Remarketing: pare de cometer erros nessa estratégia

Você provavelmente já deve saber que existem várias estratégias de marketing digital para atrair o seu público e alavancar o seu negócio, por exemplo, o remarketing.

Geralmente são usadas ações orgânicas e anúncios pagos para poder dar maior visibilidade para a marca.

A cada dia o remarketing ganha mais força, e mesmo assim, muitos empreendedores acabam deixando esta ferramenta de lado por falta de conhecimento ou entendimento da ferramenta.

Neste artigo vamos mostrar o que é o remarketing, e como, a leadlovers usa essa estratégia para melhorar as conversões de seu negócio.

Entenda como funciona o remarketing

O que é Remarketing?

Consiste em uma estratégia de marketing digital onde você vai fazer o marketing do seu produto para a mesma pessoa que já teve interesse nele.

Esta estratégia usa anúncios do Google Ads e e-mail marketing para alcançar as pessoas, incentivando-as a tomarem algumas ações, com a meta de aumentar as conversões.

Assim, o remarketing pode ser usado em situações como um e-mail para lembrar que existem itens esquecidos no carrinho ou avisar de alguma promoção no seu site que possa ser do interesse da pessoa em questão.

Diferenciais do remarketing

Essa ferramenta pode auxiliar, e muito, a alavancar suas vendas, porque a maioria das pessoas que visita seu site pela primeira vez, não vai comprar o seu produto.

Como ele já conhece sua marca, e acessou seu site, fica mais fácil de segmentar a sua campanha, o que é uma das vantagens do remarketing.

Isto ajuda a lembrar o consumidor sobre aquele produto ou serviço que ele pesquisou e se interessou em algum momento.

Através de mensagens personalizadas direcionadas, seus clientes terão um contato mais próximo com a sua marca, ajudando a convencê-lo de fechar o negócio.

Outra vantagem é que o remarketing fortalece a sua marca, aumentando a visibilidade da mesma, além de melhorar o relacionamento com os clientes.

Porém, uma das grandes dificuldades ao investir em campanhas de remarketing é como medir o retorno de seu investimento.

Quase não há como saber o verdadeiro impacto de uma campanha caso o usuário não clique nela, e você pode até gerar uma conversão diretamente no seu site sem que o consumidor clique no anúncio.

Fazendo da maneira correta, com uma frequência acertada e no contexto do seu público, não há dúvidas de que o resultado será positivo, principalmente para marcar o nome da sua empresa na cabeça dos usuários.

Aprenda a aplicar o remarketing

Como aplicar essa estratégia?

Antes de você começar qualquer campanha de remarketing, é necessário ter em mente que há vários estágios que o consumidor passa até decidir comprar seu produto.

Inicialmente, o usuário faz uma pesquisa sobre algum assunto mesmo não tendo uma intenção de compra.

Depois disso ele passa a considerar a possibilidade de comprar algo, toma a ação de compra e, finalmente, se fideliza a marca quando está disposto a fazer compras futuras.

Portanto, você precisa entender esse caminho para poder ajudá-lo a passar pelas fases até realizar a compra.

Após entender isso, é essencial planejar para facilitar o mapeamento dos leads, que estão em diferentes estágios no processo de compra. Por isso o remarketing também usa o sistema de listas.

Dessa forma, podem ser criados e-mails personalizados para aqueles que apenas pesquisaram um produto, ou que inseriram algum item no carrinho e esqueceu, ou mesmo concluiu a compra.

Invista em recursos gráficos

Os anúncios que possuem um visual mais agradável conseguem se destacar mais e ganham mais notoriedade junto aos consumidores.

Isto vale não apenas para o e-mail marketing, mas também para os anúncios pagos no Google Ads ou Facebook Ads.

Uma das formas de fazer remarketing no Google Ads é na Rede de Display, que consiste em um grupo de sites parceiros que disponibilizam espaços para mídia dentro de suas plataformas.

Você pode criar banners para atingir os consumidores que estão na sua lista de remarketing. O diferencial é que estes banners podem ser criados com tamanhos e imagens diferentes.

A outra forma é a Rede de Pesquisa onde é você cria anúncios com texto limitado e no formato padrão.

Essa rede inclui a página de pesquisas do Google em si, além do Google Imagens, Google Maps e Google Shopping.

O diferencial dessa forma é que você consegue atingir o usuário que está pesquisando de novo sobre qualquer assunto, o que aumenta as suas chances de conversão.

Remarketing de Conteúdo

O remarketing tem o objetivo de alavancar as taxas de conversão de vendas de um produto ou serviço, e você também pode usar esta estratégia na criação de seu conteúdo, caso este seja seu objetivo.

Você pode sempre mostrar o seu conteúdo novamente para as pessoas interessadas de modo que elas tomem a ação que você quer, por exemplo, assinar sua lista de e-mail.

Dessa forma, você alcança objetivos como aumentar o número de visitantes que voltam ao seu site e transformá-los em leads, aumentar o reconhecimento da sua marca e melhorar a eficiência de sua estratégia de SEO.

Há duas maneiras de usar o remarketing com foco no aumento do alcance de seu conteúdo.

Você pode segmentar a sua audiência, tendo como base as categorias de assuntos que são oferecidas em seu site, criando vários tipos de perfis para sua audiência.

A outra maneira é definir uma duração para a sua campanha de remarketing, que pode ser em torno de 60 dias, por exemplo.

O que você precisa estar atento é não cansar sua audiência com excesso de postagens, procurando variar os anúncios dentro do período estabelecido para a campanha.

Conclusão

Você viu que não há muito mistério para criar campanhas de remarketing, mas é preciso ter muito claro em sua mente que, na maioria dos casos, o cliente não vai realizar a compra no primeiro acesso.

Então, essa estratégia serve justamente para alcançar esses consumidores que realizaram uma pesquisa e se interessaram por seu produto ou serviço e, por algum motivo, não concretizaram a compra.

Você consegue dar uma segunda oportunidade para aquela pessoa de adquirir o seu produto, ajudando-a na jornada pelo funil de compras.

Para isso, você usa de ferramentas como e-mail marketing e anúncios pagos, criados de forma personalizada, criativa e atraente, para fisgar a atenção dos usuários.

Assim, sua empresa irá aumentar as taxas de conversão, aumentar a visibilidade da sua marca e conseguir uma maior proximidade com seus clientes.

Se você gostou de saber o que é o remarketing e como usá-lo em sua estratégia de marketing, compartilhe com seus contatos.

Compartilhe o post:

Tags: ,