SEO – Seja Encontrado e Lembrado

O SEO (Search Engine Optimization), que em português pode ser traduzido como mecanismo de otimização de busca, é um recurso que está em evidência nos últimos tempos e o objetivo do SEO é ranquear o melhor possível seu site, blog, site de e-commerce e afins, em sites de buscas como o Google, Bing e Yahoo, por exemplo.

Para explicar melhor como o SEO pode ajudar você e o seu negócio, este artigo vai explorar com mais detalhes como configurar o SEO de forma mais eficiente.

Em uma rápida busca pela internet, não é difícil encontrar ferramentas que auxiliam pequenos e grandes negócios a executar o SEO de maneira fácil e prática, e, atualmente, existem diversas agências do ramo de publicidade & propaganda, marketing e do segmento de comunicação em geral especializadas em SEO, mas se você não quer ou não tem condições de gastar dinheiro com a contratação de serviços de terceiros e quer realizar este processo por conta própria, e/ou delegar para alguém de sua equipe, uma dica é ficar atento a possíveis erros muito comuns pela falta de conhecimento ou por ser iniciante no mundo do Marketing Digital.

O que é SEO?
O que é SEO?

O que é SEO?

O SEO é uma maneira orgânica de aumentar a relevância do seu site para impactar o maior número possível de pessoas que procuram por termos ou palavras-chave relacionados ao seu negócio.

E por “orgânica” eu quero dizer sem a necessidade de investimento financeiro, tudo de forma “braçal” e com dedicação, porque o SEO é algo que deve ser revisto e melhorado de tempos em tempos para que a relevância do seu negócio não seja, de certa forma, esquecida pelos sites de busca e o seu site/blog continue aparecendo na primeira página dos resultados.

Você deve estar se perguntando: Por quê aparecer na primeira página dos resultados de busca é tão importante? Ora, por uma questão de relevância, a maioria dos internautas não costumam ir para a segunda página de resultados, então, se você não trabalhar para se manter entre os primeiros resultados, você e sua empresa logo serão esquecido pelos usuários e, consequentemente, perderá ótimas oportunidades para vender cada vez mais.

Diferenças entre SEO e Links Patrocinados

Muitas pessoas acham que SEO e Links Patrocinados são a mesma coisa… Só que não. O SEO não envolve investimento financeiro, o próprio WordPress possuí plugins gratuitos para a prática de SEO como, por exemplo, Yoast, que também tem uma versão premium.

Através do Yoast você consegue definir a palavra-chave, título SEO e Meta-descrição, além de encontrar outras funcionalidades que ajudam a melhorar ainda mais o SEO da sua página.

Já os links patrocinados envolvem um certo grau de investimento, mesmo que ele seja mínimo – este “mínimo” depende do poderio financeiro de cada um. Os links patrocinados são os anúncios que você visualiza quando pesquisa por algum produto e/ou serviço ou quando procura por algum objeto que resultará em um site de vendas, como uma loja virtual.

O Google Adwords é uma plataforma, pertencente ao Google, onde é possível comprar palavras-chaves relacionadas ao seu negócio para o anúncio que será veiculado no buscador.

SEO e Links Patrocinados
Diferenças entre SEO e Links patrocinados

Os anúncios pagos no Adwords aparecerão na lateral ou na parte superior dos resultados e eles têm um período de veiculação, ou seja, depois que o tempo determinado para a campanha acabar, o seu site não aparecerá mais na primeira página e, provavelmente, não ficará bem ranqueado, a relevância que a página terá dependerá de como o SEO estiver configurado.

Configurações SEO nas páginas criadas no leadlovers

Nas páginas criadas dentro do leadlovers também é possível realizar configurações SEO, no box de edições dos modelos prontos e do construtor há um campo específico para isso, onde você pode configurar título, descrição, palavras-chaves, imagem meta tag e inserir os dados do autor da página.

Este recurso foi pensado com muito carinho pela nossa equipe, justamente para ajudar os nossos clientes a ranquear as suas páginas nos sites de buscas sem precisar gastar ou contratar uma agência especializada em SEO.

Boas práticas de SEO

O SEO não traz resultados a curto prazo, pelo contrário, este é um trabalho que deve ser feito de tempos em tempos, aprimorando cada vez mais as informações inseridas no campo dedicado ao SEO na plataforma que você está usando, para o tráfego ser constante para o seu site ou blog.

Então, para que você tenha êxito, nós separamos algumas boas práticas de SEO para você inserir nas suas páginas, elas são bem simples de aplicar e não é necessário ter nenhum conhecimento extracurricular.

Neste artigo, as dicas serão voltadas para um site ou blog no WordPress, mas você pode aplicá-las em outras ferramentas também.

Antes de publicar um artigo no WordPress fique atento ao preenchimento dos seguintes campos no Yoast:

  • Título SEO (Title Tag) – não é permitido mais do que 63 caracteres e é necessário ter a palavra-chave
  • Palavra-chave foco – é a palavra que será usada como referência nas buscas
  • Meta-descrição (Meta description) – pode conter até 155 caracteres, deve conter a palavra-chave do artigo na descrição.

O seu artigo aparecerá da seguinte forma nos resultados da busca:

Artigo SEO
Palavra-chave leadlovers

As imagens do texto também devem ter algumas informações para ajudar no ranqueamento, como conter a palavra-chave principal do artigo, deve ter título e também uma pequena descrição.

Imagens otimizadas
SEO em Imagens

Ter links que vão para outros artigos, de dentro ou fora do seu blog/site, também facilitam o ranqueamento, pois isto é um demonstrativo de que você, a sua empresa, querem aumentar a relevância entregando conteúdo, então:

  • Não direcione palavras idênticas para artigos diferentes;
  • Nas páginas principais insira uma grande quantidades de links, mas tome cuidado para não deixar o artigo exaustivo ou forçado e sem combinação exata de palavras-chaves;
  • Links externos devem ser abertos em uma nova guia ou janela;

Espero que essas dicas te ajudem a classificar melhor o seu site e/ou blog para que seu tráfego e, principalmente, as suas vendas aumentarem.

Curtiu este artigo? Ele foi útil? Não deixe de comentar o que você achou logo abaixo e se você realmente acha que é um conteúdo relevante, compartilhe nas redes sociais.

Compartilhe o post:


Saiba Como Automatizar Suas Vendas!

Aprenda a automatizar suas vendas e foque no que realmente importa.


Quero ficar atualizado sobre as melhores práticas e dicas do blog Automação de Vendas para melhorar o e-mail marketing. Se você não curtiu, basta cancelar. Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Siga-nos: