Saiba como escolher as mídias sociais certas para o seu negócio

Facebook, Instagram, Twitter, Snapchat, LinkedIn, YouTube, Periscope, Pinterest, Tumblr e Google+. Essas 10 plataformas são só alguns exemplos entre muitas outras mídias sociais que existem na internet. Então, se para uma pessoa comum seria difícil administrar e usar tantas contas ao mesmo tempo, imagine para você e o seu negócio?

Apesar das múltiplas opções de redes sociais disponíveis, a quantidade, nesse caso, não representará qualidade. Ter um número enorme de perfis para gerenciar fará com que você perca o foco, tempo produtivo, possíveis clientes e, consequentemente, dinheiro. Logo, a solução é entender quais mídias sociais atenderiam aos objetivos e metas da sua empresa.

Como integrar as mídias sociais
Insira o seu negócio nas mídias sociais

Neste post, ajudaremos você a descobrir as redes sociais mais favoráveis ao seu negócio em uma estratégia de marketing digital. Você vai ver como deve se planejar, considerar o perfil do seu público e compreender os aspectos das mídias sociais mais populares. Acompanhe!

Pense em como o seu negócio pode interagir com cada rede social

Qual é o segmento da sua empresa? Você trabalha com produtos ou serviços de maior apelo visual, como restaurantes, hotéis, agências de turismo, moda e artigos esportivos? Com ofertas ricas de conteúdo, como infoprodutos, sites de notícia, cursos e escolas? Com tecnologia, produtos de informática e mobile? Varejo, eletrodomésticos e móveis? Serviços mais técnicos, voltados para o mercado B2B, como agências de publicidade, softwares e sistemas?

Você pode até se questionar a diferença que isso pode fazer para uma estratégia nas redes sociais. Mas a verdade é que, dependendo do produto ou serviço, você poderá ter facilidade e afinidade maiores com certas mídias sociais em vez de outras.

Esse é um dos primeiros passos em seu planejamento na hora de escolher as redes sociais que serão usadas pela sua empresa.

Perfil nas mídias sociais
Perfil da empresa x Perfil das Redes Sociais

Perfil da empresa x Perfil das redes sociais

Para ter uma ideia mais clara, pense na dificuldade que uma empresa que vende softwares para outros negócios teria em construir um perfil atraente no Instagram ou no Pinterest (duas plataformas que privilegiam o conteúdo visual). Agora imagine se essa mesma empresa direcionasse os seus esforços para o LinkedIn (rede social com um tom mais corporativo, com uma presença mais acentuada de gestores, diretores e demais tomadores de decisão); certamente obteria mais retorno.

O inverso aconteceria para uma marca de vestuário ou para um restaurante, por exemplo. Moda e comida são temas com alto interesse e consumo em redes mais visuais, como o Instagram, Pinterest, YouTube e Facebook.

O fato de determinadas mídias sociais não serem alinhadas a certos segmentos de produtos não significa que elas devam ser excluídas do seu plano de ação. Isso dependerá muito da abordagem implementada nas postagens e no relacionamento com os usuários.

Por exemplo: uma pequena agência de publicidade ou marketing, mesmo tendo apenas empresas como clientes, pode construir boas relações com os consumidores finais em plataformas que não sejam apenas o Linkedin e o Facebook. Ela pode divulgar vídeos e imagens das suas campanhas mais criativas, compartilhar notícias e curiosidades sobre a área, postar fotos dos bastidores da agência ou comentar em perfis populares voltados para outros assuntos. São atitudes que humanizam uma marca e trazem um ganho social para a empresa.

Análise as mídias sociais
Defina a persona para cada mídia social

Conheça bem as suas personas

Além do seu segmento de atuação, é importante estudar bem as preferências das suas personas quanto aos seus hábitos de consumo de informação na internet. Fatores como faixa etária, estado civil, profissão, hobbies e interesses podem influenciar nas redes sociais que o seu público predominante costumar usar no dia a dia.

Ex.:

  • Dados da Business Insider mostram que 45% dos adultos que usam o Snapchat tem entre 18 e 24 anos;
  • A mesma pesquisa apontou que o Instagram é a rede social mais importante entre os adolescentes americanos;
  • Já um levantamento feito pela Pew Research mostrou que o LinkedIn é mais popular entre as pessoas com maior renda e escolaridade;
  • Esse estudo ainda exibiu que o Facebook é a plataforma mais usada diariamente pelos entrevistados (70% responderam que usam todos os dias).

Obs.: As informações das duas pesquisas analisadas foram retiradas com base em uma amostra de pessoas norte-americanas, que normalmente são usados como referência para o resto do mundo, inclusive aqui no Brasil.

Outro ponto a se analisar são quais redes sociais suas personas utilizam para buscar informações sobre a sua área de atuação e quais são usadas apenas por entretenimento. Essa definição é importante para servir como referência na produção dos seus conteúdos, visto que você, em uma plataforma, pode divulgar conteúdos mais técnicos e em outras ser mais bem-humorado e trazer postagens mais leves.

Analise as mídias sociais
Analise as características das mídias sociais

Analise as características das mídias sociais

Ao longo deste post já entregamos uma boa parcela das particularidades das redes sociais das quais falaremos a seguir. Agora, faremos um apanhado do que já foi dito e acrescentaremos algumas informações importantes para você avaliar. Confira!

Facebook

A rede social de Mark Zuckerberg é a mais popular do mundo, são pouco mais de 1.7 bilhão de usuários. Esse número faz dessa plataforma ser a mais universal demograficamente e, portanto, a mais recomendada para qualquer empresa — independentemente de segmento ou persona.

O Facebook é uma mídia social completa. Nela, você pode divulgar e compartilhar conteúdos, interagir com os seguidores, criar e participar de grupos e investir em anúncios para ampliar seu alcance na rede. Enfim, qualquer estratégia de marketing nas redes sociais deve usar o Facebook, pois provavelmente o seu cliente estará lá.

Instagram

O Instagram é uma rede dedicada ao compartilhamento de fotos e vídeos curtos. Quem curte temas como fotografia, estilo de vida, comida, viagens e muitos outros de apelo visual, se sente em casa nessa mídia social. As marcas que entrarem nessa onda para contar suas histórias podem fazer sucesso nessa plataforma.

Mídias sociais de fotos
As características das mídias sociais

Essa rede social faz muito sucesso entre os jovens e mulheres. O uso de filtros e hashtags são mais do que aconselháveis para dar, respectivamente, uma nova cara às suas fotografias e ampliar o alcance dos seus posts.

Twitter

O Twitter ainda segue bastante popular, especialmente entre os usuários de smartphones e que precisam consumir informação de forma rápida e em tempo real. Para você e sua empresa, o indicado é ser curto e objetivo no diálogo com o público e na divulgação de conteúdos. Além disso, a plataforma é muito boa para analisar o que o as pessoas andam comentando sobre a sua marca, sobre as concorrentes e sobre o que acontece no mundo.

Snapchat

O Snapchat é outra rede muito popular entre os adolescentes, jovens adultos e mulheres. Assim como o Instagram, é uma plataforma de compartilhamento de fotos e vídeos. A propósito, segundo a própria empresa, são mais de 10 bilhões de vídeos assistidos por dia. A diferença é que essas imagens duram de acordo com a vontade de quem envia, ou seja, podem ficar no ar até 10 segundos para uma lista de destinatários específicos ou por 24 horas para todos os seguidores.

LinkedIn

O LinkedIn é a única rede social dessa lista considerada vertical. Mas o que isso quer dizer? Uma mídia social vertical é segmentada, ou seja, reúne pessoas que compartilham um mesmo interesse. O LinkedIn é o melhor exemplo dessa categoria por reunir usuários interessados em contatos e conteúdos profissionais. Em negócios B2B, é a rede mais indicada, ao lado do Facebook, para encontrar novos clientes e fazer novos negócios.

A definição das mídias sociais a serem trabalhadas por sua empresa deve ser uma tarefa muito bem estudada. Escolher todas ou as mais populares não é nada estratégico e pode gerar uma sobrecarga de investimentos e esforços desnecessários. Por isso, é importante se basear nas características da sua oferta, da sua persona e cada rede social cogitada. Assim, maiores serão as oportunidades de criar e gerir perfis de sucesso.

Após descobrir como escolher as mídias sociais certas para o seu negócio, confira nosso post: Como gerar leads com as redes sociais? Afinal, mais do que um meio para se relacionar com o público, essas plataformas podem proporcionar boas oportunidades de venda para você. Não deixe de conferir!

Compartilhe o post:

Tags: , , , , , ,


1 Comentário

  1. Pedro says:

    Interessante.

Deixe o seu comentário!


Descubra o que é o leadlovers


Quero ficar atualizado sobre as melhores práticas e dicas do blog Automação de Vendas para melhorar o e-mail marketing. Se você não curtiu, basta cancelar. Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Siga-nos: