Saiba como conseguir uma lista de e-mails

Desde que a internet se tornou popular, o e-mail tem sido o meio de comunicação mais utilizado no mundo online.

Saiba como conseguir uma lista de e-mails
Saiba como conseguir uma lista de e-mails

Até com o surgimento de diversos mensageiros e das redes sociais, ao contrário do que muita gente imaginou, o e-mail continua sendo um dos veículos preferidos dos internautas. E isso é ainda mais verdadeiro se considerarmos o mundo corporativo.

Portanto, no post de hoje vamos ver como conseguir lista de e-mails para manter uma base de dados de seus leads. Confira!

Por que construir uma lista de e-mails

Se está tocando um empreendimento online ou físico — seja qual for o tipo — você precisa manter contato com seus leads. E, como praticamente todo mundo possui um endereço eletrônico, construir uma lista de e-mails é um dos procedimentos mais baratos e eficazes para se criar esse relacionamento.

Além de ter uma alta taxa de conversão, o e-mail também ajuda a criar monetização contínua, pois você pode utilizar sua lista para lançar e ofertar múltiplos produtos durante anos.

E isso vale tanto para gigantes corporações virtuais, como a Amazon, quanto para pequenos e iniciantes empreendedores — inclusive para quem trabalha como afiliado.

Mesmo se ainda não estiver vendendo algum produto, é fundamental começar agora a construir sua lista de e-mails. Se você possui um blog, por exemplo, pode notificar seus contatos toda vez que publicar um novo conteúdo.

A seguir, vamos mostrar como conseguir lista de e-mails de forma eficaz.

Veja como conseguir uma lista de e-mails
Como conseguir lista de e-mails

Como conseguir lista de e-mails

Existem algumas estratégias para construir sua lista de forma orgânica e gratuita. Na maioria das vezes, você captura o e-mail do seu contato por meio de uma landing page.

O segredo aqui é saber como conduzir o contato para essa página de captura e convencê-lo a deixar seu e-mail, transformando-se em m um lead. Vejamos como fazê-lo:

1. Construindo uma lista por e-mail

No geral, esta estratégia funciona para quem já possui uma lista e deseja ampliá-la, ou quem quer criar uma nova.

Um ponto importante: você precisa criar um conteúdo interessante e valioso, pois de nada adianta criar uma lista e não mantê-la aquecida.

Do contrário, se os seus leads não se sentirem interessados pelo seu conteúdo, eles vão se descadastrar da sua lista. Ou, ainda pior, alguns podem marcar você como spam — o que é péssimo para o seu impulsionamento rumo ao sucesso.

Além do conteúdo, instigue seus contatos a compartilhar seus e-mails com os contatos deles. Para isso, você pode colocar no corpo da mensagem, por exemplo, um botão “Envie para um amigo”, por meio de um código html.

Outra opção bacana é colocar botões para as suas mídias sociais dentro do e-mail. Assim, seu contato poderá curtir sua página no Facebook assim que receber um e-mail, por exemplo.

Com isso, um amigo dele verá que ele curtiu sua página e poderá se interessar também. E, dentro dela, encontrará um botão para assinar sua lista. Então, o ciclo se repete.

Como conseguir lista de e-mails
Criando conteúdo para capturar e-mails

2. Criando conteúdo para capturar e-mails

Você criou uma landing page — e agora? Acha que as pessoas vão simplesmente colocar seu e-mail lá porque acharam o design da página bonito?

É necessário entregar algo em troca. E, de preferência, um conteúdo rico, algo que pareça muito valioso para custar somente um e-mail em troca.

Eis alguns exemplos de conteúdo que você pode oferecer em troca do e-mail do seu contato:

  • e-books, white papers, reports;
  • minicursos (que podem servir como introdução para outro curso mais completo, que você tentará vender posteriormente);
  • testes, trials, demonstrações (particularmente, se o seu produto for um novo software ou serviço online por meio de dashboards);
  • concursos e sorteios
  • planilhas;
  • checklists;
  • guias;
  • kits;
  • podcasts;
  • vídeos;
  • apresentações em slide;
  • templates e modelos;
  • eventos, hangouts, aulas grátis ao vivo, webinários;
  • ferramentas e aplicativos gratuitos.

Enfim, a lista é imensa. Use a criatividade! Mas lembre-se sempre de entregar VALOR — é isso que manterá seus leads ativos e transformá-los em clientes.

Como conseguir lista de e-mails pelas redes sociais
Utilize as redes sociais para conseguir a sua lista de e-mails

3. Utilizando redes sociais

Redes sociais também proporcionam formas de atrair leads. Uma campanha do Twitter, por exemplo, pode ser eficaz para conduzir seguidores a uma landing page, em que possam colocar seu e-mail em troca de algum conteúdo valioso, como um e-book.

No Facebook, páginas possuem a opção de diversas chamadas, que também podem conduzir a landing pages para capturar e-mails. Sem contar que, nas próprias campanhas e anúncios pagos, você pode colocar botões para landing pages.

Outras mídias sociais, como o LinkedIn e o Pinterest, também oferecem opções para colocar links e botões para atrair leads. No YouTube, há a opção de colocar botão de chamada para ação e URLs diretamente nos vídeos.

Enfim, há muitas formas de conseguir listas de e-mails pelas redes sociais. As opções são variadas, e cada dia surgem mais novidades.

4. Capturando e-mails diretamente do site

No seu site, você pode colocar ofertas com link para captura de e-mail. Seja por meio de banners que conduzem a uma oferta específica, seja pela assinatura de uma newsletter, pela qual você começará um relacionamento de longo prazo com seu lead.

Também é fundamental ter um blog com conteúdo valioso que gere tráfego ao seu site. Assim, você terá oportunidade de linkar suas postagens a landing pages para capturar e-mails, ou incluir chamadas para ação induzindo o leitor a assinar a sua lista.

5. Conseguindo contato por meio de parcerias

Outra forma de conseguir lista de e-mails de forma orgânica e gratuita — ou, ao menos, barata — é por meio de parcerias.

Você pode, por exemplo, rodar uma promoção num site parceiro ou em newsletters que tenham um público-alvo próximo ao seu, para coletar seus e-mails de uma fonte já aquecida. Em troca, seu parceiro ganha mais divulgação e tráfego, já que vocês trabalharão em conjunto.

Ainda há a possibilidade de ofertar um produto em coautoria com um parceiro, seja um e-book, um webinário ou qualquer outro produto ou evento. Unindo forças, há grandes possibilidades de colher frutos grandiosos para ambos.

Como conseguir lista de e-mails
O que NÃO se deve fazer para conseguir listas de e-mails

O que NÃO se deve fazer para conseguir listas de e-mails

Jé ensinamos como conseguir lista de e-mails da forma correta. Agora, antes de encerrarmos nosso post, vejamos algumas práticas erradas que algumas pessoas adotam, e que você deve evitar.

1. Comprar listas de e-mails

De início, pode ser tentadora a oferta de comprar uma lista com dezenas ou centenas de milhares de e-mails por uma bagatela. Mas há dois motivos principais para não cair nesta tentação:

Segmentação

Considerando que sejam válidos — é grande a chance de estarem desatualizados — há ainda a questão de que tais e-mails podem pertencer a todo tipo de gente do mundo. Ou seja, é o caminho inverso do que se aconselha.

Na verdade, você deve procurar um público segmentado com grande chance de comprar suas ofertas. Vale infinitamente mais uma lista pequena com leads qualificados do que uma gigantesca com contatos inúteis, que jamais comprarão de você.

Voluntariedade

Ninguém gosta de receber spam. E, se você enviar mensagens para quem não se cadastrou voluntariamente em sua lista, isso significa fazer spam.

Por isso, comprar lista é a pior forma de construir um relacionamento com seus possíveis clientes. Você precisa persuadir a pessoa a deixar o e-mail para fazer parte da sua lista, seguindo as dicas que mostramos.

2. Usar e-mails aleatórios e pessoais

Achar e-mails perdidos pela internet, ou encontrados em algum site por aí, também é ruim, e pelo mesmo motivo anterior: não forma um público segmentado, tampouco que entrou na lista voluntariamente.

Outra ação pouco aconselhável — e que alguns ainda fazem, principalmente quando estão começando a construir suas listas — é usar seus contatos pessoais.

Você até pode apresentar seus produtos e serviços para amigos, colegas e parentes, mas não coloque os e-mails deles na sua lista por conta própria. Até porque, quase sempre, eles estarão lá para fazer número, mas não serão e-mails qualificados.

Enfim, a última dica, e provavelmente a mais valiosa: ame os seus leads! Afinal, são eles os responsáveis por alavancar o seu sucesso e lhe trazer dinheiro.

E aí, entendeu como conseguir lista de e-mails? Mais ainda: entendeu como mantê-la? Então, aproveite agora para assinar a nossa newsletter e não perca nenhuma de nossas próximas dicas!

Compartilhe o post:

Tags: , , , ,

Saiba Como Automatizar Suas Vendas!

Aprenda a automatizar suas vendas e foque no que realmente importa.


Quero ficar atualizado sobre as melhores práticas e dicas do blog Automação de Vendas para melhorar o e-mail marketing. Se você não curtiu, basta cancelar. Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Siga-nos: