0 trouxe a necessidade das empresas trabalharem como conceito de personas, um personagem fictício que contém as principais características socio demográficas e comportamentais das pessoas que você deseja atingir.

Essas informações serão usadas para criar uma comunicação mais eficiente, bem como direcionar a criação de conteúdos e campanhas de anúncios, aumentando as chances da sua empresa se conectar emocionalmente com as pessoas.

No entanto, para que isso ocorra, será necessário dominar ferramentas de  segmentação do público, presentes em plataformas como o Google e Facebook, por exemplo.

5 – Use a nova tecnologia

O que é Marketing 4.0? - Use a nova tecnologia
Use a nova tecnologia

Incorporar o uso de novas tecnologias será essencial para aplicar o Marketing 4.0 na sua empresa.

O Big Data é um exemplo. Atualmente, existem grandes volumes de dados sobre como as pessoas agem e se comportam na internet. Esses dados podem ser coletados  e analisados para identificar padrões de comportamento de potenciais clientes, da concorrência e do mercado.

Como resultado, você conseguirá implementar novas estratégias de comunicação, construção de conteúdo e venda, que sejam mais eficientes, aumentando seus resultados.

Existem diversas ferramentas que podem realizar estas análises, algumas bem conhecidas dos empreendedores, como o Google Analytics e o Facebook Insights.

6 – Faça Marketing de Conteúdo

O que é Marketing 4.0? - Faça Marketing de Conteúdo
Faça Marketing de Conteúdo

O Marketing de Conteúdo tem como estratégia principal a produção e compartilhamento de conteúdo de qualidade, que agregue valor às pessoas, despertando a atenção e o desejo a ponto de transformá-las em clientes.

No entanto, para que ele seja preciso, você precisa entender as dores e necessidades da sua persona para, em seguida, estabelecer sua comunicação, oferecendo uma solução para os seus anseios e desejos.

Os conteúdos devem ser produzidos de forma consistente, abrangendo todas as etapas do funil de vendas, incluindo peças de ajuda gratuita que solucionem parte do problema vivido pela sua persona.

Assim, as pessoas saberão que podem contar com você para ajudá-los em determinados assuntos, confiando nas suas informações e usando-as para basear as suas escolhas.

Através da consistência na produção desse conteúdo, você construirá, gradativamente, uma imagem de autoridade no seu segmento, criando uma  audiência e conversando com ela.

Aos poucos, um relacionamento será desenvolvido e a confiança entre vocês, estabelecida. Nesse ponto, eles estarão prontos para adquirir seus produtos e serviços.

Empresas que já utilizam Marketing 4.0

Existem diversas empresas que já se adaptaram ao Marketing 4.0, utilizando-o nos seus negócios. Veja alguns exemplos para você se inspirar:

Walmart

O que é Marketing 4.0? - Walmart
Walmart

A Walmart oferece funcionalidades no seu app mobile dentro da lógica omnichannel. O cliente pode fazer a lista online e só retirar na loja, ou o aplicativo pode mostrar onde encontrar o produto desejado nas prateleiras.

Tudo bem integrado!

Amazon

O que é Marketing 4.0? - Amazon
Amazon

A Amazon inaugurou o seu “supermercado do futuro”, o Amazon Go, onde não existem atendentes, nem a necessidade de passar as compras no caixa.

Os clientes podem retirar o produto da prateleira e o aplicativo da Amazon adiciona à lista de compras, automaticamente. Para isso, foi instalado um sistema de (muitas) câmeras e QR Codes que sinaliza quando um produto é retirado da gôndola.

Na saída, o cliente passa por sensores e a conta é cobrada no cartão de crédito.

Tudo automático. Um exemplo de como a Internet das Coisas e a aprendizagem de máquina poderão revolucionar nossa maneira de fazer compras.

Starbucks

O que é Marketing 4.0? - Starbucks
Starbucks

A Starbucks é uma empresa que sabe usar muito bem os conceitos do Marketing 4.0 no quesito experiência dos clientes.

A empresa usa o espaço físico das suas lojas como uma extensão da personalidade da marca, fornecendo uma boa conexão wi-fi e ambientes confortáveis e decorados com a mesma paleta de cores.

O padrão é mantido em qualquer lugar do mundo, mesmo que alguns elementos possam variar, como tamanho e localização.

Além disso, o atendimento é diferenciado, incluindo colocar o nome do cliente, escrito à mão pelo atendendte, no copo do café.

Esses elementos, entre outros, fazem com que o cliente tenha praticamente a mesma experiência em qualquer uma das lojas da rede, identificando uma Starbucks mesmo sem ver o nome da marca estampado na porta

Ao oferecer uma experiência única, a marca conquista os clientes a ponto deles se tornarem divulgadores naturais da marca. Afinal, quem nunca viu um post nas redes sociais do copo de café com o nome da pessoa escrito à mão?

Agora, que você já conhece as características do Marketing 4.0, pense sobre a sua empresa.

Como você pode aplicar esses conceitos no seu negócio?

Compartilhe o post:

Tags: , , ,


0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Descubra o que é o leadlovers


Quero ficar atualizado sobre as melhores práticas e dicas do blog Automação de Vendas para melhorar o e-mail marketing. Se você não curtiu, basta cancelar. Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Siga-nos: