Podcast: descubra os segredos da nova febre

Você já deve ter ouvido falar de podcast, não é mesmo? Esse novo formato, que caiu rapidamente no gosto do público, está cada vez mais sendo explorado pelos criadores de conteúdo. 

E não é em vão: 2019 foi considerado o “ano do podcast” no Brasil, com crescimento de 67% de consumo no país no ano passado. 

Os dados foram divulgados pela plataforma Deezer, que analisou – além do crescimento próprio da empresa – números de serviços de streaming.

Isso quer dizer que ela acompanhou os resultados de serviços como Spotify, Apple iTunes e Google Podcasts. 

A experiência de ouvir um podcast já virou tendência: imagina se aprofundar nos seus temas preferidos e de maior interesse somente com o celular e fones no ouvido? 

Outra vantagem é que é possível baixar os episódios dos podcasts para ouvir off-line, no carro, durante o trajeto do ônibus, nos serviços domésticos, passeios, ou em casa.

O mais importante é aproveitar o tempo para obter conhecimento de forma rápida e dinâmica. 

Descubra os segredos do Podcast
Descubra os segredos do Podcast

A expectativa é de que esse crescimento continue em 2020, com investimentos das plataformas de streaming que já vem acontecendo. 

Então, o que você está esperando para começar a produzir e colocar sua empresa ou serviço ainda mais próximo do público? 

Mas, afinal, o que é um podcast? 

Vamos começar do princípio. Talvez você tenha percebido toda esta movimentação, mas ainda não entendeu exatamente do que o podcast se trata. 

Assim, para simplificar, o segredo é pensar nesta nova mídia como um programa de rádio para a internet. 

Os podcasts no Brasil são variados, costumam falar sobre entretenimento, esportes, política, para noticiar ou proporcionar muitas risadas. 

E claro, também para promover um tema, marca, ou empresa, e é aqui que você entra. 

Eles vão desde monólogos até mesas redondas com debate de entrevistados, não existe segmentação de assunto: você pode falar sobre o que quiser.

Somente com o artifício da voz, da trilha sonora e da sonoplastia, a diferença para os antigos programas de rádio é que o podcast é atemporal. 

Ou seja, é preciso lembrar que ele poderá ser ouvido no dia da publicação ou até mesmo anos depois. 

Quem está consumindo no Brasil 

Conforme dados de uma pesquisa de Ibope divulgada em maio de 2019, 40% dos usuários da internet já ouviram algum podcast. 

O número representa quase 50 milhões de brasileiros – levando em consideração que 120 milhões de pessoas tem acesso à internet no país. 

A maioria dos consumidores, 47%, são jovens de 16 a 24 anos. Homens e membros das classes A e B são os principais interessados em podcasts.

O podcast é a nova febre entre os jovens
O podcast é a nova febre entre os jovens

Segundo a pesquisa, quase 75% dos internautas ouvem os programas pelo celular, a maioria ano Youtube.

O curioso é que a plataforma de vídeos não é a mais “comum” ou indicada para o formato. Talvez o fato de não exigir assinatura colabore. 

Em seguida, vem o Spotify, Google Podcasts, Apple Podcasts, SoundCloud e Deezer. 

É preciso levar em consideração este perfil na hora de produzir o seu próprio podcast. 

A linguagem, o tema e a plataforma escolhida para abrigar o seu programa de áudio podem influenciar – e muito! – no desempenho da sua audiência e alcance. 

Como posso produzir um podcast? 

Se você está achando muito complicado, ou não sabe se vale a pena investir na produção de podcasts para a sua empresa, pode ficar calmo! 

Para começar, não é preciso tirar muito dinheiro do bolso, já que a mídia não necessita de cenário e grandes produções como no audiovisual, por exemplo. 

Mas é preciso profissionalismo para se destacar. Um bom roteiro, um tema relevante, entrevistados e locutores articulados são fundamentais.

Também é necessário um estúdio, esses aspectos fazem toda a diferença para os ouvintes. 

Por isso algumas empresas investem no aluguel de estúdios, enquanto outras contratam produtoras especializadas para fazer o trabalho. 

Há ainda a opção de investir em anúncios de programas já existentes, com patrocínios de podcasters que se alinham com a visão e valores da empresa.

Isso vai permitir que o público-alvo correto seja atingido, o que pode garantir um bom retorno para o seu negócio.  

Produzir podcast não é algo complicado
Produzir podcast não é algo complicado

Quais os benefícios para a sua empresa? 

Agora que você já entendeu como um podcast funciona, já dá para ter uma ideia dos benefícios corporativos da mídia. 

Além de aproximar sua marca do público, a voz é uma importante ferramenta de conexão com o ouvinte, que estará mais perto de se fidelizar à sua empresa. 

Outro benefício é a possibilidade de debater temas importantes para a marca e demonstrar o apoio às causas que a empresa valoriza de forma mais aprofundada.

O tempo de duração dos podcasts colabora para esses debates, já que os programas de áudio têm, em média, de 30 minutos a 1h30. 

Legal, não é? Que tal começar a produzir seu podcast agora? 

Compartilhe o post:

Tags: ,


0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Siga-nos: