Venda pelo Instagram e posicione sua marca

Antes da pandemia, vender produtos e serviços pela internet era apenas uma opção. 

Agora, estar nas redes, posicionar uma marca e disponibilizar a comercialização online pode ser decisivo para que a empresa sobreviva a crise e se reinvente no mercado. 

Após as questões de saúde pública, a economia é um dos setores mais afetados pela Covid-19 e será necessária muita força de vontade para reerguer os negócios quando a doença for controlada e o isolamento social for afrouxado no Brasil. 

Por isso, o melhor a fazer é aprender como vender online e alavancar sua marca, antes que seja tarde demais.

Entre as ferramentas da internet, o Instagram tem se mostrado uma das melhores alternativas para chegar no público-alvo, se comunicar e promover o comércio de produtos e serviços. 

Entenda como vender pelo Instagram

Instagram 

Com mais de um bilhão de contas ativas no mundo todos os meses, mais de 500 milhões de contas acessando o stories diariamente e 90% dos usuários seguindo ao menos uma empresa, o Instagram tem se destacado cada vez mais como um atrativo para as marcas. 

Além disso, também é a rede social que mais tem criado ferramentas para facilitar as vendas, inclusive diante do cenário causado pelo novo coronavírus. 

A plataforma para compartilhamento de fotos e vídeos, criada em 2010, é usada pelos usuários como um álbum de fotos e, pelas empresas, como mais uma vitrine de produtos e serviços

Neste texto, vamos dar mais detalhes sobre como vender pelo Instagram e o que é necessário para ter sucesso na rede e nos negócios.      

Perfil comercial 

Antes de mais nada, começando pelo início, é preciso baixar o aplicativo “Instagram” e criar uma conta. Para as empresas, o recomendável é se cadastrar como perfil comercial. 

Essa modalidade dará acesso a dados e métricas sobre o desempenho de publicações e stories em tempo real, informações sobre como os seguidores interagem com as postagens, e também vai permitir cadastrar o endereço, horários de funcionamento e adicionar sites e números de contatos profissionais ao perfil. 

É recomendado preencher o perfil da forma mais clara possível, conectando o seguidor à sua marca com poucos cliques. 

Vale lembrar que, no Instagram, o usuário busca praticidade e facilidade.

Por isso, é preciso que ele encontre o que procura rapidamente, sob o risco de perder um novo lead para o negócio. 

Além disso, como uma rede social que nasceu com a valorização do conteúdo visual, a foto de perfil da empresa precisa ser bem pensada, destacando as cores, ângulos e qualidade da imagem. 

Em muitos casos, as marcas optam por usar as logos na foto de perfil, para que o cliente identifique rapidamente que se trata de determinada empresa. 

Desenvolva sua persona para vender pelo Instagram

Crie uma persona 

Para ter coerência nas publicações e reforçar o vínculo entre sua marca e os usuários do Instagram, é importante criar uma persona como estratégia de marketing digital. 

Para isso, analise sua empresa pensando na representação do cliente ideal, reunindo características dos compradores comuns. 

Isso irá definir a linguagem que você deverá usar, os filtros, tipos de stories, efeitos, conteúdos audiovisuais, fotos e legendas. 

É com a definição da persona que a empresa poderá se comunicar com os usuários com mais objetividade, entendendo seus anseios e dando soluções para seus problemas. 

É humanizar e personalizar a marca. Isso deve ser feito antes mesmo de iniciar as publicações, para planejar os materiais que serão produzidos ao longo do tempo. 

Regularidade 

Falando em planejamento, traçar uma estratégia e organizar os conteúdos também é essencial para manter a regularidade das postagens e das vendas. 

Assim, será possível distribuir os materiais criados para que a marca tenha mais credibilidade e seja entregue a um maior número de pessoas. 

Neste momento, também é legal testar em quais horários as postagens dão melhor resultado de interações com seu público e investir em publicações pensadas para este momento do dia. 

Lembre-se de manter a regularidade tanto no feed quanto nos stories. 

Fotos e vídeos 

Como uma rede social criada exclusivamente para a publicação de fotos e vídeos, é primordial que as imagens tenham uma boa qualidade. O básico: luz, enquadramento, regra dos terços, ângulos, etc. 

Mas além disso, com cada vez mais empresas se destacando nas produções, é preciso ser criativo, brincar com as ferramentas e efeitos, prestar atenção nos ganchos com a atualidade e trazer outros conteúdos – além dos produtos e serviços oferecidos – que acrescentem algum conhecimento ao seguidor. 

É transformar seu perfil comercial em um universo dedicado ao produto vendido pela sua marca. 

Quanto mais respeito do seu público-alvo tiver, melhor serão as chances de alavancar seu negócio e, consequentemente, vender mais pelo Instagram. 

Outra dica é contar histórias nas publicações. Pensando na persona criada, escolha alguém que vá de acordo com sua estratégia de marketing digital. 

As histórias de pessoas reais humanizam a marca e aproximam a empresa do cliente. 

Criando identificação e empatia, isso dá resultados efetivos na geração de leads e pode ser decisivo no momento de fechamento de um negócio. 

Afinal, as pessoas consomem aquilo que acreditam. 

 

Stories 

Os stories podem ser usados como um canal de comunicação mais direto entre marca e usuário. 

É ali que a empresa pode se mostrar mais descontraída, abusar dos efeitos e mostrar os “bastidores” da produção dos produtos e serviços. 

Uma ferramenta bem bacana colocada no ar há poucos dias para os stories do Instagram é a figurinha de “CompraLocal”. Com ela, é possível que marcas reforcem a divulgação de produtos e serviços e que clientes indiquem suas empresas favoritas. 

Usando a figurinha, as fotos ou vídeos vão para um tópico específico, ficando logo entre os primeiros stories dos usuários. 

Dá mais visibilidade para as marcas e a credibilidade da indicação de um seguidor satisfeito. É um meio do Instagram de apoiar os negócios locais e empreendedores da comunidade. 

Desenvolva legendas que ajudem nas vendas pelo Instagram

Textos 

Além de fotos e vídeos bonitos e criativos, que vendam os produtos, não se pode deixar de lado as legendas destes conteúdos. 

Os textos precisam ser claros e objetivos, trazendo informações sobre a descrição dos produtos, preços, detalhes e características do que está sendo comercializado. 

As legendas não podem ser muito longas –já que dispersam a atenção do usuário – e a empresa precisa usar as hastags com sabedoria. 

O número ideal é de cinco a dez hastags, que tenham a ver com o negócio e auxiliem novos leads a chegar até o perfil da marca. 

Instagram Shopping 

No final de 2018, a ferramenta Instagram Shopping chegou ao Brasil, mas até hoje é pouco explorada pelas empresas. 

Ela permite que as marcas coloquem “tags” nos produtos, informando preços, descrições e levando diretamente para os sites de vendas das empresas. 

Com apenas poucos passos, ao se deparar com uma foto com as “tags”, o cliente pode clicar para conferir os dados e fazer a compra em seguida, em minutos. 

O Shopping retira a necessidade de o usuário ter que perguntar por mais detalhes pelo direct ou voltar até a página de perfil da marca para ver o “link na bio” e ter acesso ao site da empresa. 

Além disso, a ferramenta também facilita o trabalho do social media, uma vez que, com menos contatos perguntando sobre preços dos produtos ou serviços, o profissional de comunicação pode ser concentrar em melhorar as estratégias de marketing digital. 

Assim, as compras ficam mais simples, intuitivas e rápidas, o que colabora com vendas mais efetivas. 

Parcerias com influenciadores 

As parcerias com influenciadores digitais são valiosíssimas nas estratégias de comunicação e marketing digital e dão resultados diretos nas vendas das empresas. 

Mas é preciso ter calma para escolher o perfil deste influenciador, já que, de certa forma, as atitudes dele estarão vinculadas à marca. 

Por isso, mais do que ter o maior número de seguidores, o importante é contratar influenciadores que tenham uma boa postura, levem a sério o trabalho de divulgação e tenham a ver com o nicho da empresa. 

Afinal, de nada adianta ter muitas visualizações se o seu público-alvo não for impactado com a mensagem. 

Quando conseguir escolher este influenciador, não esqueça de pedir que ele envie o conteúdo para aprovação antes da postagem e sugira temas que tenham relação com o tipo de discussão que você gostaria de abrir no momento. 

Conclusão 

Estar presente no Instagram através das vendas é mais do que uma geração de leads, é também o posicionamento de marca e a abertura de um importante canal de comunicação. 

Esse contato direto pode ser o que faltava para sua empresa entender melhor seus clientes e cair de vez no gosto do público-alvo. 

Estratégias de venda para o Instagram hoje são a melhor opção de venda online, já que possibilitam a criação de todo um universo da marca, interagindo com os seguidores e conseguindo ainda mais credibilidade, já que todo o processo acontece de forma mais humanizada.  

Além disso, a rede acompanha o próprio desenvolvimento junto às marcas e investe em ferramentas que ajudam a alavancar os negócios. 

Por isso, quanto mais cedo sua empresa se consolidar no Instagram, mais vantagem vai ter diante de outras que se atrasarem no processo e estiverem apenas começando. 

Compartilhe o post:

Tags: , ,


0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Descubra o que é o leadlovers


Quero ficar atualizado sobre as melhores práticas e dicas do blog Automação de Vendas para melhorar o e-mail marketing. Se você não curtiu, basta cancelar. Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Siga-nos: