Webinar: Como planejar um do zero e obter resultados incríveis

 

Se você usa marketing digital em suas estratégias, já deve saber a importância de compartilhar conteúdo de qualidade para criar e manter sua audiência na internet.

Mais do que isso, entregar conteúdos que resolvam as dores das pessoas é um grande passo para atrair novos clientes e reter os atuais.

Existem diversas ferramentas e formas de disponibilizar esses conteúdos, sendo os mais utilizados os blogs, listas de e-mail ou, diretamente nas redes sociais.

No entanto, existe uma outra ferramenta que se destaca pela sua flexibilidade e eficiência em atingir esses objetivos, captando leads com um custo-benefício muito atrativo.

É o webinar, abreviação de “web-based seminar”, que pode ser descrito como uma conferência ou seminário realizado pela internet.  

Se você nunca oubiu falar ou  já conhece, mas não sabe como funciona, leia o post até o final. Pois mostraremos tudo o que você precisa saber para incluir o webinar nas  suas estratégias de marketing de conteúdo.

Webinar: Como planejar um do zero e obter resultados incríveis
Webinar: Como planejar um do zero e obter resultados incríveis

O que é webinar?

O que é webinar?
O que é webinar?

Tecnicamente falando, um webinar é uma videoconferência realizada pela internet, por meio de uma plataforma própria que permite compartilhar conteúdos ao vivo ou previamente gravados para pessoas interessadas no seu conteúdo.

Ele pode ser usado para transmitir palestras, discussões, entrevistas e aulas para um grande público em modo privado ou aberto.

E como funciona?

Em resumo, o especialista ou empresa que deseja compartilhar seus conhecimentos sobre determinado assunto, divulga a data e hora do webinar pela internet. Assim, as pessoas interessadas podem se cadastrar até o dia agendado.

Na apresentação podem ser usados slides, links, compartilhamento de telas do computador de quem está apresentando. Sem esquecer, é claro, de interagir com a audiência, conversando em tempo real e respondendo às dúvidas das pessoas.

Dependendo da plataforma utilizada, também é possível convidar participantes por meio de links e avisá-los que a hora da apresentação está chegando.

Por que investir em webinars?

Por que investir em webinars?
Por que investir em webinars?

Algumas pesquisas demonstram que existe uma tendência, atualmente, das pessoas preferirem conteúdos em vídeo. Isso torna o webinar uma ferramenta naturalmente atrativa.

Além dessa, existem outras inúmeras vantagens que o webinar pode trazer para o seu negócio. Vamos ver quais são?

1 – Baixo Custo

O webinar representa um investimento com ótima relação custo-benefício. Por exemplo, vamos compará-lo com um evento ao vivo.

Para realizar uma palestra presencial você precisará se preocupar com questões de logística como aluguel de um local propício, microfone, palco, acesso e acomodação de convidados, coffe-break… Enfim, tudo o que é necessário para um evento ser um sucesso.

Além disso, se você quiser utilizar este conteúdo, posteriormente, também terá que investir em um profissional para tirar fotos e gravar sua apresentação.

No webinário você precisará apenas de um computador, uma webcam e uma boa conexão com a Internet. Não existe tempo perdido no trânsito nem dificuldade para estacionar.

Você poderá transmitir o conteúdo do seu escritório ou de casa. Do mesmo modo, a sua audiência poderá assistir em qualquer lugar que tenha uma conexão de internet com qualidade.

E as melhores plataformas de webinário possuem recursos de gravação automáticos. Isso permite que você guarde o conteúdo e as interações com o público para outros usos.

Tudo isso transforma o webinar em uma ferramenta muito barata. É claro que existem custos, as plataformas são pagas. Mas, mesmo assim, são valores absurdamente inferiores aos gastos com um evento presencial.

2 – Geração de leads qualificados

O item anterior também ajudará na geração de leads para seu negócio. Eventos presenciais sempre têm uma taxa de ausência que pode ser maior ou menor, dependendo do trânsito, chuva, etc.

Como as pessoas poderão assistir ao webinar de qualquer lugar, sem deslocamentos, a tendência é que a adesão aumente. Além disso, a possibilidade de escalar o alcance do webinar é enorme.

Você poderá investir em diversas estratégias auxiliares e conteúdos complementares para aumentar o número de inscritos. Anúncios no Facebook, e-mail marketing, lives no Instagram, entre outras ações, podem garantir que você tenha uma lista de leads antes mesmo do evento acontecer.

Esses conteúdos também servirão para qualificar as pessoas. Dessa forma, você filtra aquelas que, realmente, têm interesse no assunto que você vai falar. E, com uma audiência mais qualificada, o engajamento costuma ser maior, com as pessoas compartilhando seus pontos de vista, objeções e dúvidas.

Essas interações podem ser analisadas, posteriormente, para você entender o que deu certo e o que não funcionou no webinar. Como ainda fornecem detalhes importantes sobre a sua persona, as objeções de compra e o grau de interesse em seus produtos ou serviços.

3 – Criação de autoridade

O webinar também é uma excelente forma de reforçar sua autoridade no assunto abordado. É uma ótima oportunidade para você se conectar emocionalmente com as pessoas, usando todo o poder de persuasão permitido pela comunicação audiovisual.

Você só precisa demonstrar real domínio sobre o que está falando para ser percebido como autoridade pelo público.

Além disso, é possível tornar sua abordagem mais pessoal, se aproximando das pessoas… Bem no estilo que os consumidores atuais gostam.

4 – Vendas

O webinar também pode ser usado para vender o seu produto ou serviço As taxas de conversão costumam ser altas, até como consequência dos itens anteriores.

Afinal, você atraiu um público qualificado, apresentou um ótimo conteúdo, mostrando que entende do assunto e as pessoas interagiram tirando dúvidas. A tendência é que, ao final, quando você oferecer sua solução, elas estejam prontas para comprar.

E até nisso as plataformas de webinário facilitam sua vida. Pois permitem que você inclua um botão de compra no chat de conversa, para que as pessoas cliquem e sejam direcionadas para a página de checkout.

Mesmo quem não comprar na hora, pode ter sido impactado pelo seu conteúdo. Tornando-se seu cliente nas ações de e-mail marketing pós webinário, que falaremos mais adiante.

4 Passos para criar um webinar de sucesso

4 Passos para criar um webinar de sucesso
4 Passos para criar um webinar de sucesso

Como toda estratégia de marketing digital, um webinário deve ser realizado após um cuidadoso planejamento que envolve diversas etapas. Vamos ver quais são elas?

1 – Preparando o terreno

O planejamento do seu webinário deve começar muito antes da data de realização do mesmo. É necessário definir qual será o objetivo da transmissão. Isso direcionará toda a sua estratégia restante, bem como os conteúdos desenvolvidos para gerar interesse nas pessoas.

Por exemplo: Um webinar voltado para o topo do funil de vendas – onde as pessoas ainda estão descobrindo os problemas que possuem – terá um  conteúdo bem diferente de uma transmissão de fundo de funil – voltada para conversão em vendas.

Tendo definido o objetivo e o conteúdo que será apresentado, escolha a melhor data e horário da transmissão. Nesse caso, o melhor não é o dia e hora mais confortáveis para você e, sim, quando for mais conveniente para seu público, pois, isso impactará na quantidade de pessoas ao vivo.

Se você conhece bem sua persona, saberá quais os dias e horários ela prefere assistir aulas pela internet. Caso não saiba, e já possuir uma base de seguidores, seja pelas redes sociais ou em uma lista de e-mail marketing, você pode publicar uma pesquisa perguntando o melhor horário para eles.

2 – Preparando o conteúdo e as ferramentas

O segundo passo é a definição do conteúdo e das ferramentas que serão utilizadas para divulgá-lo.

Escolha bem o título que será usado e o tema a ser abordado. O ideal é criar um pequeno roteiro com as informações que serão passadas para a audiência. Assim, você organiza suas ideias e ainda tem um guia para seguir na criação dos slides da apresentação.

Outro aspecto importante são as ferramentas que serão utilizadas para a divulgação e execução do seu webinar.Você precisará adotar uma das plataformas de webinar existentes no mercado e aprender como operá-la.

Também precisará criar páginas ou landing pages para que as pessoas possam se inscrever no evento, pedindo que elas coloquem pelo menos o  e-mail para receber as próximas comunicações sobre o webinar.

Essa é uma excelente oportunidade para transformar os visitantes do seu site em leads. Por isso, essa página deve conter todas as informações importantes sobre o webinar como o tema, data, hora e o que será ensinado.

Sua comunicação deve ser bem persuasiva para despertar o interesse das pessoas e aumentar a conversão.

Outra ferramenta que pode ajudar as pessoas a comparecerem no seu evento é o e-mail marketing. Você pode usá-lo para enviar conteúdos de aquecimento, que ajudarão a aumentar a curiosidade das pessoas sobre o que será ensinado.

3 – Divulgando o webinar

A divulgação do webinar deve começar, geralmente, com algumas semanas de antecedência. Esse tempo é necessário para cadastrar uma quantidade razoável de pessoas interessadas, ao mesmo tempo, em que você vai gerando o interesse nelas.

Por isso, é essencial que você monte um cronograma com todas as atividades que serão realizadas antes, durante e depois do webinar.

Vamos listar aqui as principais:

  • Divulgar nas redes sociais: prepare diversas postagens nas mídias sociais convidando o público para o evento e direcionando para a sua Landing Page. Essas postagens podem ser textos, vídeos, lives e chamadas para artigos no Blog;
  • Fazer anúncios pagos: anúncioa pagos no Google Adwords e Facebook Ads são ótimas opções de divulgação, caso tenha verba disponível;
  • Colocar call-to-action no site: incluir banners no seu site com chamadas para o webinar, bem como links nos artigos do blog que serão usados para atrair as pessoas, por exemplo;
  • Avisar sua lista: caso você já tenha uma lista de leads, enviar um e-mail avisando sobre o webinar e com o link para a Landing Page. Prepare outros e-mails com conteúdos relevantes para serem enviados até o dia do webinar, alimentando o interesse das pessoas;

Essas são as ações básicas que você deve realizar no período de divulgação.

Além disso, você precisa ficar monitorando as inscrições, analisando as taxas de conversão para saber se precisará realizar ajustes na estratégia ou reforçar algum dos canais de divulgação.

4 – Chegou o dia: a transmissão do webinar

No dia do webinar você precisa tomar alguns cuidados e providências como testar a internet, a ferramenta de webinar escolhida, o som e a câmera, para não ser surpreendido por imprevistos na hora da transmissão.

Também é importante enviar um ou dois e-mails lembrando as pessoas, para evitar que, com a correria diária, elas esqueçam do seu evento. Aproveite para adicionar algum material sobre o tema, para ir aquecendo os espectadores, como um vídeo ou um post no blog.

Outra dica importante, principalmente, se for o seu primeiro webinar: Convide alguém para ficar responsável por captar as perguntas no chat e fazer a interação com os espectadores.

Esse detalhe vai garantir a interatividade e dinâmica na sua transmissão online e permitir que você se concentre apenas em passar seu conteúdo.

Isso não significa que não vai falar com sua audiência. As pessoas irão assistir seu conteúdo, mas também esperam ter um contato mais próximo com a pessoa que está apresentando.

Portanto, converse com as pessoas logo no início do webinar perguntando de onde elas são e falando um pouco de você. Esses momentos iniciais são importantes para criar uma conexão emocional com seu público e vai impactar no tempo que eles ficarão assistindo você.

E, ao final da transmissão, lembre-se de agradecer quem participou e responda às perguntas e comentários no chat. Procure não deixar ninguém sem resposta.

5 – E depois do webinar, o que fazer?

O trabalho não termina junto com webinar. Você deve aproveitar que as pessoas estão empolgadas com o conteúdo disponibilizado e enviar um e-mail agradecendo a presença e solicitando que elas respondam uma pesquisa de satisfação.

Essas informações serão essenciais para você analisar o resultado obtido com o webinar. Bem como ter uma ideia da percepção das pessoas sobre seu conteúdo e sobre o produto ou serviço vendido ao final, se for o caso.

Especificamente, em webinários de venda, você pode usar o e-mail marketing para aumentar suas conversões.

Prepare alguns e-mails pós webinar complementando o conteúdo disponibilizado, oferecendo um replay por tempo determinado, e oferecendo novamente a sua solução.

Algumas pessoas levam um pouco mais de tempo para tomar a decisão de compra e esse reforço com os e-mails pode ser o fator decisivo para que elas se tornem suas clientes.

Depois disso, é hora de analisar as métricas e os resultados alcançados para saber o que pode ser melhorado para o próximo.

Conclusão

Webinar - Conclusão
Conclusão

Agora, você já sabe como funciona um webinar e pode incluí-lo como mais  uma ferramenta de marketing e vendas no seu negócio.

Com ele você tem a chance de gerar interatividade e personalizar o contato com seu público, reafirmando ou criando seu posicionamento como autoridade no seu nicho de atuação.

Também é uma ótima ferramenta de geração de leads e de aceleração do seu  processo de vendas.

Uma boa divulgação, preparação e cuidado com os detalhes técnicos, conteúdo de qualidade e boas estratégias de relacionamento com quem participar dos seus webinários… Tudo isso permitirá que você consolide e alavanque o seu negócio.

Compartilhe o post:

Tags: , , , , ,


0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Descubra o que é o leadlovers


Quero ficar atualizado sobre as melhores práticas e dicas do blog Automação de Vendas para melhorar o e-mail marketing. Se você não curtiu, basta cancelar. Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Siga-nos: