8 armadilhas sutis que estão atrapalhando seu negócio de vender mais na internet

Hoje em dia é difícil encontrar uma empresa que não esteja, de uma forma ou outra, presente na internet. Mas nem todos os negócios conseguem vender tanto quanto gostariam  —  ou quanto precisam para fazer o investimento no mercado digital valer a pena.

Mas porque será que algumas empresas parecem vender tanto enquanto outras, que realizam praticamente as mesmas ações, não decolam no ambiente digital?

8 armadilhas sutis que estão atrapalhando seu negócio de vender mais na internet
8 armadilhas sutis que estão atrapalhando seu negócio de vender mais na internet

Se você está no grupo dos que não conseguem ver o retorno esperado, talvez tenha dificuldade de saber o que está fazendo errado. 

É por isso que eu vou te mostrar agora do que um negócio precisa para ter sucesso, além de 8 armadilhas comuns que estão atrapalhando a sua empresa de vender mais na internet. 

Do que um negócio precisa para vender na internet?

Do que um negócio precisa para vender na internet?
Do que um negócio precisa para vender na internet?

Antes de procurar todos os erros e defeitos que a sua estratégia talvez tenha, vale a pena tirar um tempo para entender do que um negócio precisa para ter sucesso no mercado digital.

Se perceber que falhou em um dos pilares abaixo, você já sabe que precisa de mais do que ajustes pontuais no planejamento. Em resumo, dá para dizer que todo e qualquer empreendimento digital precisa de, pelo menos, 4 elementos:

1 – Conteúdo relevante

Antigamente, as empresas empurravam qualquer produto ou serviço nos clientes, mesmo que as soluções não fossem as ideais para resolver seus problemas. 

Com o avanço da tecnologia e o aumento do acesso à informação, fazer isso ficou cada vez mais difícil. Hoje em dia, os clientes fazem pesquisas antes mesmo de saber o que desejam comprar. 

Essa procura vai desde o interesse inicial até perto da compra, quando o cliente quer ver recomendações de especialistas, opiniões de outros compradores e saber mais sobre a reputação das empresas que o vendem.

Por isso, não existe maneira melhor de se posicionar no mercado digital do que por meio de conteúdo relevante, que responde as dúvidas do cliente sem vender nada. Depois de ganhar a confiança dele com esse conteúdo fica muito mais fácil fechar a venda.

2 – Canais de distribuição

Se o conteúdo precisa ter qualidade, como as pessoas ficarão sabendo dele? Canais de distribuição eficientes, que fazem a sua mensagem chegar nas pessoas certas na hora certa, são fundamentais. 

Não dá para dizer que um canal é bom e outro é ruim, já que diferentes empresas fazem estratégias distintas funcionarem. O segredo é estar nos canais que seu público usa. Os mais comuns são:

  • blog corporativo: é como a casa de todo o seu conteúdo na web;
  • redes sociais: não perca tempo com todas, esteja presente só nas mais usadas pela sua persona;
  • e-mail: todo mundo usa e é um dos canais de marketing de maior retorno;
  • imprensa: se algum veículo de mídia cobre o tipo de conteúdo que a sua empresa gera, pode ser um canal de ótima exposição;
  • influenciadores: formar parcerias e chamar a atenção de influenciadores que compartilham seu conteúdo pode transformar a sua presença online.

3 – Processo de vendas

Se as suas vendas dependerem do bom humor dos clientes, será muito difícil sobreviver em qualquer mercado. Todo negócio que se preze tem de levar muito a sério a tarefa de desenvolver um processo claro de vendas, que inclui:

  • atração de tráfego: estabelecer quais serão os principais métodos para atrair o número suficiente de visitantes qualificados a ponto de manter seu processo comercial vivo;
  • geração de leads: definir quantos leads é preciso gerar por mês para que o time de vendas tenha oportunidades suficientes para bater a meta;
  • como qualificar e abordar os leads: decidir como os leads serão qualificados durante o processo e quando um lead deixa de ser nutrido pelo time de marketing e passa para o vendedor abordar.

Tudo isso dá trabalho, exige pesquisa, testes, comunicação constante entre os profissionais de marketing e vendas (que têm de trabalhar em conjunto e não isolados). Mas é a única forma de alcançar o sucesso e mantê-lo por um longo tempo.

4 – Acompanhamento de resultados

Quais são as chances de alguém conseguir os melhores resultados possíveis logo na primeira tentativa? Mesmo que isso acontecesse no seu caso, ainda seria preciso acompanhar os resultados, pois o mundo digital muda muito rápido.

O que funciona de forma perfeita hoje pode não ser a melhor solução amanhã, e a única forma de descobrir isso antes que seja tarde demais é por avaliar dados que indicam o comportamento dos clientes.

Não existe um profissional ou empresa de sucesso na internet que ignore essa parte do processo. Avaliar métricas importantes e fazer ajustes de acordo com os dados encontrados é essencial.

8 armadilhas sutis que atrapalham seu negócio de vender mais na internet

8 armadilhas sutis que atrapalham seu negócio de vender mais na internet
8 armadilhas sutis que atrapalham seu negócio de vender mais na internet

A internet é uma terra desconhecida para muitos empreendedores, principalmente os que estão acostumados a comandar operações no mundo físico, ou os que nunca tiveram uma empresa antes.

Como todo lugar desconhecido e ainda inexplorado, a web apresenta oportunidades incríveis, mas também algumas armadilhas. Veja agora 8 problemas que atrapalham qualquer empresa de vender mais na internet, e como se livrar deles:

1. Muita teoria e pouca prática

Não há como negar que existe muita informação disponível, tanto de graça quanto em forma de cursos pagos, para te capacitar a usar a internet como canal de negócios.

E o bom planejamento é vital para construir um negócio digital lucrativo. Porém, planejar demais e executar de menos só vai te atrapalhar. 

Não existe aprendizado melhor que a prática, e quanto mais você testar estratégias e conceitos no mundo real, mais cedo vai acelerar suas vendas.

2. Seguir tendências sem propósito definido

O marketing digital vive lançando tendências. Algumas são muito importantes e podem transformar a forma como se consome bens digitais, enquanto outras são modas passageiras que não têm um longo futuro.

Seguir toda e qualquer tendência, sem antes entender qual é o seu propósito e como isso vai afetar a sua atuação no mercado, é um grande erro. Agir rapidamente é importante, mas não de forma desordenada.

3. Falta de regularidade

Ao ler sobre os pilares de um empreendimento digital forte, você talvez tenha ficar surpreso de ver como faz tudo que é preciso, e ainda assim não consegue os resultados desejados. 

Talvez o problema seja a falta de regularidade. Não adianta produzir conteúdo relevante a cada 4 meses, ou acompanhar as métricas uma vez por ano. Consistência é peça-chave para aumentar as vendas.

4. Mais ferramentas que o necessário

Não importa qual seja a sua demanda, existem ferramentas de sobra no mercado para atendê-la. O problema é que muitas empresas encararam as ferramentas como a saída para todo e qualquer problema, e investem em mais soluções do que conseguem usar.

Se você estiver sobrecarregado de ferramentas, não terá como enxergar o negócio de forma ampla e tomar as decisões certas. Para acabar com isso, use apenas os recursos essenciais e elimine toda a complexidade desnecessária.

5. Acordos “de boca”

A sua estratégia de marketing e vendas é devidamente documentada, ou foi feita só como um acordo verbal? Muitas equipes caem nessa armadilha e sofrem de forma desnecessária.

Em alguns casos, as vendas não andam tão bem por conta de algum detalhe que já tinha sido abordado no planejamento, mas não está sendo devidamente executado. Por isso é tão importante ter um processo documentado para usar como referência constantemente. 

6. Separação entre os times de marketing e vendas

Já falamos um pouco sobre isso acima, mas esse tema vale um tópico à parte. Os times de marketing e vendas se consideram quase como oponentes em muitas empresas. 

O problema é que eles deveriam se considerar parceiros, pois trabalham pelo mesmo objetivo. A solução é integrar os setores de marketing e vendas e promover a colaboração constante entre eles. Isso quebra os silos e impacta fortemente nas conversões.

7. Não agir com base em dados

Ainda acha que a sua intuição de empreendedor é o bastante para tomar decisões importantes que vão definir o futuro da empresa? Isso é como jogar roleta russa com o seu negócio e só atrapalha suas vendas.

Por outro lado, gir com base em dados, tanto pesquisas de mercado quanto as métricas avaliadas internamente, dá segurança e previsibilidade para as decisões. 

8. E principalmente: Buscar sucesso imediato com “milagres” e atalhos

Já ouviu falar em growth hacking? O conceito tem como princípio fazer testes e experimentos que gerem crescimento exponencial de forma acelerada com poucos recursos. Existem vários cases de sucesso incríveis que vale a pena acompanhar. 

Mas não confunda isso com uma chance de aumentar as vendas por meio de milagres e atalhos. Ao contrário do que alguns “gurus” podem prometer, ter um negócio digital exige mais do que alguns “hacks”. 

Se até agora você não conseguiu os resultados que esperava com sua operação digital, não culpe a internet e seus mecanismos. Reconheça rapidamente em quais armadilhas dessa lista você caiu e trabalhe para evitá-los no futuro. Se fizer isso, seu faturamento terá tudo para crescer exponencialmente.

O aprendizado constante é outra arma importante para se dar bem nas vendas online. Conheça 10 cursos de marketing digital em português que vão ampliar sua habilidade prática visão de mercado!

 

Fim 🙂
Daniel Moraes é redator freelancer. Produz conteúdo sobre Marketing Digital, empreendedorismo e transformação digital para grandes blogs, como o Marketing de Conteúdo e o Inteligência Rock Content. Também é fundador do Status Livre, que ajuda empreendedores a transformar seus negócios usando a internet.

Compartilhe o post:

Tags: , , , ,


1 Comentário

  1. HASSIN RAMEZ GHANNAM says:

    Parabéns pelo conteúdo e orientação desta mensagem. Vocês estão corretos em 100%. Sucesso a esta equipe de marketing!

Deixe o seu comentário!


Descubra o que é o leadlovers


Quero ficar atualizado sobre as melhores práticas e dicas do blog Automação de Vendas para melhorar o e-mail marketing. Se você não curtiu, basta cancelar. Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Siga-nos: